Eliane Lima

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
BandeiradoCeará.jpg EITA PAU!

Pense num artigo mó limpeza, que vêi de jegue diretin do Ceará, bixin. Se tu frescá cum ele, maxo véi, o Beco da poeira tôdin vai arrombá o teu boga, seu fí de quenga!

Imagem.asp.jpg
Eliane "Peladona" Lima
Peladona do bbb.jpg
Eliane massageando os seios em uma campanha contra o câncer de mama
Nascimento 1987
Bandeira do Brasil Brasil - Ceará
Ocupação funkeira

Eliane Lima, mais desconhecida talvez pelo simpático e carinhoso apelido de Peladona do BBB, é uma puta qualquer igual a tantas outras que podem ser facilmente encontradas por aí. Ficou razoavelmente conhecida após fazer uma "participação especial" no Big Brother Brasil 3. Depois, foi obviamente esquecida por todo mundo.

Juventude[editar]

Parida no Ceará, Eliane é fruto do cruzamento entre uma mulher analfabeta e um homem que cometeu suicídio após descobrir que havia emprenhado a dita cuja. Além dela, sua mãe pariu mais 10 crias, sendo que metade disso acabou morrendo de fome.

Cansada da sofrência nordestina, Eliane fugiu para o Rio de Janeiro em meados de 2002, e assim começou sua epopeia rumo à fama.

Carreira[editar]

Começo da carreira[editar]

Ainda na adolescência, passou a integrar uma banda completamente desconhecida chamada Sedução Fatal, da qual era dançarina. Sendo um grupo de funk, já pode-se imaginar o quão decentes eram as coreografias executadas por ela, não? Pois é... Isso seria facilmente caso de cadeia, já que Eliane ainda era menor de idade, mas como ninguém conhecia aquela poluição sonora, o fato acabou passando batido.

Atualmente, ela continua integrando a Sedução Fatal, mas foi promovida ao posto de vocalista. Como não deram muito certo no funk, a banda foi reformulada e transformada em uma dupla sertaneja, cujo outro integrante é um tal de Arsênio Silva.

Big Brother Brasil 3[editar]

Eliane limpando o chão.

Em 2003, cansada de não ser reconhecida por dar tão duro no trabalho, Eliane teve a brilhante ideia de invadir uma transmissão ao vivo do Big Brother Brasil, durante a eliminação de um dos participantes irrelevantes. Como o Brasil inteiro adora uma boa putaria, ela virou sensação nos programas sensacionalistas exibidos por emissoras decadentes. Em compensação, a Globo preferiu ignorar o acontecimento e simplesmente fingir que nada tinha acontecido.

De acordo com a própria Eliane, seu objetivo era protestar contra a falta de espaço dos artistas musicais independentes, mas nem precisa ter uma inteligência das mais elevadas para notar o quão mentirosa essa desculpa é.

Como já tinha aparecido nua para o Brasil inteiro ver, Eliane não conseguiu prolongar seus 15 minutos de fama e voltou para o anonimato, já que a Playboy e a Sexy não ofereceram nenhum contrato.