Enciclopédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Experimente também: Desciclopédia Cquote2.png
Sugestão do Google para Enciclopédia

Enciclopédia para animais.

Enciclopédia, antes de qualquer wiki, são aqueles livros didáticos que não estão no curriculum escolar mas, podem lhe ajudar a saber ainda menos, principalmente se foi adquirido por intermédio de um picareta qualquer, tipo aquele seu tio. Eles caíram um pouco em desuso porque passaram para a internet e, para se sagrar como a maior enciclopedia de pouca confiança, surgiu a wikipédia mas, e também com o aperfeiçoamento dos grandes dicionários, até mesmo a barsa se foi... claro que não falei também do wikicionário, que é quase tão confiável[carece de fontes] quanto o descionário.

Para que servem[editar]

Uma forma de você, aos dezoito anos, descobrir que a cegonha não faz bebês.

As enciclopédias são de inúmeros assuntos mas, mesmo as melhores não são tão boas para compensar seu preço. Por sinal os únicos que conseguem vender livros que têm a pretenção ensinar algo e, não é para as escolas, são os evangélicos, que com aquele besteirol todo de salvação conseguem mesmo fazer muitos trouxas comprarem qualquer bobagem em que esteja escrito vida vitoriosa ou bispo mão leve e quaisquer outras coisas assim.

Mas, das enciclopédias que podem valer alguma coisa como conhecimento, estão os atlas, e livros parecidos com as revistas do tipo Superinteressante e, tals. No geral, não se tem mais de porta em porta e, nem mesmo propagandas, para se evitar que comprem coisas sem qualidade...

...ao menos sem muita consciência.

Muitos desses livros são agora, vendidos sim nas escolas, algumas vezes até recomendados ou mesmo exigidos pelos professoes, sem que ninguém saiba que quem vai vender é parente de um dos professores ou do diretor. Se o(a) zelador(a) ou o porteiro aparecer com essas histórias por lá, não tem o mesmo sussesso. Em geral o(a) professor(a) diz que é um complemento ótimo, algumas vezes até é verdade, caso você queira achar as mesmas fotos que acha na internet.

Um pouco melhor são livros de qualquer outro assunto, que não são considerados enciclopédias, ou seja, tem que mesmo ter uma carga didática, daí vem enciclopédias de matemática, geografia, etc... Juram que o parendizado é mais agradável do que nos livros didáticos comuns mas, nunca é verdade. Até Sagarana, pra se ter uma ideia da desgraça, é menos ruim de ler.

Internéticas[editar]

Enciclopédia odontológica.
Alguém sempre consegue achar uma utilidade para as enciclopédias.
Representação do conteúdo Wikipédia.

As enciclopédias tipo wikis são as que se encontram em sites, tipo essa porcaria mesmo, ou a Wikipédia, que, como já dito, não é muito confiável e, por causa disso costumam ser odiadas pelos professores, que além do ensinado, precisam ainda corrigir o que foi pesquisado errado numa wiki.

Os trabalhos feitos por via da Wikipédia, são descobertos na mesma hora e, o infeliz que fez nunca sabe porque mas, descobre assim que o(a) professor(a) começa a abrir o trabalho e dizer, Hum, hum... fez pela Wikipédia? Isso daqui está errado, isso, daqui também e isso daqui mais ainda... Assim mesmo muitas pessoas dizem que a maioria dos contribuidores da Wikipédia são professores. Outros sites são um pouco mais confiáveis do que wikis mas, nada é muito garantido, assim deve-se pegar os livros didáticos, o que o professor disse e, as revistas tipo superinteressante pode até ser que as enciclopédias de papel, desde que atualizadas como complemento para entregar um trabalho decente.

...mas, a única coisa que pode ser mais imbecil do que usar a Wikipédia para fazer um trabalho, é confundir com a Desciclopédia, estar tão afoito em se livrar da tarefa e nem notar que é uma wiki de humor, imprimir um texto e entregar a desgraça. Mas, isso não é tudo, pior ainda é se o(a) professor(a) estiver tão afoito em se livrar do encargo que dar nota e nota boa por um trabalho assim. Se você estuda em colégio particular de um certo tipo, é possível que isso aconteça, em faculdades já é mais difícil.

Sobe-se que as primeiras enciclopédias são muito velhas e, foram desgraçadamente criadas por Aristóteles, quando ele, em suas crises de sonambulismo ia escrever aquele monte chato de merda, que eram dez vezes mais chatos do que seus discursos, ou do que ele escrevia acordado. Depois um infeliz viu aquilo e disse que seria um bom complemento... essa maldita frase sobrevive até hoje.

Consultar também[editar]