Engenheiro Navarro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Engenheiro Navarro é supostamente a cidade no fim do mundo, ou mais chamado de "Minas Gerais". Engenheiro Navarro tem um nome bem bacana, o que é totalmente o contrário da verdadeira natureza da cidade: sem pontos turísticos, economia ou prefeito (até isso).

[editar] História

Uma casa eleita pela prefeitura como a "mais bem conservada do município".

Fundada por um doido que havia conseguido escapar do hospício. Ele vaga para o Oeste querendo chegar no velho oeste brasileiro e começar uma busca a la Wally West" brasileiro, porém a sua deficiência mental era a de confundir pessoas reais com o ficcional, até hoje todos os habitantes locais tem o mesmo problema.

Tinham encomendado algumas pílulas antipsicóticas, anticoncepcionais e demais band-aid para ajudar a população de alguma forma mas como Engenheiro Navarro é longe pra cacete e nem o salário do prefeito chegou ainda esse carregamento também não. Enfim, ele acha finalmente onde é o meio do nada Engenheiro Navarro.

Ele inicia uma cidade de velho oeste ali, brinca de garimpar terra (incrivelmente ele acha muito ouro mas ele oferece para um macaco que acaba roubando o ouro e não voltando nunca mais) e com suas desventuras de amor com macacos ele finalmente acha a sua amada: Dulcineia! Tudo bem que é o mesmo nome da amada do Dom Quixote mas era um louco culto.

Apesar de Dulcineia ser um Jumento... No fim, de alguma forma, ele acaba se casando com o jumento em um povoado ali por perto, ele e Dulcineia vivem felizes para sempre rumo ao Paraguai.

E nada mais acontece... É isso aí! Acha que ia acontecer o que? Que iria formar um povoado e emancipá-lo? É demais para Engenheiro Navarro, que sequer tem internet.

Cquote1.png Em Engenheiro Navarro NÃO HÁ Desciclopédia, sequer internet! Cquote2.png
Escassez Haitiana sendo aplicada em Engenheiro Navarro

[editar] Cidade

Eleita 3 vezes consecutivas como "o meio do nada em Minas Gerais", já levou duas indicações e a prefeitura (prefeitura?) guarda esses troféus com muito carinho, outra coisa que o município tem é uma grande população de Mulas que conseguiram o título de eleitor ano passado quando o secretário da educação se embebedou na secretaria da educação (tem isso lá?) e deu o título.

É mais fácil convencer as Mulas a votar do que a andar, isso se tem certeza! A população de Engenheiro Navarro deve ter sumido faz anos ou jamais existiu, deve ser só aquelas mulas e a caatinga com os cactus e tudo mais...

Por isso é uma cidade que não é comprovada cientificamente, até agora o governo mineiro pôs a área em litígio, mas como os municípios que fazem divisa com Engenheiro Navarro só iriam pegar ele como distrito se tivessem uma prefeitura a área continua dona de ninguém. Aliás, nenhuma cidade e nem Engenheiro Navarro do norte mineiro tem dinheiro para pagar uma prefeitura.

Na realidade, nem mesmo um asfalto, prova disso é a "Lei da Boate Azul" (sim com o nome da música, combina com a lei). Essa lei diz:

Cita3.pngQuanto mais próxima de Engenheiro Navarro uma cidade for, as chances de uma prefeitura não existir ficam próximas de 100% e as chances de asfalto também não existir são correspondentes ao da prefeitura também não existir.Cita4.png
Lei da boate azul

Mas essa lei não passa de uma cópia da Lei de Godwin.

[editar] Administração

  • Prefeito: doutor vento
  • Vice-prefeito: doutor feno
  • Presidente da câmara dos vereadores: não exagere também
v d e h
AS FANTÁSTICAS MINAS GERAIS DO PÃO DE QUEIJO
Bandeiraminas.JPG

  • Notas:
  1. Possui status de território autônomo de Minas Gerais
  2. Doada por José Serra em 2007
  3. Juiz de Fora foi cedida ao Estado do Rio de Janeiro por Aécio Never em 2003 em troca de Cabo Frio. Vide Guerra Mineiro-Fluminense
  4. Governador Valadares foi vendida aos Estados Unidos por Aécio Never e Lula em 2005 em um acordo com George W. Bush para acabar com a imigração ilegal, passando a ser um território colonial americano com o nome de "American Outland District of Walladars Governator"
  5. A existência de alguns municípios não foi confirmada cientificamente
  6. Províncias conhecidas como TREM - Territórios Remotos do Estado de Minas
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas