Ensino Médio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Ensino médio)
Ir para: navegação, pesquisa
Cquote1.png Então, turma... turma... ei, EEEEEEEI! Cquote2.png
Professora tentando chamar a atenção dos alunos

Cquote1.png Vai se fudê, fessora, nóis pesquisa isso no Google! Cquote2.png
Aluno funkeiro e vagabundo sobre sua professora
Cquote1.png Pra que vou usar isso na minha vida? Cquote2.png
Qualquer um sobre Filosofia
Cquote1.png Pra que vou usar isso na minha vida? Cquote2.png
Qualquer um sobre Fórmula de Bhaskara
Cquote1.png Pra que vou usar isso na minha vida? Cquote2.png
Qualquer um sobre História
Cquote1.png Pra que vou usar isso na minha vida? Cquote2.png
Qualquer um sobre Sociologia
Cquote1.png É pa copiá? Cquote2.png
Aluno do 1º ano sobre a lição na lousa
Cquote1.png Pode usá calculadora? Cquote2.png
Aluno do 2º ano que não estuda sobre prova de matemática
Cquote1.png Ai fessor, dá uma notinha aí, vai... Cquote2.png
Aluna impaciente do 3º ano levantando sutilmente a saia sobre qualquer professor homem.
Cquote1.png Num precisa passá nada não, nóis já sabe! Cquote2.png
Aluno do 3º ano sobre professor
Cquote1.png Então explica essas notas vermelhas, seu filho da puta! Cquote2.png
Professor sobre aluno acima
Cquote1.png Taca, taca, taca, taca, taca... Cquote2.png
Celular de aluno funkeiro no corredor da escola
Cquote1.png Sai da sala! Cquote2.png
Professor sobre qualquer coisa

O Ensino Médio é uma fase compreendida entre o Ensino Fundamental e a faculdade (às vezes termina no ensino médio mesmo). Nessa etapa, o adolescente conhece as drogas, o sexo e a libertinagem. Para quem é rico, os anos do ensino médio são carregados da angústia do vestibular (que o pai paga, assim como as mensalidades da faculdade se o filhinho passar) que está cada dia mais próximo; e para quem é pobre, foda-se, afinal, graças ao nosso maravilhoso sistema de ensino, que passa qualquer otário de ano, nem precisa vir na escola ou aprender algo. Aliás, se aprende, é como colar daquele nerd babaca ou de como pular o muro da escola sem foder o joelho. Não são raros os casos de gente na faculdade que não sabe calcular a área do triângulo ou a hipotenusa, por exemplo. Os professores de ensino médio são geralmente velhinhas que já perderam a voz de tanto gritarem para os filhos da puta alunos calarem a boca. Geralmente cometem suicídio nas férias escolares, para que ninguém suspeite de seu "sumiço".

Os anos do Ensino Médio[editar]

  • 1º ano: Aqui, os alunos que vieram do ensino fundamental estão super animados (ou não) com sua "nova fase da vida", pois pensam que tudo será diferente e mais legal, mas quebram a cara antes do meio do ano, pois percebem que é tudo a mesma merda, exceto por ganharem novas matérias que não terão a mínima importância pro aluno: Filosofia, Sociologia, Química, Biologia e Física; tudo pra sobrecarregar mais ainda o jovem gafanhoto, e também o fato do "recreio" agora se chamar "intervalo" e as mesmas pessoas que falavam "recreio" vão rir da sua cara se você continuar falando isso;
  • 2º ano: Aqui, os alunos desiludidos aprendem a matar aula e podem entrar para o mundo das drogas. E não importa se perdem matéria, afinal, podem consultar as respostas das apostilas na internet, já que o famoso "vistinho" do professor no caderno é o que vale mais pontos;
  • 3º ano: Aqui, está todo mundo de saco cheio do ensino médio, e é raro ver alguém que não cole nas provas ou que não pule o muro da escola para fumar maconha com os colegas na praça. Algumas coisas da grade curricular são revisões do primeiro e segundo anos, mas como nesses, o terceiro ensina um monte de bosta que não vai servir para nada no futuro.
O que os alunos de ensino médio fazem quando matam aula (isso se não fazem dentro da sala).

Poucos são os que não repetem nenhum ano. Os motivos são puramente vagabundagem e falta de vergonha na cara, já que é só se concentrar um pouquinho nas matérias que tira nota 10 em tudo, já que os professores estão pouco se fodendo para seus alunos. O normal seria sair do ensino médio aos 17 ou 18 anos, mas há alunos de 20 ou mais que já são pais ou mães de família e ainda estão no 2º ano. Há o supletivo para esses casos, mas esses são tão vagabundos que continuam na escola normal mesmo.

Ao concluir os três (ou mais) anos do ensino médio, o aluno está apto a prestar vestibulares e (tentar) ingressar na faculdade. Maioria dos vagabundos no período do Médio fazem Administração ou Logística, já que são áreas onde qualquer um entra e não se precisa fazer esforço algum para obter um diploma. Então, ele pode ser tão vagabundo quanto foi nos anos do ensino médio.

Matérias[editar]

Além das básicas, que o aluno já viu no fundamental, ele agora possui cinco novas matérias para não aprender: Física, Química, Filosofia, Sociologia e Biologia (nome bonitinho para "ciências"). Todas as matérias ganham uma abordagem diferente, sendo tão inútil quanto antes. No ensino fundamental, você aprendia coisas realmente importantes para a vida como as quatro operações fundamentais, as regiões do Brasil e o essencial sobre gramática. Agora, no ensino médio, você aprenderá coisas como: fórmula de Bhaskara, Karl Marx, reprodução das baratas, camundongos e cachorros, fórmulas químicas, entre muitas outras coisas que com certeza serão de valiosa importância em seu futuro profissional.

As matérias extracurriculares são as mesmas do fundamental: Língua Estrangeira (pode ser inglês ou espanhol, mas os professores geralmente não sabem nem falar o português) e Educação Física, a preferida dos alunos, onde eles fazem de tudo menos estudar. Jogam futebol, pulam o muro, fazem sexo escondido no banheiro, ouvem música bosta no celular, etc.

Uma breve explicação das matérias:

Professor de Filosofia passando um filme extremamente interessante.
  • Português: Nada que você precise saber. Supostamente, os tópicos deveriam ser agente da passiva, vozes do verbo, locução adverbial, normas gramaticais, etc., mas o que realmente acontece é uma professora (uma idosa sem paciência, na maioria das vezes) mandando você ler Machado de Assis, Guimarães Rosa e outros atores. O problema disso é que os alunos do 1º ano do Ensino Médio mal sabem ler bula de remédio, quem dirá livros de 500 páginas ou mais;
  • Matemática: Fórmula de Bhaskara, cálculo da hipotenusa, trigonometria, cálculo da área do círculo, triângulo, quadrado e X... é a matéria que mais faz repetentes, pois ninguém dá a mínima;
  • Artes: Desenhar;
  • Biologia: Reprodução das baratas, dos candangos, pênis na xoxota (com direito a aulas práticas no banheiro da escola), alguma coisa sobre os planetas;
  • Geografia: Fome na África, reprodução dos macacos;
  • História: Adolph Hitler (que é melhor estudar aqui pela Desciclopédia mesmo), Guerra Fria, capitalismo do mal;
  • Física: Mais equações malucas que ninguém se importa;
  • Química: Mais equações malucas que ninguém se importa e fórmulas para descobrir a quantidade de átomos;
  • Filosofia: Ninguém sabe o que cai nessa matéria, pois todo mundo dorme na aula;
  • Sociologia: Ninguém sabe o que cai nessa matéria, pois todo mundo dorme na aula;
  • Inglês ou Espanhol: Nada que você não possa aprender jogando Tibia ou World of Warcraft;
  • Educação Física: Aula vaga na escola para fumar maconha.

Proposta de Reforma do Ensino Médio[editar]

O atual presidente Michel Temer, vampiro da 30ª Geração da Romênia, e seus comparsas decidiram fazer algumas alterações no ensino médio brasileiro, que todos sabem que não vai piorar nem melhorar, simplesmente vai continuar a mesma bosta. As matérias de Filosofia, Sociologia, Ed. Física e Artes passam a ser opcionais. Isso causou grande alvoroço entre os estudantes, mas sem motivo; afinal, ninguém dá a mínima para essas matérias. Também poderão dar aula pessoas com notório saber (sic) da matéria em questão. O que não muda nada também, pois ninguém dá a mínima para professor nenhum. O que todo mundo ficou puto mesmo foi a adesão do período integral das aulas. Ou seja, o dia inteiro dentro da prisão escola.

Alguns pontos serão mudados no futuro, visto que o nosso atual presidente é um arregão que gosta de escorregar na banana, como todos os outros foram.

Pós-Ensino Médio[editar]

Agora que você terminou o ensino médio, você poderá prestar vestibular para ingressar numa faculdade. Ou continuar trabalhando no McDonalds até a morte e coçando o saco em casa (o que não é tão ruim assim). Ou pode optar pelo maravilhoso ensino técnico, que possui o falso discurso (que muito otário acredita, e até mesmo o autor deste tópico acreditou) de matérias práticas que abrem as portas para o mercado de trabalho.

Você ao sair do ensino médio.

Inscreva-se no temido ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio, onde cai de tudo menos o que você aprendeu no ensino médio! Desafie-se em dois dias insanos de prova com 90 questões em cada dia, em que você ficará na mesma sala dos seus colegas bananas do tempo de escola que, assim como você, não sabem nem interpretar um texto; e ainda, fazer uma redação gigante sobre qualquer tema menos o que o próprio Ministério da Educação diz que pode cair! Você pode escrever o Hino do Palmeiras na folha, e os "professores" que corrigirão verão a sua paixão pelo time e lhe darão uma nota alta.

E quando você entrar na faculdade, prepare-se para uma nova e emocionante etapa de sua vida! Ou não...

Ver também[editar]