Enxofre

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Enchofre
Enxofres.jpg
Vários enxofres se passando por diferentes tipos de queijos
Símbolo, número S, 16
Série Pagodeiro
Principal isótopo 32S
Propriedades atômicas
Massa atômica Irrelevante de saber
Dureza Desmancha bem fácil
Nível de radioatividade Baixa
Nível de toxicidade Altíssima
Propriedades físicas
Comestível? Sim, gema do ovo
Inalável? Não
Posso passar na pele? Melhor não
Onde encontrar vulcões e pum
ponto de fudição 6,66ºC
ponto de rebuliço 666ºC
Coisas de quadrinhos
Probabilidade de te transformar num super-herói Nulo. Te transforma só no capeta



Cquote1.png Like breathing a sulfur!! Cquote2.png
Slipknot sobre enxofre

Enxofre é um elemento químico não-metal e ingrediente básico de vinhos baratos. É responsável pela composição dos mais fedidos compostos químicos que se tem notícia, inclusive a gema do ovo - garantindo a sua coloração tipicamente amarelada e fedor característico. Apesar de tóxico e fedorento é essencial para a biologia por fazer parte da composição dos aminoácidos essencial para que um mero arroz torne-se cerveja, o combustível da humanidade.

Características[editar]

O enxofre se apresenta, na CNPQP (Condições Normais na Puta que o Pariu]]), e na luz visível, com a coloração amarelada bem característica, aquele amarelado que você nem precisa entender de química para saber que não deve pegar com a mão nua. Muito presente em áreas de grande atividade vulcânica por ser a ligação com o Inferno de onde o enxofre vem, o seu cheiro característico é de ovo podre com tripas de porco ao sol.

Em condições normais o enxofre se encontra em anéis octogonais de S8. O que as pessoas fazem com esses anéis é problema delas.

O enxofre quando combinado pode formar dois sulfetos de carbono, sulfeto de hidrogênio, ou dióxido de enxofre que são altamente venenosos, letais, explosivos, corrosivos, inflamáveis, ou seja, é aquilo que você coloca na cerveja de um pedófilo.

História[editar]

Um Power Ranger coberto de enxofre.

Os primeiros registros do uso do enxofre foram feitos pelo escritor, teólogo, cafetão e charlatão Dante Alighieri, que ao realizar uma visita à Casa do Capeta descobre que o elemento mais abundante na composição do Inferno e do Rio Aqueronte é o enxofre.

Homero descreve o enxofre como o elemento do diabo, é o que o tinhoso usa nas unhas como esmalte ou no rosto como gliter. Desde então todo rito satânico ou ocultista de quinta categoria usa o enxofre por acreditar nessa baboseira. Coitado do enxofre, 1 próton e 1 elétron a mais e ele seria o cloro e não teria toda essa má fama, estaria só inofensivamente em piscinas.

O enxofre é considerado tão escroto, que foi enxofre que Deus tacou em Sodoma e Gomorra quando decidiu brincar de torturar formigas, não a toa é o elemento de número 666 (readaptado para 16 por Mendelev).

Os famosos alquimistas barbudos da Idade Média usavam como ingredientes principais em suas poções mágicas o enxofre, o sal e o mercúrio. Panoramix, o maior deles, usava dióxido de enxofre com cogumelos alucinógenos numa solução de álcool etílico para fabricar as suas famosas poções do poder para a Gália, o que garantiu alta resistência aos irredutíveis gauleses.

Só em 1770 o CDF Antoine Lavoisier provou que o enxofre era apenas um dos elementos da tabelinha.

Aplicações[editar]

A principal aplicação do enxofre é na composição do ácido sulfúrico, muito mais forte que a tequila, pode testar e comprovar, ideal para desentupir pias e curar azia. A produção de ácidos de enxofre na forma de fumaça e poeira é criada por siderúrgicas e usinas de energia, e a distribuição para áreas próximas é realizada usando nuvens de chuva, quando a precipitação cria uma atmosfera ácida agradável que protege as latarias de carros e as folhas das árvores.

O enxofre tem diversas aplicações, as principais delas estão na composição da pólvora, venenos ou instrumentos de pegadinhas que exalam algum mau-cheiro.

Também é componente de laxantes e de inseticidas (pelo menos não será de prisão de ventre que os insetos morrerão).

Apesar de toda a letalidade do enxofre, ele possui um importante papel biológico, por estar presente na composição de vitaminas, aminoácidos e no fígado, por isso, se você ver um bêbado, dê enxofre para ele, talvez ele melhore. O enxofre é ainda o principal composto do peido, uma arma natural e mortal de constrangimento, quanto mais enxofre, mais fedido.