Era A.M.I.G.O.S

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ZezeDiCamargo e Luciano 1997.JPG ♪ É O AMOOOOOOOOR... ♫

Este artigo é sobre Sertanejo Romântico

E contém referências a Chitãozinho e Xororó,
letras meladas e/ou dores de corno


Night creature.JPG Era A.M.I.G.O.S surgiu das trevas!!

Always lurking... Always in the darkness...

Puro osso.gif


Alien.gif
T O P | S E C R E T |!
Alien.gif

Atenção! Este artigo é sobre uma teoria conspiratória, então tome cuidado com o conteúdo que estiver lendo.

Enquanto isso, o exército americano está se comunicando com ETs.


Cquote1.png Você quis dizer: Ditadura Democrática da Música Sertaneja Cquote2.png
Google sobre Era A.M.I.G.O.S

Cquote1.png Você quis dizer: Monopólio Cquote2.png
Google sobre Era A.M.I.G.O.S

Cquote1.png Sempre quis cantar com você Zezé! Cquote2.png
Xororó em 1992

Cquote1.png Odeio aquele mala sem alça do Zezé Di Camargo Cquote2.png
Xororó em 2010


A Era Amigos foi uma ditadura monopolista maligna implantada por três duplas sertanejas de maior sucesso[carece de fontes] na década de 90, que eram Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo. Foi um período sombrio onde essas duplas mandavam no gênero e as outras se limitavam a fazer porra nenhuma. Ela acabou em 2001 onde Bruno e Marrone estouraram e botaram no chinelo esse complô do Mal.

A máfia reunida para mais um show fajuto de fim de ano na Rede Globo.

O Início (1989 - 1991)[editar]

Em 1989 a dupla Chitãozinho e Xororó eram os maiores sucessos da música sertaneja sem concorrência de ninguém, vendiam milhões de discos e era os extreme fodas da época. Em 1989 Leandro e Leonardo foram contratados pela Sony Music, gravadora rival, onde lançaram Entre Tapas e Beijos e venderam 800 mil cópias, assim, entrando na concorrência do mercado. Achando que não ia dar em nada, Chitãozinho e Xororó deixaram quieto. Mas começaram a se cagar em 1991, quando Zezé Di Camargo e Luciano estouraram É O Amor, e com medo de que mais gente entrasse na briga, fizeram um Pacto com as outras duas duplas, garantindo que nenhuma dupla ia estourar além deles e que nenhum disco dos três podia ser melhor que o outro.

Para melhorar a fachada do monopólio, fizeram mais um acordo com a Rede Bobo, onde todo fim de ano iam fazer shows especiais para arrecadar alimentos para os Miseráveis, e deram o nome do programa bunitinho de AMIGOS. A Globo ganhava a audiência, e os AMIGOS ganhavam publicidade. Era o golpe perfeito.

O Auge (1992 - 1998)[editar]

Depois de formado, esse monopólio chutou duplas com potencial (ou não) de sucesso. João Paulo e Daniel, Chrystian e Ralf, Gian e Giovani, Rick e Renner vendiam miséria e ainda eram proibidos de tocar onde os AMIGOS tocavam na mesmo noite por exemplo, essa era causou a ira de uma porrada de duplas da época, ou seja viviam de migalhas.

Enquanto isso, os AMIGOS viviam na boa, cada um lançava um hit por ano, todas as duplas faziam complô com o César Augusto para produzir as músicas deles, com as mesmas guitarras dobradas irritantes do Piska, e todos tinham que cantar nas alturas no nível Galopeira. E como o povo não tinha muita opção, compravam os cds deles, já que nas mais tocadas das rádios só estavam os AMIGOS.

As coisas correram bem até 1996, quando João Paulo e Daniel lançaram "Estou Apaixonado", que acabou se tornando um grande sucesso e ultrapassando a linha da morte e ameaçando os AMIGOS. O sucesso estrondoso deles era garantido para 1997, e como não estavam a fim de repartir mais o bolo, então a máfia AMIGOS resolveram acabar com a dupla João Paulo e Daniel de forma Maquiavélica.

Se Livrando da MTV Brasil, para que passe só sertanejo[editar]

No lindo dia de 11 12 de setembro de 1997, o plano maligno dos AMIGOS foi posto em ação. Depois de voltar de um show, Xuxa voava com a sua nave, indo para Brotas, cidade onde o cantor Daniel brotou nasceu. Aí o cantor Laxante, digo, Purgante, Luciano Szafir engravidou a Xuxa, para fazer com que, no futuro, a Shasha, Wanessa do Play Back, Sandy e Junior e Pedro e Thiago, conseguissem destruir a MTV, com músicas sertanejas. Mas, a Sasha virou jogador(a) de volei, Sandy e Junior viraram cantores pop, Pedro e Thiago, assinaram um divórcio, e Wanessa, deu um chute no sac...na bunva do pai, e virou cantora internacional (ninguém gosta dela, nem aqui, e nem lá! Ooooooooooooooow, A ERA AMIGOS quase conseguiu dominar a MTV, com a ajuda do FIUK (que nem cantor de verdade é), Calcinha Preta ( no café da MTV, pra passar lixo nacional), Stephanny Absoluta, que virou do lado Divino da Força, e o Luan Santana ( clone do Leonardo com um cantor de verdade). O Plano não deu certo, pois eles faliram a MTV BRAZUCA, e a que veio ficar no Brasil é barra pesada

O Começo do Fim (1997 - 2000)[editar]

Graças a Deus existiam cantores mais extreme fuckigs do que João Paulo e Daniel na década de 90. Sim, estou falando de Bruno e Marrone. Mas que diabos eles tinham de diferente?. Na verdade Porra nenhuma, mas odiavam os AMIGOS e já era um Symbol support vote.svg ponto positivo a favor deles. Lançaram dois álbuns que não venderam nada, e em 1997, com a música Acorrentado em Você, conseguiram um disco de ouro e chegaram na posição #84 da Hot 100 Brasil. Nada que chamasse atenção dos AMIGOS, mas aos poucos iam conseguindo arrombar penetrar devagar no mercado.

E em 1998 lançaram mais um disco de ouro, o disco Viagem, e a música Meu Segredo chegou na Posição #72 na Hot 100. Em 1999 vieram com mais um disco que ninguém botava fé. Em 2000 veio a cartada final. Com uma união com os pirateiros, que já estavam cansados de piratear sempre os mesmos discos, Bruno e Marrone gravaram um acústico com suas músicas mais conhecidas só na voz e com um violão, diferente de tudo que tinha no mercado, e começou a ser distribuído pelos pirateiros no esquema 3 por 10 e segundo cálculos vendeu 3.543.778.564 de cópias. Devido a tanto sucesso, foram contratados pela Sony Muisic, a gravadora lançou uma versão "oficial" do álbum que vendeu um milhão de cópias.

Os AMIGOS sofreram uma rasteira violenta da dupla, e pegos de surpresa, resolveram lançar discos fodas para abafar o sucesso de Bruno e Marrone, além claro de tentar apagar os dois. O Marrone acabou levando um tiro na garganta[1], o que explica por que hoje não canta quase nada hoje.

O Cantor Leonardo, culpava a REDE MANCHETE, pela derrota do Brasil na copa de 98, e o Xororó tem ódio desta emissora, por demitir Sandy e junior da casa, sem ao menos pagar um Salário Minimo (que era de uma bala de 5 centavos). E, o cantor Leandro tentou sabotar a emissora, para tirá-la do ar (Isso, no mês de março de 1998). O Plano estava dando certo, pois ele, fez com que várias pessoas da casa, ficassem intrigados, sabotou algumas câmeras e equipamentos de vídeo, e isso fez com que a Manchete entrasse em crise. Mas como o cantor estava começando a ficar doente, ele mandou alguns capangas destruírem a emissora, entre eles, o Marcelo di Carvalho. Ele morreu no mês de junho, o que, por algum motivo, abalou a música nacional, e ainda afetou a Seleção Brasileira, que preferiu perder a Copa, porque o Leandro pagou pra eles ganharem, e como havia falecido, eles fizeram um motim. O mesmo quando a Alemanha foi a SEDE da Copa de 2006, em 2010m quando o Dunga não chamou a Branca de Neve, e em 2014, quando a Dilma mandou o Aécio ser auxiliar do Dunga. Mas em 1999, o Marcelo, junto com o Leonardo, acabaram com o reinado da Manchete, e criaram a REDETV, uma emissora falida, que só não saiu do ar, por causa do Leo, que paga pro seu auxiliar, Almicare, mandar a Universal doar 45% do dizimo pra manter a emissora aberta, e evitar a Volta da Manchete Leonardo solo (o Leandro bateu as botas em 1998) lançou "Todas as Coisas Do Mundo", e Zezé Di Camargo e Luciano e Chitãozinho e Xororó lançaram dois discos ao vivo. No do Chitãozinho e Xororó, regravaram pela enésima vez a ópera rock "Se Deus Me Ouvisse" e a dupla Zezé Di Camargo e Luciano lançaram o primeiro ao vivo, com disco duplo versão deluxe encravada de diamantes. Mas em 2000 "Bruno e Marrone Acústico" foi o mais vendido.


  1. diziam na época que era bala perdida, mas é claro que era coisa dos AMIGOS

A derrocada final (2001)[editar]

Pra derrubar de vez a máfia, Bruno e Marrone resolveram dar um golpe cruel. Em resposta resolveram lançar um "Acústico ao vivo" e gravar o show e lançar o primeiro DVD sertanejo da história. O disco vendeu pra caralho, deu a eles o primeiro DVD de ouro, e abriram o mercado para mais de 8 mil duplas que estavam na fila. Era o fim da ditadura.


Cquote1.png É isso aí cara Cquote2.png
Bruno e Marrone comemorando o fim dos AMIGOS

O Que o fim da Era AMIGOS causou para o sertanejo?[editar]

Foi um momento de liberdade intelectual no gênero. Várias duplas (Quem?) surgiram logo após Bruno e Marrone, e graças ao fim da era que teve o espaço para o surgimento do amado Sertanejo Universitário em 2005, com César Menotti e Fabiano, transformando no mercado de hoje numa bagunça de duplas sem talento cantando hits piores ainda. Antigamente tínhamos 6 duplas cantando músicas mais ou menos, hoje temos 500 cantando músicas que são uma bosta.

Os AMIGOS se limitaram a largar mão de tentar ganhar o topo. Chitãozinho e Xororó fizeram um disco com seus novos miguxos universitários (Fernando e Sorocaba) e "modernizaram" sua música em "Do Tamanho do Nosso Amor". Leonardo virou cantor brega e ainda vende alguma coisa, fez parceria com o Eduardo Bosta, um pobretão, que quer dominar a Xuxa, e em 2013 provou ser mais brega/corno ainda com o CD "Vivo Apaixonado". O Zezé tenta desde 2005 esconder os problemas na voz, tentou dizer que a Mariah Carey é desafinada, mas ela colocou um vídeo no Youtube, pra provar que não come ovo cru, pra ter uma voz esganiçada, como outros, e não faz play Back no Gugu, cantando Xainirou, o que deixou o Zezé com muito chilique. E até o Luciano anda cantando mais que ele, lançaram na modinha, o EP "Teorias", onde viraram roqueiros/pagodeiros/românticos e o Zezé com menos voz do que nunca.

Hoje, surgiu uma nova organização criminosa, a Máfia do Sertanejo Universitário, chefiada pelo Sorocaba, e Luan Santana e que veio tocar o terror no gênero atualmente. Até a Annita e a Lexa fazem parte desta facção, onde que o Pai, é o Leonardo, e o Tio é o Leandro (que conversa com a Marcia Fernandes).

Ao surgimento do Sertanejo Universitário só devemos agradecer a Bruno e Marrone. Filhos da Puta!