Erin Ulmer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deppmorte.gif
Erin Ulmer
é uma vítima infeliz e sem sorte!

Tava passando as férias numa casa no meio do nada

Erin Ulmer
Erin ulmer.jpg
Erin de frente com a morte.
Morte Junho de 2005
Ocupação Defunta

Erin Ulmer é só mais uma dos diversos personagens que foram mortos de forma brutal em Premonição 3. Ela era uma ruiva metida a gótica e namorava um emo cara igualmente metido a gótico.

Algumas informações[editar]

No começo do filme ela é vista com seu namorado Ian McKinley, ambos perambulando no parque. Depois eles decidem ir na Montanha Russa, para curtir algo divertido e assustador. Mal sabiam eles que entraram para a cruel lista da morte. Depois Wendy Christensen, que era uma garota louca e histérica, disse que teve uma visão de todos morrendo e aí houve confusão, depois uma briga e sobrou até para Erin que levou um soco na cara de propósito sem querer.

No fim eles foram expulsos do brinquedo, o que os salvou de morrerem já que os carrinhos da Montanha Russa se descarrilharam e mataram todos que resolveram ficar. Erin obviamente pensou que se salvou de morrer e que a vida seguiria em frente, triste engano.

Destino final[editar]

Nota-se que ela teve uma morte muito tranquila e pacífica.

Ela e o namorado estavam fazendo um trabalho de extermínio de pombos em uma loja velha de ferragens ou algo do tipo, aí depois aparecem o irritante casal de protagonistas que disseram que a hora deles morrer estava chegando, que todos estavam na lista da morte e blábláblá, mas não sabiam explicar de forma plausível o porque disso e no fim ninguém entendeu nada. Minutos depois a morte silenciosamente aparece e ocorre uma série de acidentes na loja; pratilheiras começaram a cair, estantes despencaram e várias outras coisas bizarras começaram a ocorrer.

O casal de idiotas protagonistas consegue salvar o namorado de Erin de ser esmagado por um monte de tranqueiras, mas para o azar dela, nesse mesmo momento um saco de serragem estoura em sua direção, voando serragem na sua cara e fazendo ela cair para trás e bater a cabeça numa pistola de pregos que dispara diversas vezes em sua cabeça, empalando sua cabeça de pregos. E aí está seu destino final, a morte veio buscá-la.

Conclusão[editar]

Conclui-se que ela foi só mais uma personagem coadjuvante que foi brutalmente morta por se safar de sua morte original. A personagem teve pouco destaque, mas com certeza a atuação da atriz foi muito melhor do que a da protagonista interpretada pela insossa Mary Elizabeth Winstead, que mais gritou e chorou do que falou em todo o filme.


v d e h
Dona Morte já dizia: "Eu sou aquela que tarda mas não falha".
Premonição 3.jpg