Ermahgerd

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Um meme que eu não conheço, você não conhece, ninguém conhece...

Ermahgerd é um meme ancião, que absolutamente ninguém aqui no Brasil. Trata-se de uma garota deformada segurando uns livros na mão, com um sorriso macabro típico de quem vai chupar a alma da vítima.

História[editar]

Esse meme deve ser mais velho que a própria internet, tanto que a imagem do meme parece aquelas fotos sinistras tiradas num porão, em algum lugar dum vilarejo assustador, nos anos 60, com uma câmera do tamanho de uma caixa de sapato e com resolução pior que o jogo do Rambo para o nintendinho.

Nesse meme, uma garota que parece o cruzamento do Predador com o Quico recebeu de presente, possivelmente de aniversário, alguns livros do Goosebumps, e fez essa reação e essa cara típica de um derrame cerebral.

Depois, o meme virou sinônimo de retardo mental na internet. Outras imagens, com pessoas fazendo cara de derrame, surgiam com a legenda Ermahgerd e uma outra frase distorcida. Depois o meme conheceu a decadência e ninguém mais fala nele atualmente. No Brasil, o meme nunca chegou, e agora, depois de falecido, é que veio a ganhar um artigo na Desciclopédia.

Descrição do meme[editar]

Ermahgerd é usado para pessoas em situações que exijam uma cara feia e torta, e que façam a pessoa pronunciar uma frase distorcida. Correção, era usado, há mil anos. Hoje é usado só pra servir de artifício para um autor despreocupado criar um artigo saudosista de um meme que nunca fez turnê no país.

A menina, vestida com algo parecido com um pijama, segurando três livros da série de terror Goosebumps, fazendo essa cara que virou meme, hoje já deve estar morta e enterrada. O Ermahgerd da frase significa "Oh my God!" em retardês, dialeto do sul da Cornualha, local de nascimento da garota, que se chama Emma Gard.

Ver também[editar]