Ernestina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Ernestina é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Quando o fim do mundo chegar, esta cidade não vai ser destruída.

Sciences de la terre.svg.png
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Ernestina.

Ernestina é quase um município brasileiro que fica entre o fim do mundo e onde Judas perdeu as meias (sim porque as botas ainda podem ser encontradas).

Prefeitura altamente equipada de Esnestina.

População[editar]

Sua população, pessoas que foram esquecidas e jogadas ali, quase chega á 4.000 azarados que não tiveram a sorte de estar em outro lugar. Todos uns gays, viados e lésbicas que acham que estão em uma grande cidade, quando na verdade estão num chiqueiro velho e quebrado

O babaca q escreveu sobre ernestina, minha cidade do coração, é um tremendo otário. Posso não concordar com o q vc fala, mas todos tem o direito de escrever e publicar sua opinião.

Historia[editar]

Ha muito tempo atras, mesmo antes da chegadas do Portugueses (aqueles burricos), jat inham indios que andavam peladões por aqui. Primeiro era chamada de Vista Alegre, pois tinham muitos homens gays que adoravam esse nome, mas logo passou a ser chamado de Ernestina em homenagem a uma grande cafetina da cidade e em 1924 passou a ser chamada de Vila (grande evolução para esse ovo). Em 1988 conseguiu se emancipar, ate porque ninguem mais queria ser mandado pelos seus pais. Hoje ja passou de sua maioridade ha alguns anos e pode ate beber ja.

Caracteristicas[editar]

Muitos conhecem essa cidade pelas suas águas, aquelas que tem de cuidar pra não engolir pois tem muita merda junto. Ernestina oferece grande estrutura para quem vai passar as ferias perto de uma parte onde é banhada pelo Rio JaCUí (cú mesmo, de tanta merda quem tem junto na água). Todos que vêm pra cá não morrem de sede, afinal a produção de vacas (putas) leiteiras é grande, e de facil acesso aos visitantes. O turismo rural é grande: conta com vários bois, vacas, bodes e porcos por aqui; procurando tu acha facil ate demais. Nos campis, a boa infra-estrutura (aquele campo todo citado ai em cima) e uma grande área de lazer com hospedagem, mata nativa (na falta de moteis aqui, tem lugar certo pra você ir dar uma), área para esportes (é otimo quando não passam carros, pois as ruas podem ser usadas para isso), banheiros (cidade não tem nada, mas pelo menos é higienica nesse ponto, tem varias árvores para você ir atras dar aquela cagada) e churrasqueiras proporcionam aos turistas uma vista privilegiada (da pra ver se você não for cego ou se as merdas que tem la deixarem) da Barragem de Ernestina.

A verdadeira história de Ernesnina, começa em 1631. Redução jesuítica, Santa Tereza. A latitude e longitude confirmam q a redução c encontrava na atual vila de ernestina

Como chegar[editar]

Bom isso não tem como, afinal fica num fim de mundo desgraçado, mas tem um jeito um tanto quanto bizarro mas faze o que essa cidade é desconhecida. vem pro Rio Grande do Sul (se você for de fora é claro), ande muito de carro, e vai entrando em todos matos que achar pelo caminho, aí então quando você achar um ovo, e estiver totalmente perdido parabéns pois você acaba de chegar na cidade. Você vai notar que chegou aqui quando ver pessoas doidas que acham que estão numa fazenda, ou num chiqueiro.


Informações Úteis[editar]

A cidade é famosa por alguns casos[editar]

  • As putas juvenis, que dão pra todos que quizerem pegar; (a safra que vêm ai é bouaaaa)
  • Os homens mais babacas e bestas que são maioria entre os homens dessa cidade.
  • Quando vir pra cá não esqueça de trazer tudo o que precisa afinal você vai precisar porque aqui não tem hotel, motel, cinema, shopping, lojas de varias coisas, lojinhas de 1,99, bar a noite, boate, festas, diversão, parques, teatro, shows, putero, hospital, médicos, Sex Shop, Pet Shop, taxis e por ai vai.
  • Sobre o transito, ai ta bom pra quem não sabe dirigir, porque você dificilmente vai encontrar um movimento nas ruas, então esta tranquilo para você dirigir, nem perigo de bater tem.
  • No inverno você tem pode fazer muitas coisas afinal cidade fica deserta, coisas como: correr pelado na rua, comer as menininhas na praça, andar vestido de mulher se for homem e vice-versa, cantar músicas de chifrudos a hora que quiser (de preferencia enquanto teu visinho esta com a sua mulher);


outras histórias contadas por um ernestinense: ha um sr. q certa vez encheu a cara no bar da tieta, ao sair com o seu carro bateu em um poste de luz em frente ao bar. o sr. abriu a porta e disse: - cada um paga o seu. o velho achou q havia batido em outro carro.

" Aqui tem seda"