Esculturas Rupestres de Dazu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


As Esculturas Rupestres de Dazu é o Louvre da China, só que localizado no meio do completo nada, próximo da cidade de Chupadinha, na China. Com inúmeras pinturas e pedras detalhadamente entalhadas, são consideradas o maior vandalismo e agressão à natureza de toda China.

As Esculturas[editar]

Nessa escultura podemos reparar a figura dos Três Reis Magos visitando o pequeno Jesus.

Essas estátuas tem claramente fortes influências de hinduísmo, budismo, taoísmo, xintoísmo, judaísmo, islamismo, confucionismo e catolicismo, representando assim a confraternização entre os povos e considerados patrimônio mundial pela UNESCO.

A primeira escultura surgiu no século II a.C., quando um artista ficou com o inveja do Grande Buda de Leshan que havia acabado de ser construído, esse escultor decidiu construir um Buda maior, mas no meio de seu trabalho houve um terremoto que destruiu o Buda em construção deixando apenas a sua cabeça de lado, desmotivado, o homem deixou seu Buda pela metade e foi trabalhar com ambulante em Pequim. Séculos depois, esse Buda pela metade foi encontrado por peregrinos, e como a vida na China é difícil, qualquer porcaria sempre parece ser sinal de Deus, e assim o local se tornou sagrado e ambiente de visitas.

Com o tempo, todo artista que fosse construíndo algum Buda em pedra, levava a estátua para as regiões isoladas de Dazu para expor sua obra de graça, até Leonardo da Vinci tem um Buda em Dazu, e como são bilhões de chineses fanáticos, Dazu comporta bilhões de esculturas idênticas.

O sítio também comporta diversas pixações, que variam de frases, sutras e outras macumbas das mais diversas religiões e crenças.

E, assim como as pinturas astecas, as estátuas de Dazu servem perfeitamente para contar a história da China, sendo assim uma grande confusão de centenas de milhares de estátuas e esculturas.