Esporte Clube Santander

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Esporte Clube Santander


Esporte Clube Santo André
Escudo do Santo André.png
Brasão
Hino Marchinha de Carnaval
Nome Oficial Esporte Clube São Caetano Santo André
Origem link={{{3}}} São Paulo Santo André
Apelidos Segundo Azulão
Torcedores Santoandreenses
Torcidas Bengala Azul
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Mano Bruno
Capacidade 24
Sede Banheiro do Grand Plaza.
Presidente Desconhecido
Coisas do Time
Treinador Marcelinho Carioca
Pior Jogador Nuvola apps core.png Marcelinho Carioca
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Marcelinho Carioca
Patrocinador Tio Sam Cil
Time
Material Esportivo Bandeira da Itália Itália Lotado
Liga Campeonato Brasileiro
Divisão Série B
Títulos Série Z3 da Copa São Paulo de Futebol Júnior
Ranking Nacional PQPº
Uniformes Uniforme01.jpg
Uniforme01.jpg



Cquote1.png ÉÉÉÉÉÉ do São Caetano!!! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre gol do Santo André na Copa do Brasil de 2004
Cquote1.png A maior gafe da minha vida foi na final da Copa do Brasil, onde gritei gol do São Caetano ao invés de Santo André. Alô São Caetano! Perdão pela ofensa! Cquote2.png
Galvão Bueno no "Programa do Jô"
Cquote1.png A Comando Azul e a Sangue Azul só tem fodão... a Bengala Azul nos deu uma surra, botaram a gente pra correr! Cquote2.png
Torcedores andreenses que apanharam da Bengala
Cquote1.png Élvis não morreu Cquote2.png
Provérbio andreense
Cquote1.png EU TENHO COPA DO BRASIL! Cquote2.png
Torcedor do Santo André argumentando mais um rebaixamento do clube
Cquote1.png EU TENHO COPA DO BRASIL! Cquote2.png
Torcedor do Santo André argumentando mais uma derrota do clube
Cquote1.png EU TENHO COPA DO BRASIL! Cquote2.png
Torcedor do Santo André argumentando mais uma goleada sofrida do clube
Cquote1.png EU TENHO COPA DO BRASIL! Cquote2.png
Torcedor do Santo André argumentando mais um jejum de 10 jogos sem vitórias

Esporte Clube Santo André é um time com uma idade razoável já, mas que nunca ganhou porra nenhuma, só uma Copa do Brasil, título porém, cujo seu maior rival, o São Caetano, nunca disputou pois estava jogando a Libertadores, mas que o porcaria lixo do Paulista de Jundiaí já ganhou 1 vez também.

Como seria de se imaginar, o Santo André possui uma forte rivalidade com o São Caetano, clube da cidade vizinha, na periferia paulistana. A despeito do Santo André não possuir grande relevância histórica para o futebol brasileiro, caetanenses com piti participam sem sucesso de uma disputa que vai até o ano de 2011, onde cada lado tenta transformar a página do rival no artigo mais sem-graça da Desciclopédia.

História

Fundação

Foi criado por um grupo de amigos, após uma noite de muita bebedeira e libertinagem, em 1967, quando estes perceberam que o bairro de Santo André poderia ter seu próprio time de futebol, mesmo que só servisse para trazer vergonha. Começou com uniforme verde e amarelo, que tinha mais a ver com o município, mas depois, para copiar e se confundir com o São Caetano, trocou suas cores para azul e branco, de maneira que o Santo André é o único time do time que usa no uniforme cores que não tem em seu escudo.

Campeonato Brasileiro de 1984

Estreou no Brasileirão de 1984 e avançou dos dois primeiros grupos. Até parece um feito notável, se não fosse o detalhe de que no primeiro grupo com 5 times quatro se classificavam e 1 era eliminado que seria o Catuense, time da Bahia que não tinha ônibus e perdeu tudo de W.O.

Na segunda fase a mesma merda, de um grupo com quatro times três se classificaram numa chave que tinha o time do ABC que reunia uma seleção de Santo André, São Bernardo e São Caetano do Sul.

E por fim, caiu em mais um grupo mamata, dessa vez com Portuguesa e Operário, conseguindo ser eliminado para essas duas porcarias sem tradição. Após o feito de ficar atrás do Operário a CBF determinou que o Santo André ficaria proibido de disputar a primeira divisão do Brasileirão pelo próximos 30 anos.

Copa do Brasil de 2004

O Santo André criou um novo paradigma quando em seu maior ano de glória, em 2004, foi o grande campeão da Copa do Brasil. Por ser um time extremamente desconhecido, foi subestimado fase após fase, e dando cagada atrás de cagada. Após ter sido campeão o Santo André, a CBF teve que rever seus conceitos e permitir que os times que jogavam a Libertadores pudessem vir disputar a Copa do Brasil, e assim o Santo André numa mais teve a mínima chance numa Copa do Brasil.

Libertadores de 2005

Provando que o título de 2004 foi mero acaso, o Santo André conquistou o direito de ir dar vexame agora a nível internacional, na Libertadores de 2005. Orgulham-se de terem ficado na frente do Deportivo Táchira e os terem goleado por 6x0, mas foram bons o bastante para perderem fora de casa para o mesmo Táchira, dando ao time venezuelano seus únicos 3 pontos de toda sua história em participações internacionais, e deixando a vaga escapar a vaga por causa disso... Assim, o Santo André sagrou-se como a pior participação da história de um time brasileiro na Libertadores, superada apenas pelo Corinthians que perdeu pro Tolima.

Série B de 2008

Ainda na base da cagada, sem brilho, sem ninguém tomar conhecimento, o Santo André fica em segundo lugar na Série B de 2008. Sendo aquele time que todo mundo esquecia o nome de quem subiu mesmo, totalmente apático, sequer ameaçou o título de série B do Corinthians daquele ano.

Campeonato Brasileiro de 2009

Marcelinho Carioca feliz, alegre e saltitante por jogar no Santo andré.

Diferente do Corinthians que subiu e permaneceu, o Santo André fez uma campanha péssimo e rebaixou logo em seu ano de estreia na Série A do Brasileirão, rebaixado com mil rodadas de antecedência. O campeonato de 2009 parecia disputado por 19 times, nunca se via notícias do Santo André ou o time do ABC fazendo algo notável, mas o São Caetano não estava na série A mais, e isos já era o bastante para os andreenses sentirem-se felizes. E essa tragédia míseros 5 anos depois da conquista da Copa do Brasil, apenas corroborando a cagada daquele título e a irregularidade inerente ao Santo André.

Campeonato Paulista de 2010

Em 2010 foi o mais longe que poderia imaginar num campeonato paulista. Mais uma vez realizando uma campanha sem qualquer brilho, sem chamar atenção e sem nada, terminou a primeira fase num surpreendente segundo lugar, não se sabe como, e foi fazer a final contra o time do Santos que jogou brincando e mesmo perdendo de 3x2 pro Santo André foi campeão, porque ninguém levaria a sério mais o Santo André ganhar alguma coisa.

Temporada 2011

Ano em que o Santo André assinou seu atestado de falência e admitiu que sua trajetória no começo do século tinha sido mero acaso. Conquista o raro troféu do bi-rebaixamento num mesmo ano, conquista rara alcançada antes apenas pelo Guarani. Rebaixou na Série A1 do paulista e na Série B do Brasileirão. E nunca mais voltou, pois não demoraria rebaixar da Série C e sumir de vez do cenário nacional e ser tão esquecido como campeão da Copa do Brasil assim como o Club Athletico Paulistano é esquecido como 11 vezes campeão paulista.

Mascote

O Estádio BrunA José Daniel, comprado pelo Santo Andréia (ui) para ser estádio da Copa de Futebol

O Santo André é um dos raros times do Brasil que não possuem mascote, devido a uma mistura de desinteresse geral com falta de criatividade e inabilidade de alguém desenhar algum bicho legal que os representasse. Alguns forçam a barra e dizem que o mascote do clube é o Ramalhão, mas o que diabos é isso? Dizem que é um parente do Tio1.jpg.

Títulos

  • 1 Copa do Brasil 2004
  • 1 bi-rebaixamento 2011 (rebaixado da Série A1 Paulista e do Brasileirão Série B)