Esquizofrenia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um pra fazer seu check-up.
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Esquizofrenia.
Exemplo de pessoa esquizofrênica. Ela não sabe se é um cantor de Rock de Jesus ou de satã...

Esquizofrenia é quando uma pessoa fica achando ser outra, e vice-versa. O maior sintoma é a presença do famoso amigo imaginário, que estará com ele por diferentes nomes.

Como se explica?[editar]

Existe uma teoria que acredita na possibilidade de as pessoas com esquizofrenia esquecerem a razão da existência da vida, do universo e de tudo mais (ou seja, o número supremo, passando a substituí-lo por coisas absurdas, como quarenta e dez e coisas do tipo. Passam a imaginar então na possibilidade de voar e levitar. Acreditam que tudo podem e que podem até destruir o mundo. Logo depois, percebem que eles não têm necessariamente este poder, colocando-o então na figura de seu amigo imaginário.

Pessoas esquizofrênicas[editar]

Nomes mais comuns de amigos imaginários[editar]

  • Deus
  • Wilson!
  • Dennis o Pimentinha
  • Luizinho
  • Zezinho
  • Huguinho
  • Lombardi (ainda mais agora depois de morto)
  • Mariazinha
  • Mamusca
  • Squish
  • Enéas (em nosso lado até a morte)
  • Moranguinho
  • Nova Loira
  • Nova Morena
  • Darwin
  • Richard Dawkins
  • Harry Potter
  • Frodo
  • Xuxa (no mundo da imaginação)
  • Joana
  • Sei lá... eu nunca tive um...

Cura[editar]

Existe sim. Se jogue de um precipício. Se você voar, você não foi curado. Dê despesas ao governo e eles vão pesquisar métodos eficazes na inclusão e tratamento, mas CUIDADO com as armadilhas ou será facilmente eliminado.

Fatos comuns na vida dessas pessoas[editar]

  • Serem guiadas por vozes
  • Serem expulsas do local onde foram buscar tratamento.
  • Receberem tratamento médico apropriado que consiste em encaçapar o maluco e amarrá-lo a uma cama e injetar drogas.
  • Fumarem para aliviar sabe se lá como a doença e quase estar indo parar na cadeia. Pois aumentar o preço do cigarro é mais uma ajuda que nos dão.
  • Ter mais medo de quem vem ajudar do que quem vem te ferrar.
  • Receberem diagnóstico médico em menos de 30 segundos na rua por seguranças, policias, jornalistas, padeiros, pedreiros e de preferência da forma paranoica ao qual e gentilmente chamado então de noia.
  • São retiradas das decisões sobre a própria vida contra a sua vontade e daí levam vários golpes inclusive da família que o "ama".
  • Achar coisa de pokemon esse papo sobre ralação de militar porque o combate delas é travado 24h e com si mesmo (e comumente com outros de fora e nem tem boa imagem como os militares).
  • Não arrumarem emprego
  • Não arrumar namorado(a)
  • Ver o povo admirar um esquizofrênico milionário e ser discriminado pela mesma pessoa e ela diz que é porque você é maluco (mas isso ela só diz depois do milionário ir embora).
  • Dormir na rua pois a família que o ama por motivo a) ou b) o expulsou.
  • Ter vários homens gays querendo um namoro (incluindo muitos religiosos e pais de família)

Revolta dos Muckers[editar]

Não me pergunte porque mas o povo sempre teve uma pinimba com esquizofrênicos e durante mais essa gloriosa passagem do nosso exército eles resolveram a questão enviando toda a sua força para dizimar meia dúzia de loucos e maltrapilhos e mesmo assim a coisa não foi muito bem, maior bagaceira. Tomare que o Maradona não leia isso. Mas enfrentar o US ARMY nem pensar que eles são gente boa, HONRA ACIMA DE TUDO! Sendo que hoje em dia há formas de eliminar esses e sair bem na foto e fazer a vontade do povo e vários métodos são usados como colocar contra os "Muckers" pessoal sem vínculos nenhum com qualquer instituição ou colocar os "Muckers" contra alguém também é comum condená-los à pobreza impedindo o acesso a empregos e ao acúmulo de riquezas usando métodos sujos ou legal desde que funcione já que seu comportamento mesmo quando tem grana não atende aos interesses empresariais como igrejas e outros. E eu sei que só de ler isso aqui tu já tá pilhado e ao invés de encher o saco de um "Mucker" vai tomar uma cerveja d´avilla que aquela é do santo. Antes do diálogo abaixo temos imagens ultra secretas da família que mostram que vovó Jacobina estava sentada em sua cadeira de balanço, picando fumo pra botar no seu cachimbo de barro quando percebeu a aproximação de marginais e daí iniciou o diálogo amistoso.

Abaixo está transcrito um diálogo que antecedeu a treta:

  • Coronel Genuíno: O lance é o seguinte o circo tá armado e ou tu deixa de ser maluca ou vou acabar com você porque já estão me pressionando e eu sou um frouxo.
  • Senhora Jacobina: Ô piá, coronel? Tu é um moleque safado e eu sei que tu vai levar essa mas vai ser é debaixo de BALA e aproveita e segura essa.
  • Ruídos de tiros
  • Silêncio
  • Soldado: É isso aí cara, bateu de frente é perda total. FORÇA E HONRA que eu sou é muito HOMEM!
  • Pensamento do coronel (caído no chão): Pronto, agora o povo fica quieto.

Resposta Oficial Padrão "Mucker" Frente a Qualquer tipo de marginal:

Enfim ser um "Mucker" é além de maluco não atender interesses empresariais então relaxa que eu já tô plantando fumo aqui em casa e depois que for criminalizado os militares vão vir, cadeia, tortura, calúnia, fofoca, advogado, bala e por aí vai. Então fica frio que isso é patrimônio familiar e atende a interesses de grupos empresariais, fica tranquilo que tu tá nervoso à toa! Ou seja, qualquer um com um mínimo de vontade e preparo seja traficante, militar, maluco ou um exercito decente pode esculachar as forças militares do brasil embora a maior esculachadora dos militares seja a globo, então aproveita que são eles mesmos que vão te vender as armas...

Ligações externas[editar]

Este artigo é um esboço amaldiçoado por Shao Kahn.
Suma daqui antes que Shang Tsung leve sua alma.