Estônia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
●Флаг эSSтонии
●CCCP of Eesti Repuplic
●Ditadura Socialista da Estonia

Bandeira da Estonia.png Brasao da Estonia.png
Bandeira Brasão
Lema: Se não fosse pela URSS nós seríamos uma merda
Hino: CCCP! Hei Gorbachev
F mapa urss.gif
Capital Talharim
Maior cidade Moscow
Língua Russo
Tipo de Governo Repressão proletariada
Czar Vladimir Putin
Heróis nacionais Vladimir Smirnoff
Independência 1992 separou-se da gloriosa União Soviética
Moeda Redonda
Religião Pagã
População Uma tribo de wannabes russos de nome Vladimir
Área 10m² (0% de água)
Analfabetismo 100%
PIB per Capita Uma balinha de melancia USD/hab.
IDH 0.8
Fuso Horário
- 3
Clima Quer ser frio igual a Rússia
Site do Governo Governo russo estoniano
Cquote1.png É logo ali atrás do morro! Cquote2.png
Mineirinho sobre a Estônia

Cquote1.png É um tirim! Cquote2.png
Outro mineirinho sobre a Estônia
Cquote1.png Eu não fei de nada! Cquote2.png
Lula sobre a Estônia
Cquote1.png É a capital da Argentina? Cquote2.png
Bush sobre a Estônia
Cquote1.png As mulheres são loiras e gostosas!? Cquote2.png
A preocupação principal sobre a Estônia
Cquote1.png Hi! You is very beautiful! Can i add you? Cquote2.png
Brasileiro no Orkut sobre para uma estoniana

A Estônia, também conhecida como Ex-tônia, é um país de supra importância no mundo, e fica no nordeste da Europa e fazia parte da Rússia. Como sabemos, as coisas andaram meio complicadas por lá e os russos, caloteiros, resolveram que a Estônia não servia para mais nada e deram um pé na bunda dos caras.

História[editar]

Antiga Estônia[editar]

A Estônia na Antiguidade era só um pedaço de terra desabitado onde tradicionalmente o povo nômade Aestii passava os anos colhendo amoras e caçando cervos.

A história da Estônia é tão interessante quanto acompanhar um gelo derretendo.

Idade Média[editar]

A bela e inóspita Estônia

Na Idade Média a Estônia continuou esquecida (como sempre foi, e é até os dias de hoje). Entrou para a liga Hanseática (o antigo cartel de cevada e salsichão promovido pelas metrópoles germânicas), embora a Estônia servisse mais para ter seus recursos de cevada explorados do que outra coisa.

Confederação da Livônia[editar]

Quando os russos colocaram em prática seu plano de dominação mundial sob comando do czar Ivan, o Terrível e seu sádico e maquiavélico general CATS, vários países da Europa começaram a temer a Ameaça Comunista.

Foi temendo a Rússia que a Dinamarca, Suécia e Polônia uniram-se e fundaram a Confederação da Livônia. É da mistura entre vikings dinamarqueses, loiras suecas e poloneses endividados que surge o povo que hoje conhece-se como estonianos.

Mas a Confederação da Livônia falha miseravelmente, e o exército livono de 50 camponeses não consegue deter o domínio russo.

União Soviética[editar]

E tem gente que ainda não sabe o porquê da União Soviética ter conquistado a Estônia.

Aquele bando de dinamarqueses, suecos e poloneses, ao invés de voltarem para seus respectivos países, começaram a se achar de fato estonianos. Os russos que estavam preocupados demais mandando todo exército do mundo para matar alemães em Leningrado, dispersos não conseguiram deter a separação da Estônia em 1918.

Mas a Primeira República da Estônia não durou muito tempo, e em 1940 a União Soviética começa a revanche contra a Alemanha e enfileira 50 mil rolos compressores em Moscou fazendo-os marchar até Berlim, e o que estivesse no caminho seria pintado de vermelho, e foi o que aconteceu com a Estônia que virou a República Socialista Soviética da Estônia.

Fatos recentes[editar]

Mesmo com toda a ação do FDPMetsavennad (Capitalistas FDP no estoniano), apenas em 1992 com o fim União Soviética a Estônia adquire sua independência.

Sem teto e sem filiação ao MST o povo que é 69% ateu, deu graças a Deus que aqueles russos malditos, metidos a KGB deram no pé, a partir daí eles começaram a fazer o que mais gostam, comer neve depois de mijar nela encher a cara de vodka.

A Estônia é apelidada de e-Stonia pela galera tarada por tecnologia. A forma mais comum de pagar as contas de luz e água por lá é via celular. É o primeiro país (e único até agora) que elegeu o Presidente da República em votação por enquete feita pela Internet num chat de MSN. 420% da população tem acesso à web por banda larga em casa. O Skype é muito difundido, tem em praticamente qualquer lan house, o que facilita muito na hora de ligar para as migas do LoL casa.

Geografia[editar]

Típica paisagem estoniana. A mais movimentada rodovia do país que liga Tallinn à casa do Papai Noel.

Níguém sabe ao certo onde fica esse lugar, o que sabemos apenas é que parece ter saído do filme Senhor dos Anéis, outro dado interessante é que exitem depósitos portentosos de xisto betuminoso o que garante uma grana para esses caras.

A julgar pelos seus vizinhos, sabemos que lá não deve ser um lugar muito legal para se viver, são eles: Golfo da Finlândia, o Golfinho Flipper, o Mar Báltico, o mar Manjo, a Letônia, a Begônia, e tem como capital Tallinn, que faz analogia direta aquele comunista pinguço que atendia pelo nome de Stalin.

Subdivisões[editar]


O xisto betuminoso[editar]

Pesquisas científicas apontam que seja uma infecção intrauterina, o que leva a crer que eles procuram na população as mulheres com xisto e ao encontrá-las, as empilham em depósitos e as vendem como escravas sexuais aos sheiks arábes que estão de passagem no local.

Para conseguir extrair uma quantidade miníma de xisto, é feita uma manipulação manual clitoriana, mais conhecida como Onanismo, você poderá encontrar mais sobre isso no Manual do Sexo Manual.

Economia[editar]

Depois que os soviéticos caloteiros foram embora, nada sobrou a não ser vários litros de vodka na venda do seu Zé, que obviamente, foi saqueado e secado pela galera que sobrou. A festa durou umas 3 horas e ninguém ficou bebâdo, logo eles precisavam de dinheiro para comprar umas doses extras no país vizinho. Para tentar contornar a situação, um cara que tinha uma gráfica resolveu fazer uns papeis que chamava de dólar, e trocava-os por barris de álcool com o Brasil.

Política[editar]

A Estônia ainda não é provida de parlamento, senado, presidência, essas coisas. Uma das poucas leis que existem em vigor no país diz que é proibido a existência de mulheres feias (ou apenas não-loira) no país, exilando quem não for para a Moldávia ou Ucrânia.

Religião[editar]

A Estônia não têm religião, a grande maioria é composta por ateus, e grande parte também é niilista, ou seja, um bando de filhos da puta, hereges e antisemitas. Também tem um resto que é crente e/ou evangélico, que dizem estar arrependidos e fazem orgias mensais, nas quais gritam mais que gato no cio, quando isso acontece é um inferno, na Europa ninguém dorme.

Língua[editar]

Nínguém que eu conheça entende o que esse povo fala, temos que levar em consideração o alto grau etílico do povo, o que dificulta a comunicação com as demais pessoas que estão absolutamente sóbrias. provavelmente somente entenderá um monte de fonemas complexos como: teadsin, et sa oleks kasutada tõlkija tõlkida!

Mulheres[editar]

Uma estoniana das feias.

Em geral são loirinhas gatinhas, muito mais bonitas que as finlandesas e que estão de saco cheio de tantos brasileiros que as adcionam no Orkut. As estonianas também estão de saco cheio de caras muito atrevidos e beberrões, estilo pedreirão, por causa da rixa que rola com os russos (para as estonianas, russo=bebum). Outra coisa que as estonianas não suportam mais são a onda de ingleses que vão para lá atrás de mulher gostosa e cerveja barata. O lance no xaveco é investir na gentileza. Não precisa daquela papagaiada à moda antiga de ser muito romântico e fresco, elas são modernas e sabem que você só quer uma trepada mesmo. Basta evitar a imagem de cavernícola.

As estonianas em geral, sabem bem detectar cheiro de vagabundice masculina de longe, então, é bem provável que ao você encontrar com uma, elas vão correr de você.

Veja também[editar]

Flag-map Estônia.png Estônia
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
Bandeira da União Europeia.png
Europa
v d e h

Países: Albânia | Alemanha | Andorra | Armênia | Áustria | Azerbaijão | Bélgica | Bielorrússia | Bósnia e Herzegovina | Bulgária | Cazaquistão | Chipre | Croácia | Dinamarca | Eslováquia | Eslovênia | Espanha | Estônia | Finlândia | França | Geórgia | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Letônia | Liechtenstein | Lituânia | Luxemburgo | Macedônia | Malta | Moldávia | Mônaco | Montenegro | Noruega | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) | República Tcheca | Romênia | Rússia | San Marino | Sérvia | Suécia | Suíça | Turquia | Ucrânia | Vaticano

Territórios: Abecásia | Açores | Akrotiri e Dhekelia | Åland | Chipre do Norte | Crimeia | Gibraltar | Ilha da Madeira | Ilha de Man | Ilhas Canárias | Ilhas do Canal | Ilhas Faroé | Jan Mayen | Kosovo | Nagorno-Karabakh | Ossétia do Sul | País Basco | Svalbard | Transnístria