Estação Comandante Ferraz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pinguins.jpg Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Sub-Zero!

Estação Comandante Ferraz faliu!
Cows1.jpg Nem o Seu Creysson quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Estação Comandante Ferraz.

Cquote1.png Ferraz de Vasconcelos??? Já tive uma namorada lá Cquote2.png
Marinheiro

Glorioso Comandante Ferraz de plantão no quartel.
Pinguim bolivariano luta pela nacionalização da Antártica para a Bolívia, ameaçando os cientistas brasileiros

A Estação Comandante Ferraz é o nome da gloriosa estação de pesquisas brasileira na Antártica, Guaraná Antártica, Antártida, Brahma e Parque Antártica.

O Comandante Ferraz era um militar excessivamente amante de cerveja. Realizando seu sonho foi mandado finalmente para a Antártica.

Na estação os brasileiros efetuam pesquisas de como sobreviver na neve, dado a excessiva presença de neve no território nacional. Os tripulantes da estação são sobretudo cidadãos do Amapá e Roraima, que, dado seu costume com baixas temperaturas, são os brasileiros mais adaptados ao frio polar.

Os principais inimigos dos brasileiros na estação são os bolivianos e venezuelanos, na Estação Camarada Evo Chavez que pretendem a nacionalização da neve contra o Imperialismo brasileiro.

Os Argentinos também são vizinhos da estação, tendo construído um templo à deusa Evita Perón cultuada pelos índios da Patagônia e Buenos Aires.

Não se sabe o que fazem lá, mas a Noruega tem ampla participação na Antártica. Muitos afirmam que os noruegueses ajudam na sobrevivência contra o frio, fornecendo a tecnologia que viver abaixo de 50 graus negativos.

"Este artigo é um puta esboço de merda, porra! Ajude-o
editando essa bosta, ou eu vou puxar teu pé, caralho!