Eswatini

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
eSwatini
Suazerândia
Minhazilândia
Bandeira de Minhazilândia
Brasão de Minhazilândia
Bandeira Brasão

Localização de Minhazilândia

Capital Banana
Cidade mais populosa La Bamba
Religião oficial Discípulos de Jesus Negão
Governo Ditadura Tribal
 - Rei, Primeiro ministro Mswati III, Barakk Obbama I
Heróis Nacionais Zé Pequeno
Área  
 - Total Minúscula km² 
 - Água (%) 0
Analfabetismo Alto  
População Pedindo socorro 
PIB per Capita 1 real 
IDH 00100 
Moeda Cocos
Fuso horário AZT + 5 (Acre's Zone Time)
Clima Atlântico
Website governamental Não tem Internet


Cquote1.png Você quis dizer: Switzerland Cquote2.png
Google sobre Eswatini

eSwatini, ex-Suazilândia é uma das últimas monarquias existentes no mundo, e hoje em dia é governada pelo rei Mswati III.

História[editar]

Quem vai saber? Seria um pedaço que esqueceu que deveria ser da África do Sul e não algum tipo de semi-país independente?

Política[editar]

Turista visitando a Suazilândia.

Não sei lhes dizer o porquê, mas uma das funções do rei da Suazilândia é desvirginar uma pequena Swazi por ano, de modo que no fim de sua vida o rei acumula cerca de 60 esposas. Considerando que 100 40% da população feminina do "país" tem AIDS, (as chances da vossa majestade ser soropositivo são muito grandes). Todo ano, o rei da Suazilândia faz a Festa das Virgens. Todas as meninas que, naquele ano, completaram 18 anos, dançam seminuas frente ao rei, e ele pode escolher a que melhor lhe aprouver. O mesmo rei proibiu o sexo no país para ninguém pegar AIDS.

População[editar]

A Suazilândia é o "país" com o maior índice de HIV do mundo. Contando homens e mulheres, 30% da população é soropositiva, ou seja, em cada três pessoas uma tem Aids). Apesar de alta, a porcentagem não chega a ser numericamente muito expressiva, uma vez que a Suazilândia é também o "país" menos populoso do mundo, com a incrível marca de 1 milhão de pessoas em todo o território.

Somando-se a expectativa de vida ao nascer de 35 anos, o resultado é um "país" cuja capital (a megalópole de Mbabane) possui 65.000 habitantes (um pouco menos do que o Morumbi lotado), e a maior cidade, Manzini, possui 80.000 (o mesmo Morumbi, agora lotado). Isso é muito claro quando você vê uma "cidade importante" no mapa e, ao chegar nela, percebe que a tal "cidade importante" é na verdade um mercado, duas casas e três vans.

Subdivisões[editar]


Cultura[editar]

Basicamente quase todo habitante da Suazilândia gostaria de viver na Jamaica, onde não existe lei contra o cheiramento de gatinhos.

Idioma[editar]

A língua oficial é o inglês, mas eles só falam inglês (e mal) com os brancos; na prática eles só falam o siSwati, uma língua bizarra na qual pra falar um simples "oi" você diz "Saubwona" (ou algo assim), e cuja tradução para o nosso alfabeto produz nome de cidades como Hhohoo (que sabe Deus como se fala). Caracteriza-se por ser o produtor oficial de gatinhos cheirosos da África Austral, chamados carinhosamente de Swazi Gold.

Transportes[editar]

Não há muito o que falar, visto que a maior distância rodoviária no país é de cerca 180 km, mais ou menos a extensão de um engarrafamento de trânsito na cidade de São Paulo num dia de chuva.

Flag-map-Swazilândia.png eSwatini
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
Leaotarado.jpg
África
v d e h

Países: África do Sul | Angola | Argélia | Benim | Botswana | Burkina Faso | Burundi | Cabo Verde | Camarões | Chade | Comores | Congo | Costa do Marfim | Djibouti | Egito | Eritreia | Eswatini | Etiópia | Gabão | Gâmbia | Gana | Guiné | Guiné-Bissau | Guiné Equatorial | Lesoto | Libéria | Líbia | Madagascar | Malawi | Mali | Marrocos | Maurício | Mauritânia | Moçambique | Namíbia | Níger | Nigéria | Quênia | República Centro-Africana | República Democrática do Congo | Ruanda | São Tomé e Príncipe | Senegal | Serra Leoa | Seychelles | Somália | Sudão | Sudão do Sul | Tanzânia | Togo | Tunísia | Uganda | Zâmbia | Zimbabwe

Territórios: Canárias | Ceuta | Galmudug | Mayotte | Melilla | Reunião | Saara Ocidental | Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha | Somalilândia