Eulipotyphla

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Soricomorpha
O olhar deles é sempre simpático
O olhar deles é sempre simpático
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Mamadores
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentários
Ordem: Eulipratuatia

Eulipotyphla, antigamente denominado de Soricomorpha por não incluir os ouriços, é o nome dado a ordem de animais peludinhos, cegos e que vivem no subterrâneo sendo eles geralmente simpáticos e sorridentes (apesar de terem somente quatro dentes - dois em cima e dois embaixo) e alguns ligeiros e corredores, embora tímidos e reservados, reconhecidos pelo estranho hábito de comer lixo, dormir o dia todo, cavar buracos, ficar imundo frequentemente de barro, dormir, cagar, cavar mais buracos.

Por muito tempo fizeram parte da obsoleta ordem dos insectívoros, só porque eles comiam merda sem distinção, mas isso é apenas a vantagem de não serem dotados de papilas gustativas, por isso o que parece nojento para humanos é normal para uma toupeira. Por conviverem com fungos eles foram incluídos na superfamília dos animais morfados, mais especificamente os soricomorfados.

Anatomia[editar]

Os soricomorfos são caracterizados anatomicamente sobretudo pelo seu focinho repleto de tentáculos gosmentos ultra-sensíveis que eles ficam chafurdando no barro, na merda ou qualquer outro lugar. Apesar das garras afiadas e os dentões acavalados eles odeiam ser confundidos com o Ronaldinho Gaúcho ou seus primos roedores os quais são outra ordem distinta.

O olhar de um soricomorfo é geralmente simpático e amistoso, mas embora inicialmente mansos possuem um temperamento explosivo caso sejam contrariados ou expostos à luz do dia.

Variam pouco em tamanho, sendo o maior de sua espécime o Solenodon-cubano que é do tamanho do órgão genital do Kid Bengala, enquanto o musaranho-pigmeu considerado o menor mamífero do mundo tem o tamanho de um amendoim japonês murcho.

Famílias[editar]