Europa Football Club

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Europa Football Club
Escudo do Europa FC.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial The Final Countdown Football Club
Origem Bandeira de Gibraltar Gibraltar - Gibraltar
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Derrocta Stadium
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Gibraltino
Divisão Premier League
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Europa Football Club é só um time de futebol amador, o que em condições normais classificaria este artigo como sendo de humor privado e ele não teria espaço na Desciclopédia, porém em 2017, por caridade, a UEFA permitiu que esse time de peladeiros do campinho baldio da esquina pudessem disputar a badalada Liga dos Campeões da UEFA, verdade que na fase preliminar amadora da fase preliminar da fase dos times café-com-leite, então o clube pode ganhar seu artiguinho aqui.

História[editar]

Fundação[editar]

Fundado em Gibraltar em 1925, não se sabia que Gibraltar já existia nessa época e que sequer havia por lá um campo de futebol ao invés de só uma rocha enorme e sem graça. Mas quem somos nós para duvidar que esse time foi realmente fundado em 1925 se eles dizem isso? O fato é que levando-se em consideração o tédio que deve fazer nessa península abandonada e ignorada tanto por espanhóis quanto por ingleses, jogar futebol, mesmo que porcamente, é um passatempo saudável.

Existia futebol em Gibraltar nessa época?[editar]

O Europa FC foi penta-campeão de Gibraltar, vencendo os títulos de 1928–29, 1929–30, 1931–32, 1932–33 e 1937–38. Não há muitas notícias dessas conquistas sobre quem foi o vice, contra quem jogou, a data dos jogos, quantos pontos fizeram, talvez porque sejam títulos inventados mesmos, mas também porque na época ainda era o campeonato do Califado Abássida, e todos os supostos registros foram perdidos quando os mesmos foram expulsos de volta para o Marrocos.

Falência e fusão[editar]

Em 1970 o time não aguentou tantos anos sendo apenas uma equipe amadora desprezível, e assim naturalmente faliu, embora alguns acreditem que tal time na verdade simplesmente nunca existiu, e em 1970 apenas tentaram encontrá-lo, sem sucesso.

Sabe-se que em 1980 funde-se ao College Cosmos surgindo o College Europa FC, um time que certamente tomaria goleadas do seu time de peladeiros de fim de semana da sua firma. Nunca teve a capacidade de sequer ganhar um mísero torneio de Gibraltar, um país no qual as pessoas nem sabem o que é futebol.

A sua estreia numa competição internacional foi na fatídica Liga Europa da UEFA de 2014-15 na fase preliminar da fase preliminar dos times merdas da fase preliminar dos times café-com-leite, enfrentando no caso uma equipe compatível com seu baixo nível de um país igualmente nada tradicional, o FC Vaduz de Liechtenstein, e o Europa foi humilhado, perdendo de 3x0 fora de casa e depois 1x0 em seu estádio.

Separação[editar]

Em 2015 desfez a fusão que nunca levou a nada, voltando a ser apenas Europa FC, passando então a ser reconhecido como um time de futebol existente, ao contrário dos times do Acre que ainda precisam ser reconhecidos pela FIFA, que aliás acha que Rio Branco fica em Roraima, uma das províncias de Gibraltar e influenciador direto no má futebol apresentado pelo Europa FC. O ano de 2015 ainda reservaria um novo marco para o time do Europa, quando pela primeira vez na história um jogador do clube foi convocado para uma seleção, quando Charly foi convocado pela tradicional Seleção Guiné-Equatoriana de Futebol.

Disputou a sua segunda Liga Europa da UEFA em 2015-16, só para ser humilhado pelo modesto Slovan Bratislava com derrota por 9x0. Sem comentários, a OFC estuda o Europa FC para jogar em seu torneio.

Título gibraltino[editar]

A temporada 2016-17 foi especial para o Europa, primeiro porque alcançou o seu primeiro sucesso internacional quando eliminou o tradicional FC Pyunik de Tuvalu por 3x2, embora na fase seguinte não pode conter todo o poderio do AIK da Lapônia e foi eliminado após duas derrotas por 1x0.

Todavia, graças a contratações de craques renomados, como Liam Walker, conseguiu ser o fantástico campeão de Gibraltar de 2016-17.

Títulos[editar]