Evento de Tunguska

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
St Basils Cathedral-500px.jpg РУССКАЯ ВОДКА

Estin artigovski é russki!

Ele já foi comunista no passado.

Smirnoff.gif
CUIDADO!!! CONTEÚDO EXPLOSIVO!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Bombanuclear4.gif
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Evento de Tunguska.
Imagem simulando o meteoro que atingiu Tunguska. Percebe-se que quem fez essa simulação é um burro, pois nela o asteroide atingiria a África, e não a Sibéria.

Cquote1.png Você quis dizer: Tsar Bomba Cquote2.png
Google sobre Evento de Tunguska
Cquote1.png Caralho, que porra foi essa? Cquote2.png
Alguém falando seus últimos palavrões sobre Evento de Tunguska
Cquote1.png WTF? Cquote2.png
Outro cidadão sobre Evento de Tunguska
Cquote1.png Ainda bem que foi na Sibéria, onde ninguém vive Cquote2.png
Russo sobre Evento de Tunguska
Cquote1.png O que foi isso? Cquote2.png
Mais um homem (ou mulher) sobre Evento de Tunguska
Cquote1.png É o Apocalipse Cquote2.png
Filósofo sobre Evento de Tunguska

O Evento de Tunguska, foi um evento (óbvio) megaputaqueparivelmente gigantesco que aconteceu em algum lugar na Sibéria. Ninguém sabe direito o que foi esse negócio, já que além do evento ter acontecido num fim de mundo longe da civilização, não existem relatos de pessoas sortudas a ponto de ganhar na loteria que sobreviveram para contar.

Informações[editar]

Momento em que ocorre a explosão. Não se sabe como a fotografia aguentou a explosão, portanto provavelmente é uma montagem.

As únicas informações disponíveis falam sobre algo extremamente grande que atingiu o solo, fazendo BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM, destruindo toda a Sibéria, Ártico e outros 13 terrirórios à sua escolha; fazendo um buraco enorme, que hoje é conhecido como Cú do mundo. Calcula-se que a explosão teve a força de 0,5 Tsar Bomba, 1000 bombas de Hiroshima e 4,2 x 10³³²²²³³³²²³²³² maior do que a força que você faz no banheiro.

Como qualquer evento gigantesco, milhares de vagabundos pensam em teorias ridículas para explicar o que foi aquilo, variando desde um ataque feito por extraterrestres até uma ida ao banheiro de Chuck Norris, passando pelo possível início do Apocalipse e por um teste da primeira Tsar Bomba. Mas nenhuma tem sentido, portanto aparentemente nunca saberão da real história, já que todos preferem inventar teorias idiotas do que teorias decentes.

O evento[editar]

Em um belo dia, na Sibéria, tudo estava normal. Os campos de concentração obrigavam os inimigos do governo a fazerem trabalhos forçados, não havia praticamente nada de interessante, havia muita neve, um russo local bebia vodka, etc. Aparentemente é mais um dia entediante. Até que do nada aparece um negócio gigante no céu em altíssima velocidade, atinge o chão, faz uma explosão gigante e ferra com tudo num raio de 1000 quilômetros.

A explosão. Nem foi tão ruim assim comparada a Tsar Bomba.

Os nativos da região que puderam ver a explosão de um local seguro relatam uma coisa brilhante se chocando no chão e destruindo tudo. Esses relatos não servem para porcaria nenhuma, porque todo mundo sabe que uma coisa brilhante atingiu o chão e destruiu tudo. Os efeitos da explosão afetaram todo mundo. Na Rússia, o Evento de Tunguska desmatou toda a floresta de lá, para a alegria dos madeireiros (que não precisaram trabalhar duro para derrubar as árvores) e para o ódio do Greenpeace e outras ONGs.

Além do desmatamento, toda a Europa e parte da Ásia sofreu um terremoto, mas ele foi ridículo a ponto de não ser percebido[1]. Quem se ferrou mesmo foi a Sibéria, que deixou de existir no mapa do War. Como poucas pessoas são idiotas corajosas o suficiente para ir ao deserto gelado para comprovar sua existência, a humanidade nem se deu conta de que a Sibéria não existe mais, muito menos se importa com o desaparecimento de um bloco imenso de gelo e neve.

Relato de um sortudo sobrevivente[editar]

Cquote1.png Eu tava perdido no meio da taiga bebendo um pouquinho, quando vi um negócio parecido com um meteoro voando. Aí a parada bateu na terra e fez uma explosão grande pra caralho. Aí eu falei: Puta que pariu! Que merda é essa porra?. Aí tudo saiu voando, e depois eu desmaiei porque estava cheio dos mé. Aí eu não me lembro de mais nada Cquote2.png
Testemunha sobre Evento de Tunguska

Hipóteses[editar]

Para explicar que negócio foi esse, gente de todas as partes do mundo inventou diversas teorias. Grande parte delas aparentemente foram feitas quando o rapaz fumava uma erva, tamanha a imbecilidade criatividade da teoria. Outras parecem que foram feitas com o uso de uma droga mais pesada, pois são incrivelmente malucas. Algumas delas:

Bomba nuclear[editar]

Um pequeno buraco causado pelo evento. Esse aconteceu devido ao terremoto feito pelo impacto, porque a cratera principal não pouparia as casas ao redor.

Segundo estudiosos desconhecidos, a explosão foi causada por uma bomba nuclear soltada pelos russos. A finalidade da bomba seria atacar os Estados Unidos, porém o responsável pela operação estaria muito bêbado, resultando num pequeno erro. Também dizem que foram os norte-americanos que dispararam a bomba em direção ao Kremlin, porém, devido ao incrível conhecimento sobre geografia dos caras, eles acharam que Moscou ficava na Sibéria.

Ilusão[editar]

Outra hipótese, formulada pelo Padre Quevedo, diz que o Evento de Tunguska não existiu. Segundo ele, as testemunhas que teriam presenciado o a Bola de Fogo bebiam vodca a ponto de ficarem muito bêbadas. Então, tiveram alucinações, assim elas teriam visto a explosão.

Invasão alien[editar]

Essa hipótese diz que Tunguska aconteceu quando um grupo de ETs vindos de Marte decidiu fazer o que todo alien faz nos filmes de ficção: Dominar a Terra. No início do ataque, eles teriam acertado parte da Rússia, mas depois, desistiram da invasão, já que a poluição tomou conta do planeta e não tinha nada que prestasse por aqui[2].

Cometa/asteroide/meteoro/pedra gigante[editar]

É a mais simples: Um meteoro ou outra coisa parecida caiu do espaço e atingiu nosso planeta. Assim como é a teoria mais suspeita, ela é a mais sem graça, já que não há conspirações, planos de dominação mundial e baboseiras semelhantes.

Notas[editar]

  1. Então como é que sabem da existência dele? Afinal, ele não foi percebido
  2. E dizem que a poluição não salva a Terra

Ver também[editar]