Extinção massiva do Devoniano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fungos 8.jpg
Bandeirantes.jpg

Este artigo é relacionado à biologia.

Não estranhe se ler que o pênis não tem osso nem músculo.

Cuidado com o fruto da castanheira-do-pará!

Foi aqui que Recife virou o que é. Uma cidade morta.

A extinção em massa do Devoniano ocorreu no fim desse período de existência da Terra. Aparentemente causada por um troca-troca amigável ocorrido entre as águas dos mares rasos, cheias de oxigênio, pelas águas de quinta categoria dos mares mais profundos dos oceanos adentro, que não tinham praticamente oxigênio algum. Com isso 50% dos bichos que existiam naquela época, como diversos corais, alguns peixes de água rasa, alguns bichos parecidos com amonites (os Belemnites), mais uma bordoada de trilobitas (têm certeza que ainda existe algum desses bichos vivos pra próxima extinção em massa?) e um monte de outras criaturas do além. A única vantagem é que essas águas podronas levaram alguns peixes a correrem pra fora d’água (não é onda) onde desenvolveram pulmões e lentamente viraram os primeiros anfíbios.

Este artigo é um esboço de Stálin.
Stálin pede que esse artigo seja ampliado. Ou será mandado para um Gulag


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas