Fábio Bilica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
Fábio Bilica (direita) e seu amor, Capone.

Cquote1.png Você quis dizer: Amor da vida do Capone Cquote2.png
Google sobre Fábio Bilica
Cquote1.png Lindoooooooooooooooooo Cquote2.png
Coligay sobre Fábio Bilica
Cquote1.png Ele teve uma relação com Capone Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Fábio Bilica
Cquote1.png NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! Cquote2.png
Torcedor brasileiro quando Vanderlei Luxemburgo convocou Fábio Bilica para a Seleção Brasileira Olímpica

Fábio Bilica é um caneleiro futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Desde cedo, o pequeno Fabinho já mostrava forte inclinação à homossexualidade. Quando criança, recebeu o apelido de Bilica, provindo de sua marca preferida de pirulitos (uiiiii).

Como jogador, ganhou destaque por participar das seleções sub-20 e olímpica do Brasil. Mas ficou mesmo conhecido quando protagonizou, com o também zagueiro Capone, em 2004, o caso da Poltrona 36, onde ele recebeu um boquete do então companheiro de clube, após a derrota do Gaymio para o Paraná, que praticamento decretou o rebaixamento do Tricoflor dos Pampas à Série B do Campeonato Brasileiro. Segundo boatos, o ex-presidente gaymista Cacalo e seu marido, Danrlei, um dos maiores ídolos do clube, também participaram da orgia mais tarde. Em dezembro de 2009, Fábio Bilica novamente foi alvo de polêmica ao participar de uma "maratona sexual" em um hotel em Istanbul, na Turquia, junto com os jogadores André Santos, Vederson, além do inglês naturalizado turco Kazim Richards.

Vídeos[editar]

Referências

  1. abril.com.br: Inter lança ônibus do centenário sem poltrona 36 (24 de março de 2009)