Fábio Porchat

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
61519923.gif Este artigo pode levar-te para o lado rosa da Força!

Clodovil pode ser citado neste artigo.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.

Fábio Porchat de Assis
Porchat.jpeg
Nascimento 1° de julho de 1983
Bandeira do Brasil Brasil Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Ocupação Ator, roteirista e sem graça
Signo Otário
Cabelo Castanho

Cquote1.png Você quis dizer: Fábio Porchato Cquote2.png
Google sobre Fábio Porchat
Cquote1.png Só quero que ele diga olhando nos meus olhos que é mais famoso do que eu. Cquote2.png
PC Siqueira sobre Fábio Porchat.
Cquote1.png Esse viado de uma figa NÃO É NADA! Cquote2.png
Felipe Neto sobre Fábio Porchat.
Cquote1.png Fraco! Cquote2.png
Galo Frito sobre Porchat em Porta dos Fundos.
Cquote1.png Comediante? Duvido! Comediante sou eu! Cquote2.png
Ary Toledo sobre Fábio Porchat.
Cquote1.png Outro cara que decidiu imitar meu programa... pô agora são três!!! Ah esquece vou me aposentar mesmo ¬¬. Cquote2.png
Jô Soares sobre Fábio Porchat

DANILO GEN TILI SEM GRAÇAFábio Porchat é um ator, roteirista, dublador, comediante e viadinho carioca. Ele era um ilustre Zé-Ninguém até aparecer no programa do Sancho Pança e fazer palhaçadas que o seu tio engraçadão está acostumado a fazer nas reuniões de família. Ele também é famoso por ser um dos idealizadores do canal do SeuCu "Porta dos Fundos", um dos canais mais frustrantes engraçados do mundo.

Antes da fama[editar]

Porchat invocando Satã numa igreja.

Fabinho Branquinho era um playboy que passava o dia todo cantando em frente ao ventilador na esperança de se tornar um cantor de sucesso, mas infelizmente ele era mais desafinado que uma galinha choca; com o seu plano fadando ao fracasso. Ele também se candidatou para ser boneco de posto, porém acabou dando merda também já que ele não sabia nem balançar os braços direito. Porchat já estava meio puto da vida por ele ser uma reencarnação de Joseph Climber e queria jogar tudo pro alto sem pensar na sua família tampouco amigos.

Nos anos 2000 Porchat se candidatou para uma vaguinha na Rede Fosco em qualquer coisinha que houvesse lá, inclusive servente de pedreiro. Ele conseguiu se tornar redator do programa super-sexy do Jô, escrevendo somente merdas coisas incríveis que só ele sabe como.

Antes mesmo de fazer palhaçadas no Jô Porchat já fazia um monte de coisas que evidenciava seu talento em fazer porra nenhuma tudo que ele tentasse fazer: ele conseguia fazer malabares, empinar pipas, fazer arremessos de disco na boquinha da garrafa, jogar bola somente com os joelhos e assoviar cortando as unhas. Como se pode notar Porchat sempre foi um garoto de talento, pena que demoraram tanto tempo para alguém perceber isso...

Ele também foi um exímio roteirista enquanto esteve no Programa do...ah, você sabe! Um dos roteiros dele dizia que o apresentador do programa deveria entrar em uma bexiga de festa de aniversário, furá-la por dentro e depois comer o que sobrou. Obviamente isso chegou a ir para o ar, mas apenas os funcionários do programa puderam ver tamanha perda de tempo (e falta de inteligência) que só Fábio Porchat poderia nos presentear com um bagulho desses. Porchat até conseguiu se casar com seu"bom humor", mas o casamento não durou lá muito não...

Consagração[editar]

Depois que Porchat ficou conhecido nacionalmente pelo Programa do Gordo ele partiu para a carreira de sem graça comediante, participando do grupo super da hora "Comédia Em Pé" e "Motor Desligado" (um grupo desconhecido e super-secreto que só Fábio Porchat conhece) que fizeram seus cartazes por horas meses nos principais teatros decadentes do Brasil. Porchat foi ficando um comediante cada vez mais famoso; participou do Domingão do Faustão, Programa do Mussum, Papa-Léguas Entrevista e do Custe O Que Custar. Porchat foi ficando cego com a fama e mandava todo mundo tomar no cu frequentemente.

Em 2014 Fábio com outros desocupados que cansaram de ficar no ócio decidiram viver à base de um certo site de vídeos para ganhar dinheiro em cima de eu e você: o Porta dos Fundos. O canal mostra cenas cotidianas, interpretadas por Porchat e companhia, com um toque de "humor" que só o Porta dos Fundos tem. Apesar do canal ter quase nenhuma graça ele é um dos sucessos absolutos do IuTubo.

Estilo de humor[editar]

Cquote1.png Quando ele me mostrou o tamanho eu falei: "Caralho!" Cquote2.png

Porchat é um comediante comparável a Danilo Gentilli: piadas infantis para homens infantis e nada mais. Para ser mais exato o humor de Fábio recaí principalmente no que ele pensa ser engraçado (dãã!), mas que na verdade não é. Exemplo disso é esse fragmento de algo (supostamente) dito por Porchat:

Cquote1.png Aí eu cheguei na menina e falei: você é mulher? Então dá pra mim! Cquote2.png
Fábio Porchat.

Acho que não preciso dar maiores explicações.

Obras[editar]

  • O Viadinho Nunca Mente (2007)
  • Podia Ser Pior (2010)
  • Chico Xavier (2010)
  • Misturado e Separado (2010)
  • Teste de Selênio (2011)
  • Totalmente Culpados (2012)
  • As Estrangeiras (2012)
  • Meu Passado Me Agrada (2012)
  • Vai Que Dá Merda (2013)
  • Frozen (2014) [dublagem]
  • Tudo Pelo Ibope (2014 e 2015)
  • Porta dos Fundos (2014 até o presente)
  • Refém do Ônibus 174 (2015)
  • Entre Zangões' (2015)
  • Alisa, A Esperança do Sexo (2015)
  • Meu Passado Me Agrada 2 (2015)
  • Porta Afora (2015)
  • Privada do Porchat (2016 até o presente)