Fármacia-bioquímica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tanquedecolando.jpg
Este artigo é relacionado à química.

\mathsf{HR\!=\!RH+O_3~\stackrel{Zn}\longrightarrow~2\,RHC\!=\!O}

Cquote1.png Sem medicamentos não existiriam os médicos...pq quem cura é o remédio, não o médico!pobre coitado! Cquote2.png
Aluna do curso de Farmácia sobre o curso

Cquote1.png Você quis dizer: Galera do Balcão? Cquote2.png
Google sobre alunos de Farmácia-Bioquimica

Cquote1.png Ué, precisa de curso para trabalhar numa farmácia? Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre o curso de Farmácia-Bioquimica

Cquote1.png Pelo menos eu não tive que apelar para veterinária!! Cquote2.png
Aluno de Farmácia sobre não passar em Medicina

Cquote1.png Eu tenho um laboratório de Análises Clínicas! Cquote2.png
Farmacêutico sobre as atividades da profissão

Cquote1.png E trabalha no balcão também? Cquote2.png
Qualquer um sobre citação acima

Cquote1.png Catar milho na bosta alheia? Não obrigado! Deixem que os farmacêuticos e biomédicos façam isso. Cquote2.png
Biólogos e Médicos sobre a habilitação em comum para Análises Clínicas

Cquote1.png ADO, A-ADO, Farmácia - UFC só tem viado!!! Cquote2.png
alunos da UFC sobre Farmácia da UFC

Cquote1.png Eu conhecia como ADO-A-ADO, cada qual com seu viado!! Cquote2.png
aluna da UFC sobre Farmácia

Cquote1.png Pelo menos eu posso trabalhar em indústria e ganhar mais do que os que fazem medicina veterinária, odontologia, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia e alunos de farmácia das particulares! Cquote2.png
Aluno de farmacia das universidades públicas sobre não passar em Medicina

Cquote1.png Eu entrei porque gosto de laboratório Cquote2.png
Aluno de farmácia após ser perguntado sobre o porquê de ter escolhido Farmácia

Cquote1.png Nós só fazemos drogas, não as consumimos! Cquote2.png
Estudante de farmácia mentindo sobre papelote encontrado em sua carteira

Cquote1.png É FÁRMACO PORRAAA!!! Cquote2.png
Aluno de farmácia sobre qualquer pessoa usando o termo "droga"

Cquote1.png Bioquímica filha da p**!!! Vai tomar no seu c** Cquote2.png
Aluno de farmácia sobre a disciplina de Bioquímica durante um surto psicótico após ter que se drogar com reagentes vencidos de universidades públicas para ter que ficar estudando de madrugada pela décima vez para passar na PF

Cquote1.png Farmacêutico balconista o seu sonho é ser dentista Cquote2.png
Estudante de odontologia sacana


Origem[editar]

No final da década de 40, o governo procurava uma solução definitiva para diminuir o excesso de alunos que se suicidavam ficavam tristes ao não passar no curso de Medicina. Surgiu então o curso de Enfermagem. Entretanto, como o número de reprovados ainda era muito grande, alguns anos depois criou-se também o curso de Farmácia-bioquímica para que esses pobres coitados tivessem a oportunidade de trabalhar no balcão da Pague Menos, ou migrar para amazonias colombiana e começar seu pequeno negócio de pesquisa com ervas.

Características[editar]

Métodos fáceis de se ofender um farmacêutico é comparando os mesmos com indivíduos que também não passaram em medicina enfermeiros ou bioméRdicos biomédicos. Os primeiros por não terem químicas I,II,III,IV...n+1, cálculo e física em sua graduação e mesmo assim ganharem o salário de um farmacêutico elevado a sétima potência. Os segundos devido à disputa no mercado de análise de merda, no qual é fácil observar farmacêuticos e biomédicos brigando com socos e tiros para trabalhar encontrando milho na merda que você produz. Porém tem os farmacêuticos capitalistas (expulsos da colombia), que vão abrir seu negócio com algas encontradas na rodrigo de freitas e vender como cosméticos e virar milionários.

O Curso[editar]

O curso de farmacia é característico de quem nao foi esperto o suficiente para entrar em uma faculdade de medicina.

Ao contrário do que possa parecer para as pessoas comuns, o aluno de farmácia-bioquímica deve percorrer um longo caminho até poder utilizar o crachá "Posso Ajudar?" na drogaria mais perto de você.

São várias cadeiras que tiram as noites dos estudantes de Farmácia para que eles possam te atender sorridentes na drogaria.

Eis aqui as principais disciplinas do curso:

  • Balcões I e II: É nesta matéria que os alunos aprendem as principais técnicas de atendimento ao cliente, essenciais para seu futuro profissional, além de conhecer a máxima de qualquer farmacêutico: "Na dúvida, receite uma aspirina"
  • Cálculo I: Através das poderosas técnicas de derivação e integração imprópia o aluno torna-se capaz de calcular o troco do cliente em cada operação financeira sem o auxílio de uma calculadora
  • Caligrafia Médica I,II,III... XV: O terror dos alunos, uma das matérias com o maior número de reprovações. Durante anos a fio os alunos são submetidos a leituras de diversas receitas, tentando entender aqueles rabiscos que os médicos chamam de letra
  • Calibragem de Balanças: Um diferencial importante, que muitas vezes tem sua importância reduzida. Afinal, alguém tem que calibrar aquela balança em que você se pesa de graça toda vez que entra numa drogaria, não é verdade?
  • Espectrofotometria de massa fecal quântico-analítica: É apenas um nome complicado para uma coisa simples. Os alunos só ficam catando milho na merda dos outros mesmo.


  • Sintese de Farmacos I, II, III, etc.: Matéria na qual os alunos fabricam suas próprias drogas, tais como clorofórmio, LSD, Ecstzy, etc
  • Introdução à prática Farmacêutica I, II e III: Matéria onde os alunos aprendem o que é o curso de Farmácia. E aí onde 70% da turma desiste de ser um balconista desempregado farmacêutico.
  • Farmacobotânica: Matéria que ninguém sabe porque está na grade do curso.
  • Toxicologia: Ensina o melhor veneno a usar depois de se formar e não conseguir arranjar emprego.
  • Farmacocinética: Matéria onde se aprende a determinar através da física aplicada o tempo que demora para que o remédio que você tomou saia pelo mijo ou merda.

O Triunfo[editar]

Metade dos alunos de farmácia se formam e vão trabalhar misturando algas da lagoa Rodrigo de Freitas com qualquer coisa melosa para fazer cremes para madames ricas.

Outra metade seguirá para Colombia aonde poderá estudar as ervas direto das plantações.

Uma porcentagem irá estar atrás do balcão, no geral atrás da parede do balcão dormindo ou no msn.

Muitos irão brigar com os biomédicos para analisar coco, mijo e porra e eles vão fazer isso com muito prazer.

O Futuro Profissional[editar]

Ambiente de trabalho dos alunos de Farmácia

Uma vez concluído o curso, cerca de 40% dos alunos conseguem emprego em alguma drogaria, atendendo de forma eficiente aqueles que buscam algum rémedio.

Aproximadamente 0,000000001% conseguem um emprego em algum laboratório, analisando a merda dos outros 24h por dia e ficar brigando por merda com os biomédicos que querem a merda de qualquer jeito. Morrem de medo dos biomédicos, já que eles entendem mais de laboratórios, raio-x, pinga e similares.

Uma pequena parcela de 5%, também conhecido como capitalistas, encontram um lugar em alguma indústria farmacêutica. Afinal de contas, tem que ser muito bom para ganhar dinheiro sintetizando rémedios que custam o olho da cara e que os pobretões que precisam deles não terão dinheiro para pagar.


E o restante dos alunos não fazem nada mesmo, quando muito abrem uma barraquinha e viram hippie.