Fósseis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é relacionado à história.

Não estranhe a pederastia da Grécia Antiga. Tá bom, só um pouco.

Abraham Lincoln a cores.png
MisturebaGeral.jpg Este artigo é relacionado à biologia.

Evite manter contato com fungos.

Cquote1.png Respeita a porra dos fósseis porque agora eu sou um, caralho! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre fósseis.
Cquote1.png Começou com um grande fóssil de "Tyranossauro rex" e quando eu vi já havia feito um grande negócio. Cquote2.png
Dono do Jurassic Park sobre fósseis.
Cquote1.png No meu laboratório sempre há pelo menos um. Cquote2.png
Professor Grossenfiber sobre fósseis.
Cquote1.png Na verdade eu conheço um fóssil sim... Cquote2.png
Teu pai sobre tua avó.
Cquote1.png Oh meu Deus! Este fóssil é enorme! Cquote2.png
Arqueólogo sobre o "falecido" de Kid Bengala.

Fósseis são restos de animais e vegetais que se perdem no meio de rochas, ferros-velhos, esgotos e até debaixo da sua cama. O estudo dos fósseis é uma das principais funções da paleontologia, já que eles nos revelam sobre como a vida no passado era: chata como é hoje, ou chata como foi ontem.

A fossilização[editar]

Um fóssil ainda com vida da espécie Canis esqueleticus.

O processo de se criar uma marca preservada de alguma espécie de tempos remotos dura muitos, muitos, muitos e muitos anos, torrando a paciência dos paleontológos com tamanha espera. Na maioria das vezes é necessário que algo cubra os restos do animal para que ele perdure por milhares de anos na Terra; esses "rejuvenescedores" de fósseis podem ser cimento, purpurina, mijo sagrado do Papa, banana-split e algumas vezes até Lico de cair pinto.

Um fóssil de um Slender Man.

Em vegetais a fossilização ocorre por fermentação das folhas com leite-de-babosa, criando uma planta que em tese é imortal. De qualquer forma, são meios minerais que preservam os seres pré-históricos por tanto tempo na nossa tão judiada amada Mãe Natureza, por isso pense duas vezes antes de menosprezar a existência das rochas: em um futuro próximô uma delas pode preservar o corpo da tua avó!

Evidência fóssil[editar]

Se trata de um termo usado por evolucionistas para mostrar que as espécies animais descendem de outras espécies menos desenvolvidas. Para os crentes criacionistas os fósseis nada mais são do que o Trabalho de Deus exibido em formas de ossadas, ossinhos e dentadas para as gerações que já pegaram esses animais extintos. Os fósseis podem indicar as condições de vida na época em que Dercy Gonçalves, Cid Moreira e Sílvio Santos eram nenéns de colo, a temperatura do planeta no período histórico (deveria ser quente igual o sertão de Sergipe!), os brinquedos que animais pré-históricos costumavam usar entre outras coisas.

A única coisa que a "evidência fóssil" não evidencia é por quê os macacos gostam de comer banana enquanto os homens gostam de comer buceta? Os humanos não descendem dos macacos? Então deveriam gostar das mesmas coisas, ora pois!

Tipos de fósseis[editar]

Um novo tipo de fóssil: o fóssil digital.

Existem basicamente três tipos de fósseis, todos evidenciam que existia vida antes de nós, porém são divergentes quanto ao aspecto e consistência.

  • Corpos fósseis - São os fósseis materialmente falando, como esqueletos, dentadas, órgãos genitais, ferraduras de boi e até conchinhas do mar. Esse tipo de fóssil é o mais procurado pela comunidade científica pois há como fazer uma análise mais detalhada do ser extinto, inclusive por datação por radiocarbono. Os esqueletos fósseis são utilizados como enfeites de loja de empalhamento após as pesquisas científicas.
  • Traços fósseis - São fósseis imateriais, como pegadas, mordidas no pescoço, cuspe em rochas, saliva e pêlos secos. Poucos cientistas ligam para esse tipo de fóssil.
  • Fósseis químicos - Até mesmo um pum que um animal tenha dado há milhares de anos e que ficou preso na atmosfera pode ser considerado um elemento fóssil. Alguns dizem que fósseis químicos tem a ver com combustíveis fósseis, mas quem entende de petróleo e outros gases líquidos (?) é Nestor Cerveró e não a minha pessoa.

Utilidade nas ciências[editar]

Um fóssil de um ictiossauro (ou não).

Pensou que só arqueólogos e paleontólogos que precisam dos fósseis? Nananinanão! Várias áreas da Ciência dão importância para os fósseis, como você verá abaixo.