Explicando Henrique Cardoso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de F.H.C.)
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre a TAM, o PUM ou o PAC. Seja engraçado e não apenas idiota.
Ladraompce.jpg Fernando Henrique Cardoso é um ladrão.

Este artigo é sobre alguém em que votamos de 4 em 4 anos.
Se ele ainda não lhe roubou, vai roubar.

Guarde bem sua carteira antes de ler este artigo.

Senhor ladrão.png


A90.jpg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 90's!
Se você não teve infância naquela época, com certeza você está no Facebook ou no Whatsapp neste instante.


Fernando Henrique Cardoso
Fhc-2.jpg
Peidei mesmo, cheira agora!
34.º Presidente de República Federativa do Brasil
Período 1 de Janeiro de 1995
1 de Janeiro de 2003
Vice-presidente Marco Maciel
Primeira-dama Ruth Cardoso
Predecessor Itamar Frango
Sucessor Luíf Ináffio Lula da Filva
Pessoal
Nascimento 31 de Março de 1936
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Profissão Sociólogo, economista de boteco e palpiteiro
Partido político PSDB
Descitacoeslogo2.png
O Descitações possui citações de/sobre Fernando Henrique Cardoso.
Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Fernando Henrique Cardoso

Cquote1.png Você quis dizer: Privatização de Estatais? Cquote2.png
Google sobre Fernando Henrique Cardoso
Cquote1.png Nhem-nhem, nhem-nhem-nhem! Cquote2.png
Fernando Henrique Cardoso sobre seus próprios, incomensuráveis e gigantescos atributos intelectuais que ofuscam o mundo civilizado ocidental, um gênio com pé na cozinha que fala não só francês sem sotaque como também se expressa correntemente na língua do P; e cujo reconhecimento mundial reputou-lhe o 2º lugar entre os maiores gênios da humanidade, atrás apenas de Bob Esponja
Cquote1.png Senhor FHC, o senhor é um FANFARRÃO !!! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Fernando Henrique Cardoso e sua genialidade
Cquote1.png Mais isso é uma Bichona, Doutor Cquote2.png
Severino sobre Fernando Henrique Cardoso
Cquote1.png Vá te f****!!!! Cquote2.png
Geraldo Alckmin sobre a valorosa participação de FHC em sua "vitoriosa" campanha
Cquote1.png Assim não pode, Assim não dá! Cquote2.png
Fernando Henrique Cardoso sobre Fernando Henrique Cardoso
Cquote1.png Nice to meet you, Mr. Menem Cquote2.png
George W. Bush sobre aquele..., aquele..., aquele cara ali
Cquote1.png Aposentado é tudo vagabundo! Cquote2.png
Fernando Henrique Cardoso sobre mais de quarenta milhões de brasileiros (e em momento de autocrítica, já que ele tem várias aposentadorias acumuladas)
Cquote1.png ... Cquote2.png
Aposentados se manifestando

FHC assistindo uma moderna TV de tela de plasma

Fernando Henrique Cardoso (Rio de Janeiro, 31 de Março de 1936) foi o ditador do Brasil por longos oito anos. Ele é sociólogo e membro sem-graça do PSDB. Segundo FHC, ele foi responsável apenas pelos êxitos do seu reinado, os infortúnios foram causados pelas crises externas e pelo alinhamento incorreto dos planetas, sendo assim ele não foi responsável pela desvalorização do real, nem foi no governo dele que surgiu os Anões do Orçamento e Máfia dos Sanguessugas. Foi a Globo quem revelou essa verdade a nós.

Fodendo o Brasil

Tô de olho nussinhô!

FHC, sociólogo com pretensões a economista, fez um trabalho mixuruca em 8 anos de governo. Ainda não se sabe como, nem qual a calculadora utilizada pela equipe da Fazenda, mas o fato é que o Brasil vendeu 5 dúzias de empresas estatais e conseguiu aumentar a dívida externa em 5 vezes. Notável façanha, que só a numerologia globalizada explica.

Fazendo pose de monalisa.

Vendeu a Vale por apenas 3 bilhões de dólares, número a que chegou seguindo fórmulas matemáticas descobertas por seu Ministro Pedro Malazartes, apesar de alguns especialistas da oposição avaliarem aos gritos as reservas minerais da Cia. Vale do Rio Doce (que duram 500 anos) por 94 bilhões de dólares. Com a ascensão ao poder de seus adversários, a Vale passou a valer mais de 100 bilhões de dólares nas bolsas globalizadas do Mundo, ou seja 33x o que recebeu o Tesouro Nacional; foi o choque de gestão PSDBista, operando para alegria de seus compradores. Estas empresas prosperaram depois, provando que Fernando Henrique foi um completo imbecil.

Quando Fernando Henrique assumiu a Presidência da República, a dívida pública federal interna e externa somavam cerca de R$ 153 bilhões e as dívidas de estados e municípios permaneciam descontrolados. No seu governo, a dívida pública do Brasil, que era de US$ 60 bilhões em julho de 1994, saltou para US$ 245 bilhões em novembro de 2002. Com as privatizações de empresas estatais conseguiu gerar para o Tesouro Nacional uma receita de US$ 78,61 bilhões.

Dart FHC revela ao Jedi Lula, que ele é seu filho na política econômica. No canto inferior, Obi Wan Pedro Malan Kenobi explica a doutrina Tucano-Jedi para o Padawan C3P_Palocci e Chew-Mantega-bacca

A zelites brasileiras, que nunca entenderam de avaliações de minas, um negócio naturalmente cheio de lama, se orgulham muito de seu governo, e vibravam tomando champagne Don Padrignon na Dasnú a cada vez que ele faz um discurso em francês, sem sotaque.

Cquote1.png Eu sei o que eu to fazendo, relaxa Cquote2.png
Fernando Henrique Cardoso sobre cagada

Fernando Henrique sofreu 17 mil denúncias que, se comprovadas, poderiam levá-lo ao impeachment e a prisão perpétua. As denúncias foram apresentadas com maior frequência durante o segundo mandato, sendo arquivados pelos então ladrões presidentes da Câmara dos Deputados, que mandavam e desmandavam naquela zona e consequentemente desaprovaram um processo de impeachment contra o então ditador presidente da República. Quebrou o país por duas vezes; ou teriam sido três? Afinal Sua Majestade Imperial FF.HH.CC. terminou seu governo Imperial com o dólar cotado a R$ 3,99; ou seja, praticamente se entregou a Lula de quatro. Os colegas do FMI sempre vieram nos socorrer, deixando ele intacto para o Lula se esforçar em quebrar de novo, o que tem sido difícil conseguir.

Cquote1.png Quebrou o Brazil one more time, mister Cardoso? Nós ajudar vocês. Só que juros alto! Cquote2.png
FMI sobre cagada

De acordo com Lula, FHC é o responsável por todas as cagadas da História Brasileira. Inclusive as do Próprio Lula.

Cquote1.png Eƒƒa heranƒa maldita do Ƀi-Agá-ƒê! Cquote2.png
Lula
Cquote1.png Incluvive meu primeiro mandato é heranƒa maldita do Ƀi-Agá-ƒê! Cquote2.png
Lula

Quando foi passar a faixa sucessória, de tanto desgosto enfiou o dedo no olho do Lula, que de birra arrancou seu óculos da cara. Mas tudo feito com profundo decoro presidencial.

Cquote1.png Lula... respiro... você é meu filho... não negue sua herança... respiro... Junte-se a mim e ao Plano Real... respiro... e dominaremos o Brasil!!! Cquote2.png
Darth FHC
Cquote1.png OK!!! Deixa que eu mantenho o Meirelleƒ no Banco ƒentral... Cquote2.png
Lula Skywalker
Cquote1.png Nossa, que calor infernal! Cquote2.png
Fernando Henrique Cardoso, logo após morrer

Estudos sociológicos

FHC e seus devotos.

FHC tem uma ampla carteira de estudos sociológicos dado sua ampla experiência em redutos como a USP

  • Dissertação de Mestrado: Estudo da vida sexual dos índios papaxota exilados na Bolívia - Mérito Honoris-Causa Científico
  • Tese de Doutorado: Estudo da vida sexual dos índios papapica exilados na República Tcheca -
  • Tese de Livre-Docencia: Estudo da vida sexual dos sindicalistas em protesto contra a privatização: A lógica do ócio esquerdista
  • Artigo: Estudo da vida sexual dos ex-presidentes: Uma experiência radical multipessoal em Paris

A Vingança de FHC

A imagem fragrada por um repórter das Desnotícias vale mais que mil palavras

Furo exclusivo das câmeras. FHC dá em cima da primeira-dama Marisa na cara do Lula durante cerimônia de posse: Marisa, seu vestidinho vermelho está uma graça. Não quer vir conhecer Paris comigo? enquanto Lula replica: Amor, vofê não vai trocar meus nove dedof do paraver por um doutorvinho, não???

FHC e a Maconha

FHC testando um microfone
O subconsciente comunista de FHC o fez fazer isso.

Todos conhecem a história, contada por ele mesmo, da primeira e única vez que FHC fumou maconha. Estava num grupo de colegas de faculdade e experimentou um baseado trazido por um amigo. Tossiu, se engasgou e achou muito ruim. O que ninguém sabe é que o baseado em questão era composto de 70% de capim, 40% de gatinhos cheirados e apenas 20% de maconha.

A revelação foi feita recentemente por outro colega que estava na roda e que prefere não se identificar para não perder a vaga no ministério.

A biografia de FHC (e a história do país) talvez fosse outra se aquele fumo fosse da lata e o então sociólogo não só tivesse gostado como pedisse mais.

  • 1931: Nasce, no Rio de Janeiro.
  • 1952: Ingressa na faculdade de sociologia.
  • 1962: Publica "Capitalismo e escravidão no Brasil meridional".
  • 1964: Golpe militar no Brasil. FHC exila-se no Chile.
  • 1967: Volta ao Brasil, experimenta maconha pela primeira vez e gosta muito.
  • 1968: Manifestações estudantis sacodem o mundo. FHC não ficou sabendo de nada porque estava num sítio em Mauá fazendo batique.
  • 1969: A repressão política no país atinge o seu pior momento. FHC declara que não está "NEM AÍ 5". Tenta explicar a piada mas tem seus direitos políticos cassados.
  • 1970: FHC volta do Woodstock, com uma tatuagem de Janis Joplin na bunda.
  • 1974: Toca bongô na banda de rock rural "Sá, Rodrix e Florestan Fernandes".
  • 1976: Encena com um grupo de amigos a comédia musical "A Teoria da dependência e a dependência da teoria".
  • 1980: Candidata-se a vereador em Mauá. Fica como primeiro suplente mas acaba assumindo uma cadeira na câmara quando um titular renuncia para abrir uma casa de sucos.
  • 1985: Une-se com seu futuro maior adversário nas Diretas Já para derrubar a Ditadura Militar. Muda-se para São Paulo e candidata-se à prefeitura, pelo PV. Sua campanha entra em declínio ao confessar que é ateu, fuma maconha todo dia e, especialmente, ao ser fotografado na cadeira do prefeito, completamente nu.
  • 1994: Candidata-se à presidência da república. Para fazer frente à candidatura de Lula, alia-se ao PFL. Ganha mas é o ACM quem manda.

O resto você já sabe...

Escândalos

Em maio de 1997, grampos telefônicos revelaram conversas entre o então deputado Ronivon Santiago afirmando que quatro deputados receberam 200 mil reais para votar a favor da reeleição de FHC. Ele defendeu-se alegando que não apenas esses, mas vários outros também foram beneficiados naquela época, como governadores e prefeitos reeleitos.

Compatriotas de FHC, Salvatore Cacciola e Marco Aurélio de Mello, o primeiro, um banqueiro falido que brincava de emitir cheques voadores e o segundo um ministro meia boca do STF que só bebe de canudinho pediram para FHC uns trocados a fim de realizarem uma rave internacional nas Ilhas Cayman e darem um rolé no Caribe. FHC gostou da ideia e providenciou 1 bilhão de reais para a dupla dinâmica iniciar a empreitada; quando questionado pela imprensa sobre a transação, dizia que a economia ia mal por causa da oposição e gastar o dinheiro público com o seu lazer fazia parte do processo para ajudar o país a ir para frente. Porém ao descobrir que tudo se tratava de uma maracutaia para Cacciola e Marco Aurélio encherem o cú de dinheiro e que não seria convidado para festa alguma ele mandou Cacciola tomar no cú e sumir do mapa enquanto que Marco Aurélio, encurralado e sem saída, chorou lágrimas de crocodilo e pediu desculpa beijando os pés do presidente que achou o ato meio esquisito, mas que no fim disse que rolou um clima e tudo deu certo.

Crise do Apagão

Na passagem de 2000 para 2001, FHC tentou cortar a energia de diversas regiões do Brasil. O tucano alegou que fez isso para reduzir em 20% o consumo de eletricidade em quase todo o País, quando na verdade, o que pretendia era obrigar o povo pagar a energia de sua residência na Casa Branca. FHC disse que quem fosse contra iria sofrer punições como a tortura e o exílio, extintos desde a Ditadura militar.

Documentos revelados

Segundo documentos recentemente revelados, Roberto Marinho, canastrão e grande amigo de FHC, certo dia estava em Brasília coletando sua mesada das emissoras locais e acabou aproveitando para fazer uma visita ao Palácio do Planalto e chamou FHC para jogar um truco valendo o toba em sua mansão. FHC inicialmente hesitou em aceitar sabendo das habilidades do amigo, mas ao Marinho dizer que não aceitaria um não como resposta, FHC ficou sem saída.

Já na Mansão de Marinho, vendo que era tarde demais pedir para ir ao banheiro e sumir dali, FHC entrou na jogatina e após várias caipirinhas e muito amendoim espanhol, ele, já tonto e sem esperança, bateu na mesa e gritou truco. Marinho, com o jogo pronto, deu uma leve risadinha sarcástica e pediu para que FHC mostrasse o jogo.

FHC infelizmente havia perdido. Aflito ele ajoelhou e disse que assim não podia e assim ele não daria. Roberto, furioso, disse então que ia comer o toba de sua esposa enrugada. FHC desesperado propôs então um trato para liberar o buraquinho de sua garota do periquito de Marinho: daria 238 milhões de reais para tirar do buraco sua falida globosat (que naquele tempo só transmitia sexyhot e sportv). Marinho, conseguindo exatamente o que queria, deu um tapinha no rosto de FHC e fumou um charuto enquanto dava uma risadinha marota. FHC, desiludido, chamou sua limosine e voltou para o Palácio do planalto onde voltou a fazer o que sabia fazer melhor: rasgar dinheiro e jogar pela janela.

Planos Econômicos

  • Pão e Circo para o povo
  • Pão e Circo Para o povo
  • Impostos
  • Impostos
  • Impostos
  • Impostos
  • Impostos
  • Impostos
  • Pão e Circo para o povo
  • Impostos
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Impostos
  • Impostos
  • Impostos
  • Impostos
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
  • Privatizações
Precedido por
Itamar Frango
Bandeira do Brasil.jpg
Ditador da República Federativa do Brasil

1994 - 2002
Sucedido por
Luíf Ináffio Lula da Filva

Ver também

Latino.png Este artigo se trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
Ele(a) nunca será respeitado se continuar desse jeito.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.
v d e h
Ladra02.gif POLÍTICO$ DO BRA$IL

Fernando Henrique Cardoso faz festas com seu dinheiro.

Outros políticos em que você já votou e se arrependeu:

Din.jpg
Klaus Noel.jpg
Sociólogos inúteis famosos
v d e h

Alexis de Tocqueville | Antonio Gramsci | Auguste Comte | Émile Durkheim | Fernando Henrique Cardoso | Florestan Fernandes | Georg Lukács | Gilberto Freyre | Henri Lefebvre | Herbert Spencer | Jean-Claude Passeron | Jürgen Habermas | Karl Marx | Loïc Wacquant | Louis Althusser | Max Horkheimer | Max Weber | Pierre Bourdieu | Raymond Aron | Robert King Merton | Roger Bastide | Sérgio Buarque de Holanda | Talcott Parsons | Thales de Azevedo | Theodor Adorno | Vilfredo Pareto

Fhc222.jpg
História do Brasil: Nova República (1984 - até agora)

Eventos, coisas e ideologias que você não acompanhou porque estava com preguiça de ler as chatices da Veja

Diretas JáImpeachment de Fernando CollorPlebiscito de 1993Plano CruzadoPlano RealPrivatizaçãoMensalãoDólares-de-cuecaDesarmamentoGuerra de independência do Tapajós e CarajásBadernas no Brasil em 20137 x 1Badernas no Brasil em 2015PEC 37PetrolãoMP664/665Pedalada fiscalOperação Lava JatoImpeachment da DilmaRio 2016


Presidentes ditadores e outros canalhas de que de vez em quando você ouve falar
Dom Tancredo IDom Sarney IDom Fernando IDom Itamar I, o topetudoDom Fernando IIDom Mula IDom Dilma IDom Temer I