Faculdade

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplo de uma Faculdade no Brasil.

Cquote1.png Você quis dizer: Dificuldade? Cquote2.png
Google sobre Faculdade
Cquote1.png Meu filho, na Faculdade você vai encontrar gente séria e super responsável. Cquote2.png
Sua mãe sobre Faculdade
Cquote1.png Na União Soviética, a Faculdade estuda VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Faculdade
Cquote1.png Eu decidi ir para a faculdade rapaziada, vou fazer Educação Física Cquote2.png
Boleiro sobre faculdade
Cquote1.png Agora que eu to na faculdade vou pegar mulher... droga me esqueci que eu não tenho carro!!! Cquote2.png
Nerd sobre faculdade
Cquote1.png E os posers noobs viram headbangers, grunges e punks de verdade Cquote2.png
rockeiros sobre faculdade
Cquote1.png Nunca vi, nunca fiz eu só ouço falar... Cquote2.png
Zeca Pagodinho sobre Faculdade
Cquote1.png Dessa vez eu estudo! Cquote2.png
Você sobre Faculdade
Cquote1.png Passei no vestibular!! Cquote2.png
Você sobre Faculdade
Cquote1.png Agora você estuda!! Cquote2.png
Pai sobre Faculdade
Cquote1.png Entramos na faculdade como meninos e saímos como homens Cquote2.png
seu pai sobre faculdade
Cquote1.png É na faculdade que as patricinhas viram peruas Cquote2.png
perua diplomada sobre patys calouras
Cquote1.png E nela também que os emos saiem do armário e soltam a franga Cquote2.png
Gay veterano sobre emos calouros
Cquote1.png Já fiz três! Cquote2.png
Pedreiro sobre Faculdade
Cquote1.png Facul r0x, seus bando de n00b! Cquote2.png
Nerd sobre Faculdade
Cquote1.png Agora que eu não assisto aula nem vou pra secretaria! Cquote2.png
Bully sobre Faculdade
Cquote1.png Meu Deus e agora!!! Eu não tenho mais tempo para ficar zerando jogos o dia inteiro, as materias da facul são muito puxadas Cquote2.png
Gamer sobre faculdade

Cquote1.png Precisamos de mais crack. Cquote2.png
Cquote1.png Tua irmã o caralho! Meu nome agora é Marta Suplicy! Relaxa e goza! Cquote2.png

Cquote1.png Vou fazer uma quando me aposentar! Cquote2.png
Jogador de futebol sobre faculdade
Cquote1.png O que é isso? Cquote2.png
Carla Perez sobre Faculdade
Cquote1.png O próprio nome ja diz faculdade é facultavivo faz quem qué Cquote2.png
Lula sobre Faculdade
Cquote1.png Não é igual nos filmes norte-americanos D: Cquote2.png
aluno decepcionado sobre Faculdade
Cquote1.png Ih foi mal. A minha é federal! Cquote2.png
Aluno sobre Faculdade

Definição[editar]

Imediatamente após Você passar no ENEM,você entra na faculdade,não interessando quantos anos você tem(desde que tenha de 16 a 25 anos). A Faculdade é meio que um 3º grau inventado para aprendermos coisas que são meio que obrigatórias aprender no 2º grau, mas que não aprendemos!

A Faculdade é muito importante para nós, caso você queira ter um curriculum, digamos, "importante".

Foi criada pelos maçons para reutilizar onibus queimados e ensinar aliens a ler grego.O Governo nao entendeu a proposta.

Ela, na verdade, não te acrescenta em nada se, na verdade, você não aprendeu porra nenhuma nas aulas que você teve. Apenas fica no papel que você foi um "bom aluno e fez faculdade".

Ela se divide em duas vertentes, a Particular - em qual você paga - e a Pública, na qual você também paga! Vejamos abaixo suas definições:

Faculdade Pública ou Federal[editar]

Exemplo de uma sala de uma Faculdade Particular.

Faculdade Pública é aquela mantida com o nosso dinheiro pro sustento de playboyzinhos que na maioria das vezes teriam condições de pagar uma escola particular, sendo que esta fica destinada a quem vive na miséria, normalmente tendo que trabalhar de dia para estudar a noite, sendo assim a maior reversal russa da educação brasileira.

Lá tudo pode ser uma beleza ou apenas uma tristeza. Dependendo, você pode encontrar tudo legalziado e você pode ter férias quando você mais precisa, por causa das greves ou apenas uma imensão depressão quando você está sério a respeito dos estudos e encontra tudo numa imensidão precária ou você pode encontrar o contrário do já dito.

Dependendo da faculdade publica ou federal, você pode até se dar bem na vida, se você conseguir sair...

Faculdade Particular[editar]

Exemplo de uma sala de uma Faculdade Pública.

Faculdade Particular é aquela mantida também com o nosso dinheiro, só que a benefício dos reitores e tesoureiros desta "Grande Empresa e Pequenos Ensinos".

As Faculdades Particulares são muito boas, só em comissão "ar-condicionado". Se você der sorte, você pode até estar numa sala que tem um ar-condicionado central, ou se for mais azarado, sentar numa que tenha 2 ar-condicionados normais, ou se for muito azarado mesmo, você pode sentar numa sala antiga e pegar ventiladores presos ao teto ou nas paredes e algumas infiltrações na parede.

Dependendo da faculdade particular, você pode tirar onda com seus amigos e... e... ser alguém na vida.

Alunos da Particular[editar]

Aula de química, no Laboratório de uma Pública.

Eles, geralmente, se vestem bem e se produzem como bonecas (unissex). São fortes ou gostosas(grande numero de emos tambem), vão para o bar, andam, geralmente, com os carros do pai (ou da mãe)

Eles viram seu amigo, se for de interesse em ajudá-lo a se formar, ou passar de ano ou período.

Eles tentam ser sério quando entram, falam "agora eu vou estudar", mas sempre mudam de ideia uns 5 minutos depois,porque as matérias são basicas ao ponto de ofender sua inteligencia, a qual é bem mais utilizada no boteco xavecando as garotas(que geralmente bebem tanto quanto um mecanico),sabem que os pais pagam a faculdade pra ele e eles não têm a preocupação em gastar dinheiro à toa.

Alguns - em caso raro - pagam a própria faculdade, com o dinheiro suado de um trabalho, mas por eles estarem cansados, mudam de ideia fácil, e querem sempre o mais fácil das aulas ou apenas vão beber no bar. o fato de encontrarem professores SUPER COMPETENTES, que paradoxalmente NÃO são bem sucedidos, NÃO administram empresas, e NÃO deixam de serem mediocres geralmente usando de pretexto o fato de atuarem em "ONG´s" para justificar sua falta de sucesso. decore esta desculpa, vc pode acabar tendo que utiliza-la tambem...

Alunos da Pública[editar]

Alunos da pública.

Muitos deles costumam estudar e serem sérios... antes de entrarem. Lá dentro, ficam eufóricos num país de fracassados alunos de particulares. Libertam-se da pressão da mãe e do pai e mudam radicalmente.

Em menos de um ano, começam a se vestir de formas variadas. As alterações mais radicais ocorrem nos ingressantes dos cursos de Filosofia, História e Ciências Sociais. As roupas das mulheres se tornam roxas, misturadas com verde, azul, lilás, abóbora, e com um cheiro típico de maconha. Quanto aos homens, crescem a barba pra ficarem como o Che Guevara, e tiram onda com uma carinha de Los hermanos, enquanto bebem uma cerveja no horário das aulas.

Ninguém acredita como os pré-vestibulandos se transformam...

Professores da Pública[editar]

Alunos preocupados com a matéria de amanhã.

Normalmente, durante 3 períodos os alunos de faculdades públicas não conhecem seus professores pessoalmente, pois eles estão muito ocupados no meio de um protesto Comunista. As aulas são ministradas por alunos de pós-graduação, ou professores substitutos, muitas vezes com formação bizarramente diferente da aula, como Engenheiros Agrônomos dando aulas de Angiologia, e vice-versa.

Quando vêm a conhecer seus professores esses têm o habito de, em uma aula de 50 minutos, chegar 20 atrasados, sair 10 adiantados e durante 20 minutos ficarem contando piadinhas sobre as burrices expelidas por alunos de particulares.

Tem ainda aquela aula onde eles descrevem em detalhes minuciosos e soniferos seu curriculum lattes.

Professores da Particular[editar]

Normalmente, você chega a conhecer seu professor desde o primeiro, isso quando ele vem pra aula e não resolve "ir tomar um cafézinho" ou ficar na sala dos professores.

Na maioria das vezes, é típico primário: você se apresenta formalmente, e ainda passa a conhecer seus amiguinhos de classe.

Quando eles estão com vontade de dar aula, eles explicam tudo direitinho, não falam palavrões e são bem-educadinhos; pelo contrário, eles te xingam (internamente), te ignoram e, quando estão errados, não admitem o próprio erro.

Professores de particular também dão aula nas públicas, e sempre falam mal de ambas as faculdades, e, no final, acabam saindo com seu dinheirinho no bolso e ainda fazem greve.

Vantagens & Desvantagens da Particular[editar]

  • Vantagens
    Aula universitária de cálculo.
  1. Você tem amigos ricos ou semi-ricos.
  2. Você vai para o bar.
  3. Você faz novas amizades.
  4. Você faz sexo.
  5. Você tem sala com ar-condicionado.
  6. Você pode falar que tem dinheiro.
  • Desvantagens
  1. Você não pode tirar onda falando que é de pública ou federal.
  2. Você vai demorar pra sair da faculdade.
  3. Você gasta dinheiro.
  4. Você gasta mais dinheiro.
  5. Você perde dinheiro.
  6. Você não vira ninguém na vida

Vantagens & Desvantagens da Pública[editar]

Último movimento estudantil.
  • Vantagens
  1. Você vai para o bar.
  2. Você faz sexo.
  3. Você tem um bom curriculum.
  4. Você não gasta dinheiro.
  5. Você entra de férias de surpresa.
  6. Você pode legalizar suas drogas.
  • Desvantagens
  1. Cai goteira em você.
  2. Ser apanhado pela polícia sob comando do Capitão Nascimento.
  3. Você morrer possivelmente sob desabamento do prédio.
  4. Seus professores são mais turistas do que você.
  5. Você se fode quando suas "férias surpresa" aparecem.
  6. Grande parte das pessoas de lá são drogadas, barangas ou pobres.

Áreas[editar]

Humanas: Esse grupo é constituído principalmente de bichos-grilos, barangas, gays viadíssimos, playboys pseudo-cults, meninas frescas, deprimidas ou sapatonas. Outra característica marcante é a necessidade de fumar um baseado a cada 5 horas, pois o cérebro do estudante de Humanas não consegue formular repostas sem estar sob o efeito de cannabis. Quem não fuma tira nota baixa. A maior parte desses estudantes gasta seu tempo fazendo panfletagem política, financiando partidos ou ideias que todo mundo sabe que não vão dar certo ou falando nada sobre nada. Adoram conversar sobre sistemas falidos de 100 anos atrás, sobre a revolução de 1917 etc, pois eles não têm nada para fazer além de dar o cu e sonhar com uma sociedade melhor que nunca vai existir. Quando se formam, viram desempregados, sogras, professores de cursinho ou poetas falidos. Veja abaixo a peculiaridade de cada curso de humanas.

  • Ciências Sociais: A mais inútil de todas, pois tudo o que um sociólogo faz é criticar a sociedade e fazer teses sobre quais são os problemas dela, sendo que não fim não mudam merda nenhuma, podem facilmente ser substituídos por História ou Filosofia. Para uma pessoa entrar em sociologia ela não deve ser boa da cabeça, provavelmente já fumou várias vezes e é homossexual. Se tiver sorte, vira um burocrata corrupto de algum partido, se não tiver, vira desempregado ou professor ralé de oitava série.
  • Letras: Curso cheio de mulherzinhas idiotas, gays e lésbicas. Metade entrou em Letras porque não sabia o que fazer, outra metade entrou porque se acha um gênio da poesia. O curso é tão entediante que seus alunos chegam e voltam dormindo da faculdade, existindo um transporte especial para o estudante de Letras em cada Universidade, o "transporte zumbi". O destino de todo aluno de letras (se fez Inglês ou Português)é dar aula e se achar o futuro do país sendo que são uns medíocres ou se suicidar (caso façam Latim, Russo ou uma merda dessas que ninguém liga)
  • História: De novo mais um curso chatinho que só cria professores e pessoas que falam merda. 1 a cada 1 aluno de História é comunista, chato e barbudo. Mulheres desse curso não depilam e têm bigode. Apesar de grande parte sonhar em fazer Arqueologia ou ser o Indiana Jones, terminam dando aula numa escola pública cheia de carrapatos, ratos e goteiras.
  • Geografia: Os mais idiotas porque estudam num curso que tenta misturar várias matérias como Sociologia, Física e Geologia, mas falha miseravelmente. Nem o próprio Geógrafo sabe o que estuda. Assim como os de História, atraem um grupo enorme de homossexuais e barbudinhos retardados que usam camisa do Che Guevara. As matérias mais importantes da Geografia são Introdução à Cannabis I, II e III e Arte de Falar de Política sem Melhorar Nada I e II.
  • Filosofia: Geralmente o aluno de filosofia é raramente visto na faculdade, pois ele alterna: metade do mês está na reabilitação pelo abuso de drogas, depois volta e tira 10 na prova, depois abusa de substâncias químicas novamente e volta para o hospital, só voltando na época de provas. Uma pessoa que faz filosofia não sabe sobre nada, geralmente passa o resto da vida lendo sobre ideias sem sentido e dando aulas sobre elas em faculdades. A maioria é sustentado por papai.
  • Direito: Picaretas, corruptos, ladrões e burocratas que querem viver ganhando dinheiro do Estado. São mentirosos e mercenários, só pensam em dinheiro e em formar uma família tradicional. Depois de Letras, é o curso mais entediante, geralmente advogados têm essa mania de se vestir de toga preta ou vermelha se achando os tradicionais que respeitam a Lei e a Ordem. Para entrar em Direito, precisa ser uma pessoa meio arrogante, controladora e louca, já que não existe mais mercado para a profissão.
  • Ciências Contábeis: Normalmente ocupado por mulheres feias e caras que não transam (isso se você não for bancário, se você for você transa) você passa anos fazendo o que você poderia fazer em meses. Normalmente ocupado por alunos que não passaram em Direito ou Administração.
  • Economia: Curso formador de mão-de-vacas e picaretas em geral, compreendido, sobretudo por judeus, turcos, libaneses, e suíços. Há também uma nova safra, de coreanos. Alguns se tornam políticos, outros empresários de jogador de futebol, mas grande parte tenta ganhar dinheiro fácil e rápido nas bolsas de valores e acaba perdendo tudo para os grandes bancos internacionais. O fato é que todo economista tem o mesmo destino: Ilhas Cayman, em vida e o inferno, em morte.
  • Administração: Pseudo-yuppies metidos a besta que pensam que podem mandar no mundo só porque usam o terno da moda, pasta 007 e caneta Montblanc. São pessoas que passam 4 anos estudando para perder o emprego para os engenheiros. Na verdade os administradores são pessoas que irão falir sua empresa de um jeito inevitável. Um macaco faria a mesma coisa que ele, só que a preço de banana... "Eu como de garfo, eu como de colher. Eu faço ADM e só não sei comer mulher"
  • Psicologia: Os estudantes de psicologia dizem buscar o seu eu interior, seja lá o que for isso. Mas a verdade é que eles passarão quatro ou cinco anos de suas vidas pensando por que raios eles prestaram esse troço para vestibular. Profissão facilmente substituída por tarólogo, dado o elevado grau de importância destas duas atividades. Na verdade, só existe uma pessoa que tem seus problemas resolvidos numa consulta com um psicólogo. Ele mesmo. Afinal, levou o seu dinheiro (e não foi pouco), seu otário.
  • Biblioteconomia (profissão esposa): Taí um curso que todo mundo sabe que existe, mas ninguém sabe pra que serve. Nem os próprios estudantes de Biblioteconomia. Tá na lista dos cursos caçadores de marido rico.

Comunicação: São os viadinhos coloridos, menininhas pattys retardadas e pessoas que sonham em ganhar um milhão por cada desenho ruim ou aparecer no Jornal Nacional. Se acham descoladinhos, artísticos mas só querem saber de festas, bebidas e luzes coloridas. Os de esquerda viram comunistas frustrados que não fazem nada da vida além de bater papo sobre partidos falidos e os de direita viram viadinhos bitolados que tiram foto com iPhones na baladinha, não gostam de pensar e estudar mas sonham em trabalhar para a Veja. Se você for uma pessoa inteligente, passe longe deles, já que as únicas palavras que um estudante de comunicação conhece é: balada bebida balada bebida balada bebida...

  • Jornalismo: Só tem cuzão estudando jornalismo, pessoas que valorizam demais a própria opinião sendo que ninguém está nem aí para elas. Curso cheio de meninas burras, mauricinhos viados e trouxas, vão morrer de fome já que ninguém mais precisa de um diploma para exercer a profissão, ou seja, qualquer Zé Mané pode publicar artigos. Eles geralmente vêm de famílias ricas, já que precisam de uma pessoa os sustentando por metade da vida (pelo o menos até se casarem).
  • Publicidade e Propaganda: Os mais GAYS de todos, coloridos, chatos, têm o cu cheio de dinheiro. Querem viver peidando na frente de um computador fazendo design para sites ou inventando frases para o novo comercial da Coca-Cola. São burros e não sabem fazer uma equação de primeiro grau, mas gostam de estojos bonitinhos da Hello Kitty, capinhas de celular fofas e cortinas rosas no seus quartos. Quando não estão rabiscando na prova e tirando 10, estão em baladinhas.

Saúde: O grupo mais odiado, principalmente pela ala de Humanas e Comunicação. Você os encontra conversando entre si, com ar de arrogante, geralmente vestidos de branco e se for estudante de Medicina ou Odontologia, nem vai olhar para sua cara (a não ser que você seja um deles). Geralmente só pensam em dinheiro ou sucesso, não têm coração e estão pouco se fudendo para a humanidade. Se você ver um grupo de 4 pessoas de branco afastadas de todo o resto com medo de que os outros respirem seu ar, saiba que são da área de saúde. Depois que passam no vestibular, um Alien entra em suas cabeças e faz com que pensem que são deuses.

  • Medicina: Se acham os deuses-mor e a razão pela qual você está respirando. Andam de cabeça erguida com o jalequinho branco típico, não gostam de perder tempo conversando com os meros mortais. São bitolados, presunçosos, geralmente riquinhos e possuem olheiras, já que não dormem, se matam de estudar e mesmo assim não conseguem notas boas. Mesmo que a mulher desse curso seja bonita, é tão metida que ninguém vai querer comer, se for homem, vai casar com uma mulher que quer o dinheiro dele, levar o golpe do baú, pagar pensão e morrer sozinho.
  • Odontologia: Curso cheio de filhinhos de papai e loiras burras, possuem o traço de arrogância como o pessoal da Medicina, mas o pior é que são retardados e não costumam ser tão sérios. Geralmente estão lá porque papai também é dentista, nem sabem direito porque entraram nessa merda de curso. Pessoas de odontologia têm dificuldade para pensar, e sua área de pesquisa se constitui de coisas como: como o sexo oral afeta a estrutura dentária.
  • Farmácia: Loucos que querem tirar onda de que curam alguém criando remédios perigosos com efeitos colaterais potentes. As pessoas que cursam farmácia são, antes de tudo, indivíduos sem coração, pois trabalham numa indústria que ganha dinheiro com a desgraça dos outros. Alguns vão trabalhar em pesquisa, para isso matam ratos, coelhos, ovelhas, bois, vacas, suas mulheres e ainda têm a cara-de-pau de dizer que isso vai ajudar milhares de pessoas. Além de passarem 2 anos da faculdade procurando grãos de milho nas fezes das pessoas.Enfim, são seres da pior qualidade.
  • Enfermagem: Grupo cheio de mulheres pobres e barangas que sonham em aparecer no Faustão ou de homens com desvios sérios de comportamento, já que é um curso criado para mulheres. Geralmente se vestem mal, são funkeiras, vadias ou descabeladas. Geralmente são frustrados porque nunca vão conseguir o status dos outros acima, a única coisa que seu curso ensina é como dar injeção, limpar bumbum e não errar a dose do remédio.
  • Fisioterapia: Os estudantes de fisioterapia pensam que ficarão cuidando de joelho podres, de jogadores de futebol decadentes, e com isso ganharão muito dinheiro. Com a concorrência do mercado atual, deverão contentar-se em arrancar as unhas encravadas da vizinhança. Na verdade, o fisioterapeuta conta com a velhice das pessoas. Quanto mais velho você fica, mais contente ele ficará.
  • Nutrição: Muitos dos cozinheiros do programa da Ana Maria Braga são nutricionistas formados, o que talvez explique a falência dos bons hábitos alimentares (e também da TV brasileira). Além disso, parece que essa opção desaparece dependendo do sexo que você coloca na sua inscrição. Alguém já viu homem nutricionista (que não seja viado)? Tudo boca de leite!

Exatas: Pessoas masoquistas com vidas traumáticas que escolheram essas cursos porque acham que merecem sofrer mais. Geralmente são feios e nunca se casam, vão fazer 50 anos e continuar morando com mamãe. Nerds e feios(as), a verdade é que nenhum Engenheiro consegue manter mulher nenhuma por perto, uma vez que é um idiota que só sabe lidar com números.

  • Engenharia: Nerds, não conseguem comer mulher nem ninguém, se acham os fodões por acharem que fazem um curso difícil, quando o diploma deveria ser entregue às calculadoras cientificas e ao computador.São punheteiros que vivem reclamando de não terem mulheres no CT, mas nem as poucas que têm conseguem pegar. FODA-SE, humildade passou longe e são uns filhos da puta que vão morrer gordos, divorciados e sozinhos.
  • Arquitetura: Mestre da sapiência. Arquiteto têm um ar superior dentre as outras raças. São eles que projetam os prédios, pontes, estradas, devemos tudo a eles. Enfim, arquitetos adoram papel paraná, projetar e café, e por eles são capazes de matar. Nunca faça comentário do tipo Ei, esse tal de autocad é uma coisa imbecil, não é mesmo? na presença de um arquiteto. O arquiteto é espécie em ascensão já que o curso é quase um harém.
  • Física: Cuidado! Loucos em potencial. Seres esquisitos com desvios de personalidade quando crianças, sujeitos a suicídios e trovoadas após ligeira desilusão amorosa. São engenheiros que desistiram de prestar o vestibular para Engenharia por causa da concorrência e optaram pela física, pelo fato de ser um curso pouco concorrido (claro, ninguém quer ser físico, como que vai ter concorrência). Sentimentais, explodem por qualquer coisa, principalmente se trabalharem com maturação de plutônio em usinas nucleares. Assim como o formado em artes cênicas, o físico tem grandes chances de se tornar um paciente de hospício. Melhor manter distância.
  • Matemática: Se algum dia você pensou em fazer matemática, com certeza também já pensou em colocar um piercing ou em bater com o carro, só pra ver como é que é. Matemática é um curso para masoquistas em geral, que, por serem muito feios(as) e não conseguem realizar suas fantasias sexuais por falta de um parceiro(a). Assim eles vão deliciar resolvendo integrais múltiplas, sistemas de equação diferencias não lineares e outras bizarrices sem nenhuma aplicação no mundo. É muito escolhido por aquelas pessoas que simplesmente querem passar em algum vestibular, já que estatisticamente falando, nesse curso concorrem um braço e uma perna por cada vaga. Isso faz com que dos 70 aprovados, 3 acabam se formando, enquanto o restante já tentou também música e administração de empresas. Enfim, o curso de matemático resume-se a contas. Todo matemático gosta de fazer contas e principalmente tomar conta da vida dos outros.
  • Química: O químico gosta de testar seus experimentos em si mesmo, principalmente se contarem com grandes doses de álcool. Além disso, químicos têm o estranho hábito de se acharem mais espertos que todo mundo. Sempre disposto a dissertar sobre o mal que faz o cigarro e aditivos químicos. Geralmente, os químicos usam seu próprio porão para fazer suas experiências químicas, as quais muitas vezes explodem em sua cara, o deixando com a bata suja e com o cabelo despenteado.
  • Biologia: A biologia tem um poder de atrair belas mulheres para seu curso. Esse fenômeno é inexplicável, já que a matéria só fala de insetos, ratos e outros bichos que elas odeiam. Ou deveriam odiar. Outro fato curioso é o número de loiras matriculadas no curso. A hipótese mais provável para tal fenômeno é que esperam beijar um sapo para ele virar príncipe.
  • Ciência da Computação: É o curso de onde saem os garotos e as garotas de programa. Tarados e pedófilos em potencial, descontam todo o desejo sexual reprimido em seus computadores. A memória de seus PC's está lotada quase que totalmente por fotos de mulheres nuas (às vezes homens) e filmes pornográficos, ou jogos. São profissionais que fazem aqueles sofwtares que acabam dando erro no momento em que não deveriam, fazendo você perder todo o seu trabalho que você demorou mais de 10 horas para fazer. Normalmente, ou melhor, quase todos são nerds viciados em jogos eletrônicos e outras porcarias que tem por ai, acham que vão mexer com o computador em todo curso, quando descobrem que estão errados acabam abondonando o mesmo. Desempregados, vêm perdendo espaço para o pessoal da Engenharia de Computação.
  • Geologia: Os geólogos estudam os mistérios da natureza, muitos dele adoram fazer carreira no campo, como os veados. Outros adoram o contato com a natureza para fumar uma ervinha. Mulheres só entram em geologia se forem feias. Muitas pessoas acham que são loucos pois carregam martelos e sacolas de pedras no campo, geralmente ficam tirando fotografia tanto das pedras como dos martelos.
  • Meteorologia: Serve para dar a previsão do tempo. Visto que as previsões são do tipo: Amanhã, ou pela semana, talvez, pode ser que haja possibilidade de chuva. Ou não. Totalmente inútil. É impressionante como as pessoas dessa carreira são volúveis e fazem tempestades em um copo d'água. Previsão para hoje: Planeta Infra-amarelo; Número 2224; Cor rosa púrpura; Antes de dormir enfie dois dedos no cu e rasgue!
  • Oceanografia: Sonham em virar golfinhos, dançam rebolando com fantasia de marinheiro e querem viver no mundo do procurando Nemo, onde todo mundo é peixinho e vive embaixo da água fugindo de Tubarão. A maioria é fracote e não sabe nem nadar, uma ironia, né?

Artes: O grupo mais inútil, pois estudam coisas desnecessárias que poderiam ser feitas sem faculdade. Sonham em virarem famosos, ganharem prêmios e aparecer na televisão. Babacas que se acham revolucionários demais para a sociedade atual, se acham artistas porque escrevem sobre amor no Blogspot particular deles.

  • Cinema: Acham que vão revolucionar o cinema nacional, aparecer no festival de Cannes e ganhar o Oscar. Ou acham que vão para a Rede Globo fazer papel de mocinho(a) famoso. Claro que os pais são ricos, se não fossem, não deixariam o filho entrar num curso desses. Geralmente quem faz cinema vive estudando coisas idiotas e inúteis como o Cinema Francês de 1960, conhecimento este que não vai trazer nenhum progresso à sociedade.
  • Artes Cênicas: Estúpidos, esquerdistas e acham que possuem opiniões autênticas e que são descolados, quando na verdade só estão imitando o que os outros fazem. Vêm todo o dia para a faculdade dançar, fumar, rebolar, cantar e em suma, não possuem nenhum conhecimento teórico ou científico aplicável.
  • Design: Menininhas frescas e viadinhos que soltam gritos pela faculdade, não há muito o que falar sobre eles, exceto o fato de que estudam coisas inúteis e passam o dia inteiro desenhando. A maioria desenha super mal, desenhos de quarta ou quinta série, mas ainda assim vão desenhar as futuras embalagens que iremos utilizar.
  • Dança: É um curso que se caracteriza pela grande quantidade de gays, maconheiros e mulheres que não tem aptidão para qualquer outra profissão: resumindo, não serve para porra nenhuma esse curso, não tem nem sala de aula, as pessoas desse grupo só ficam fazendo pagode entre outros estilos musicais e andando para lá e para cá (quando não estão fazendo barulho perturbando a aula dos outros), e dizem que é a aula deles. Bom, é um curso que não faria falta alguma.