Farol Aceso da Alexandra

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é relacionado à história.

E vive a American Way of Life

Tempos-modernos01.jpg
Tutankamon.jpg

Este artigo é egípcio! Ele foi escrito num pergaminho sagrado e seu escriba é um sacerdote mumificado.

Não profane este artigo, ou a maldição do Faraó irá cair sobre você!

Reprodução do Farol Aceso da Alexandra

O Farol Aceso da Alexandra tinha tudo para ser uma maravilha se não fosse por um detalhe, com cerca de 24 centímetros. É isso mesmo, Alexandra, a Grandona era um traveco. Vários trouxas caíram no golpe de Alexandra, cujo nome verdadeiro era Rodolfo. Entre eles o rei do Egito, Pintolomeu XI, que mandou construir uma torre em homenagem à Alexandra, com cerca de 100 metros de altura, que ficava no meio do mar. Segundo a lenda, o próprio Pintolomeu teria destruído a obra depois que descobriu que sua dama andava armada com um calibre 22.

Sobre a "musa"[editar]

Rodolfo Caio Bruto era uma boneca grega que foi capturada pelos bárbaros e vendida para os egípcios na Dinastia Pintolomaica. Depois que Alexandre, o Grande invadiu o Egito e transformou este país em um bordéu, escravos sexuais eram comercializados normalmente, assim como as drogas hoje em dia. Os escravos mais procurados eram os gregos já que eram flexíveis. Rodolfo Bruto, um sujeito com quase 2 metros de altura, trincado, resolveu adotar o nome do responsável pela sacanagem no Egito. Surgia então Alexandra a Grandona, que não fez nada importante, mas foi cara de pau o suficiente para enganar até o rei do Egito, Pintolomeu, que mandou construir uma grande torre. Esta foi uma das Sete Desgraças do Mundo Antigo. Alexandra passou a perna em milhares de pessoas. Todos os envolvidos na construção da torre também estiveram envolvidos com Alexandra.

A Construção[editar]

O rei Pintolomeu XI mandou construir a torre no meio do mar, para todos os navios observarem a grande construção. O Farol Aceso de Alexandra, homenagem do rei para sua musa, ficou "aceso" por cerca de 10 anos. A torre, considerada o primeiro farol da história, já que ficava aceso todos os dias, tinha cerca de 100 metros. Quando Pintolomeu e os demais homens da cidade descobriram que Alexandra era crossdresser, todos os responsáveis pela obra destruíram ela em um acesso de raiva. Os homens só foram descobrir que Alexandra era um traveco quando seu silicone começou a murchar. Tudo o que lembrava o farol foi destruído e Alexandra foi deportada do Egito. Ninguém queria se lembrar do incidente.

Ver também[editar]

As 7 Ruínas do Mundo Antigo
Poder piramide.jpg
Pirâmides de Gizé
____ Hanging Gardens of Babylon.jpg
Jardins Suspensos da Babilônia
____ Deus-do-rock.jpg
Estátua de Zeus em Olímpia
____ Templo artemis.jpg
Templo de Ártemis em Éfeso
____ Myst.jpg
Mausoléu de Halicarnasso
____ Colosso Scrat.jpg
Colosso de Rodes
____ FaroldeAlexandria.jpg
Farol de Alexandria
As 7 Ruínas do Mundo Descíclope
Cubo-1.jpg
Cubos de José
____ Marijuana news01.jpg
Jardins Subterrâneos da Jamaica
____ Odin throne.jpg
Estátua de Odin em Oslo
____ Obamis.jpg
Templo de Cacildis em Ipanemis
____ Heirloom-cradle-kit-LG-748b110.jpg
Berçário de Pablo Picasso
____ Cachorro de Rodes.jpg
TV Colosso de Rodes
____ Farol.jpg
Farol Aceso da Alexandra
As 7 Ruínas do Mundo Moderno
BuddyChristTheRedeemer.jpg
Cristo Redentor
____ Wall.jpg
Grande Muralha da China
____ Petra02.jpg
Petra
____ Coliseu.jpg
Coliseu de Roma
____ Machupicchu2.jpg
Machu Picchu
____ Pic1.jpg
Chichén Itzá
____ Taj-mahal.jpg
Taj Mahal