Fazenda Rio Grande

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Fazenda Rio Grande é uma cidade e, como você pode perceber, deveria mas, até hoje não tem o que se pode chamar de nome mas, digamos ao menos, para que possua alguma vantagem, que não é daqueles nomes repetidos, tipo, tipo... fazenda ou rio.

Mais o que...

O céu cinza não é culpa da fábrica de chá... é que a proximidade com Curitiba faz esses efeitos.

Fazenda Rio Grande, antes de um posseiro de latifúndio querer que a região tivesse outro nome, se chamava, Capocu... tá, alguém poderia associar a um palavrão mas, ainda assim era uma designação mais específica do que Fazenda Rio Grande, ora, pois tantos lugares são fazendas e tem rios, já Capocu tem um significado bonito e até mesmo chique, pois veja, consultando o Tupi-guarani: Capo: mato, logo, Capocu:Mato no cu. Mas, cu também significa falante, logo também pode ser cu falante... bom, melhor deixar o nome primal pra lá.

Lá se foi a economia com cavalos puro sangue...

Fazenda Rio Grande costumava fornecer cavalos de raça para o país todo, mas essa economia faliu depois que passaram a andar de buzão, largando a cavalgada... daí você diz: Mas cavalo de raça eram apenas abastados que poderia adquirire onibus é coisa de pobre e, dependendo das circunstâncias, bem pobre. Mas, acha que um negócio se sustenta sem fornecer coisas pra massa que é a pobraiada também conhecida como eu e você e, também, quem podia cavalgar esses garanhões (ui) deve ter trocados por carros importados, simples assim, mas isso fez que o município tivesse que recorrer a outras alternativas para não falir.

O escudo também sofreu com um incêndio.

Bom, quem também usava os cavalos era o exército brasileiro então, essa parte foi resolvida passando a fornecer canhões mas, como nem sempre a safra de canhões era boa, visto que por alí tem muitas mulheres gostosas, isso também deu certo apenas por um tempo. Não tendo mais jeito de sairem dalí mais endinheirados, os propritários, inclusive o maior deles, começaram a vender lotes para uma urbanização chinfrim, se tornando então um município mais pobre do que deveria ser mas, digamos que não é dos piores, comparado com a maioria dos bairros da cidade que você mora. Atualmente a maior economia e geração de empregos da cidade é a fabricação de chá, inclusive aqueles que deixam bem relaxado ou fazem ver coisas por outra perspectiva.

Circunvizinhanças

A divisa com Mandirituba nunca criou maiores problemas, nem com São José dos Pinhais... o maior problema foi a fronteira com a antiga povoação de Trolonga. Que deu muitos problemas entre seus habitantes e os fazendenses, pois os trolongueses queria invadir o município alegando que a área era maior do que quando a cidade existia mas, por algum motivo, logo que um tipo de chá experimental passou a não ser mais testado pelos habitantes do município, os vizinhos trolongueses nunca mais encheram o saco, por sinal nunca mais foram vistos, nem se sabe porque.

"Gor-gor-du-duuuraa" Ruth Lemos disse que este esboço não tem um valor nu-no-nu-nu-tri-tri-triv, a-adequado!.
díiiiiicas para melhorar este artigo!