Magia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Feitiço)
Ir para: navegação, pesquisa
Quevedo25on.gif Este artigo se trata de coisas que nón eczisten!!

Este artigo se trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.

Harrypotterputa.jpg Hocus Pocus!

Este artigo se trata de charlatanismo magia, encantos e todo tipo de macumba. Ele serra pessoas ao meio, tira coelho de cartola, faz vodu e adora uma varinha mágica. Se vandalizar, Malévola fará você desaparecer.

Night creature.JPG Magia surgiu das trevas!!

E está aqui pra puxar seu pé!

Puro osso.gif
Discionario em png.PNG
O Descionário possui um verbete sobre Magia
O livro de magia com capa de pele humana
Típico maluco usuário de magia

Magia é a arte de usar algum poder sobrenatural, elemental, natural ou energético para produzir algum ataque usado em jogos de luta, RPG ou jogos de horror. Apesar de abstrata, a magia pode ser colorida também (Magia negra, magia branca). Macumba também é magia. Mágica de baralho não é magia.

História[editar]

Os druidas, magos celtas, os primeiros maconheiros da história

Desde que o homem era corcunda, peludo e irracional, a magia era praticada. Estes homens das cavernas usavam a magia da fogueira para assar a carne abatida dos mamutes. Nesta época já existiam bruxos que faziam poções milagrosas misturando mato, pedras e água quente. Foi usando mato e água quente que descobriram os efeitos do chá. A arte oculta também foi estudada pelos babilônios, que inventaram a arte do xamanismo. Este conhecimento foi transmitido para várias tribos. Cada povo tinha sua própria magia. Com a evolução causada pelo jogo Spore, as civilizações foram evoluindo juntamente com a magia.

Satã, o personagem mais adorado da magia negra

Os babilônios distribuíram seus conhecimentos de macumba ao redor do mundo. Assim, a magia chegou às mãos dos bárbaros. Os primeiros povos bárbaros que usaram a magia foram os celtas, que na época nem eram bárbaros ainda porque os gregos ainda nem existiam. Cerca de 8000 anos atrás, os celtas usavam a magia da floresta, conhecida como magia da floresta, para criar encantos e chás psicotrópicos. Estes chás de plantas e cogumelos faziam os guerreiros celtas verem criaturas monstruosas. Foi assim que surgiu grande parte da mitologia celta, como os banshees e as fadas. Esse conhecimento da magia do mato alucinógeno ficou conhecido como druidismo. Foram os celtas também que inventaram as palavras mágicas.

Através dos celtas, a magia se espalhou por toda a Europa e Oriente. A China já era comunista naquele tempo e não aceitava importações de magias; eles criaram a própria macumba. A magia da China era composta pelo "Umobugaifeiditao" e pelos chás. O chá da China era uma magia verde que também deixava as pessoas doidonas, igual ao chá celta. A arte da magia chinesa chegou ao Japão e foi transformada na arte de encher o saco dos espíritos. A magia japonesa era quase toda baseada em necromancia e demonologia. Nos rituais, o feiticeiro chamava o espírito da Sadako Yamamura para assombrar as pessoas.

Na Europa, o conhecimento das artes ocultas atingiu a região dos bárbaros cabeludos germânicos. Tudo começou com o chá de cogumelos que os germânicos usavam para falar com Wotan. Esse mesmo chá deixava os bárbaros malucões e furiosos. Estes bárbaros germânicos foram se aprofundando na magia e descobriram a magia dos anões e a magia do RPG. Graças aos germânicos você, nerd, pode jogar seu RPG e usar poderes bem legais. Misturando a magia celta com a magia germânica, surgiu o livro Senhor dos Anéis.

Uso de objetos e símbolos, como pentagramas e chifres de carneiro corno eram muito usados pelas bruxas medievais, e também o precioso que foi penhorado, para comprar chá

Do período helênico (Período da Helena de Tróia e outras coisas) até o fim do período romano, a magia não evoluiu muito. Apenas os persas usavam alguma magia afro-descendente como conjuração de espíritos do mal, gênios da lâmpada e sombras mortais (Do Ahriman). Nesta época, os bárbaros só pensavam em destruir coisas e os não-bárbaros só pensavam em boiolices. A arte da magia ficou um pouco estagnada. Ela só voltaria a ser usada na Idade Média, com toda a força. Nunca na história deste mundo foi usada tanta magia.

Tudo o que você imaginar que tenha relação com magia (E truques) foi usado na Idade Média: poções mágicas, necromancia, charlatanismo, palavras mágicas, coelho na cartola, bruxas velhas e verruguentas, bruxos velhos e encardidos, ritual do copo,assovios, andar de perna de pau, etc. A prática da magia estava muito popular e os maiorais da época tiveram que proibir o uso de magia. E, como tudo que é proibido vira moda, a arte da magia estourou no mundo todo. Até o século XVII, todo mundo fazia alguma magia escondida. Depois a moda acabou. Mas, através dos povos indígenas e africanos, a magia se espalhou pelo continente americano. Galinhas pretas, farofa, cachaça e bonecos de vodu substituíram asas de morcego, olhos de serpente e suco de abacate e dente de piranha nas magias.

Com a miscigenação, as magias também foram se misturando. Hoje já é possível fazer uma poção usando cachaça brasileira a famosa Pichula, asas de morcego espanhol, sangue de sapo australiano, couve de Bruxelas e chá japonês. Na falta de algum desses ingredientes, você poderá substituir por Sakura Card Captors, ou mesmo por Naruto de repolho roxo.

Tipos de magia[editar]

Magia Negra[editar]

A magia negra pode ser usada por mágicos baratos para fazer o bem

Magia negra é a magia que usa elementos do mal, como espíritos de porco,sogras, criaturas do Além, morte e demônios. Esta é a magia do Lado Negro da Força e da Lua. É usada para o mal, na maioria das vezes, porque a pessoa é dominada pela magia. Se a pessoa conseguir controlar a magia escura, ela pode usá-la para o bem, como o Constantine, a Ravena, o Chico Xavier e a Xuxa (Há controvérsias sobre esta última). A magia negra pode ser conseguida através de contatos com seres das trevas ou com a venda de almas usadas para o Diabo.

Exemplos[editar]

  • Falar com espíritos: Se for espírito do mal, esta magia é negra. O necromante pode falar com o espírito e dominar ele com a psicologia reversa. O nacromante pode mandar o espírito atacar alguém.
  • Chamar os diabretes: O necromante pode conjurar pequenos demônios através da magia negra. Esses diabinhos são ingênuos e fáceis de enganar. Qualquer babaca pode controlar os demoniozinhos.
  • Evocar a Menina do Corredor: Essa é mais difícil. O necromante precisa matar 7 assassinos que tenham cometido crimes em corredores de escolas ou hospitais. Depois disso, basta chamar a menina do corredor.
  • Olhar da Penitência: Deixa a pessoa amedrontada com sua face esquelética, caso você seja o Motoqueiro Fantasma.

Magia Branca[editar]

A magia branca é a magia que usa elementos do bem, como almas, criaturas da luz, vida e anjos. É usada para o bem e pode ser conseguida através de orações.

Exemplos[editar]

  • Anjo da Guarda: Proteção do anjo da guarda quando a pessoa estiver em perigo. Se a pessoa estiver no Rio de Janeiro, não há anjo da guarda que dê jeito.
  • Chamar os anjos: O abençoado pode chamar os anjos da guarda para salvar a vida de alguém.Como dito anteriormente... Se a pessoa estiver no Rio, pode esquecer.
Pica pau, o mestre da magia. Tudo o que ele toca se tranforma em explosivos.
  • A voz de Deus: Se o abençoado for experiente, ele pode usar a voz de Deus para convencer alguém a não se matar, ou não matar alguém, ou os dois.
  • Olhar da Benevolência: Transforma gente ruim em gente boa.

Magia Cinza[editar]

Cquote1.png Experimente também: magia de Porto Rico Cquote2.png
Sugestão do Google para Magia

A magia mulata cinza é uma mistura da magia branca com a magia negra. Quando a pessoa consegue agradar gregos e troianos, ou anjos e demônios, ela consegue ter o domínio da magia cinza. Ela não pode ser usada para o bem porque os demônios não iriam gostar e nem para o mal porque os anjos não iriam gostar, ou seja, não serve pra nada mesmo.

Exemplos[editar]

  • Demônio da Guarda: Um demônio que salva pessoas.
  • Anjos vingadores: Chamar anjos que são malvados.
  • Olhar neutro: Uma espécie de olhar 43, que não tem nenhum efeito.

Magia Verde[editar]

Magia verde é o uso da natureza para criar feitiços. É a magia usada por druidas, maconheiros, xamãs, pajés e curandeiros. É também usada pela homeopatia e a medicina alternativa de A a Z. É a magia dos hippies e dos ecochatos.

Exemplos[editar]

O uso da magia verde para falar com duendes
  • Chá de Santo Daime: Uma mistura de ervas que faz as pessoas vomitarem até a alma para a purificação interna.
  • Cachimbo da paz: Usado pelos índios para conversas com os espíritos dos índios guerreiros.
  • Herbalife: Não se sabe ao certo, mas dizem que este produto é milagroso.
  • Chá de cogumelo: Usado pelos berserkers para libertar o demônio interior.
  • Produtos Jequiti: Tentativa de Silvio Santos de entrar no mundo do comércio de produtos milagreiros.

Magia sem importância[editar]

  • Magia Vermelha: A magia do amor. Vermelho é a cor do coração. Depois que inventaram o viagra, essa magia caiu em desuso.
  • Magia Amarela: A magia do dinheiro. Amarelo é a cor do ouro. É mais fácil roubar ou ganhar dinheiro com sistemas de pirâmides do que ganhar dinheiro através da magia amarela.
  • Magia Azul: Magia da água (?). é tão importante quanto o estado do Acre.
  • Magia Marrom: Marrom é a mistura de vermelho com verde, portanto, magia marrom é a magia do amor através das plantas. Tão importante quanto a magia azul.

Ver também[editar]

v d e h
Série de Mágicos e Mágicas
Magic hat and wand nath r.svg Mágicos

Criss AngelDavid BlaineDavid CopperfieldFada MadrinhaHarry HoudiniHans KlokHarry LorayneMister MOriental Magic ShowPadrinhos MágicosPhilip BluePrincesa Tenko

Mágicas, Truques e Acessórios
Assistente de mágicoChapéu de MágicoCortar assistente ao meioKit de MágicaMágicas com baralhoPó mágicoTirar coelho da cartolaVarinha mágica

v d e h
As forças do MAL
Satanista.jpg