Fera Ferida

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A Dona do PedaçoO Sétimo GuardiãoSegundo SolO Outro Lado do ParaísoA Força do QuererA Lei do AmorVelho ChicoA Regra do JogoBabilôniaImpérioEm FamíliaAmor à VidaSalve JorgeAvenida BrasilFina EstampaInsensato CoraçãoPassioneViver a VidaCaminho das ÍndiasA FavoritaDuas CarasParaíso TropicalPáginas da VidaBelíssimaAméricaSenhora do DestinoMulheres ApaixonadasEsperançaO CloneLaços de FamíliaPor AmorA IndomadaO Rei do GadoO Fim do MundoExplode CoraçãoA Próxima VítimaFera FeridaRenascerDe Corpo e AlmaDancin' Days (1978)


A90.jpg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 90's!
Se você NÃO teve infância naquela época, com certeza você está no Facebook ou no Whatsapp neste instante.

ESTE ARTIGO É SOBRE QUÍMICA

Este artigo louva Vogel.

Quimico.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Dona Flor e Seus Dois Maridos? Cquote2.png
Google sobre Fera Ferida
Cquote1.png Você quis dizer: Feliciano Mota da Costa Junior? Cquote2.png
Google sobre Raimundo Flamel.
Cquote1.png Você quis dizer: Eleotério Carbonel? Cquote2.png
Google sobre Raimundo Flamel.
Cquote1.png Eu vim pra destruir Tubiacanga, e todos que vivem nela Cquote2.png
Raimundo Flamel, se vingando ainda no início da novela.
Cquote1.png ANIMAAAAAAAAL! Cquote2.png
Major Bentes sobre seu capanga.
Cquote1.png Animal arisco domesticado esquece o risco. Cquote2.png
Maria Bethânia sobre o capanga do Major Bentes.

Sinopse[editar]

Primeira fase[editar]

O prefeito de Tubiacanga, Feliciano (Tarcísio Meira), era um homem sério e honesto, que acreditava que a cidade escondia preciosas minas de ouro. Ele queria, com isso, melhorar a vida de seu querido povo. Porém, os moradores de Tubiacanga ouviram a imprensa falar mal de um certo político que tinha o mesmo nome e se confundiram, achando que estavam falando de seu ilustre prefeito. O povo se revoltou e Feliciano precisa fugir com a mulher (Lucinha Lins), e o filho, Feliciano Júnior. Ele e a mulher são atingidos por um pistoleiro e morrem. Feliciano Júnior foge para com um único real no bolso e resolve comprar um bilhete de loteria. Ele é premiado e fica riquíssimo.

Segunda fase[editar]

Quinze anos depois, Feliciano Júnior se lembra de que precisa vingar seus pais e resolve voltar à Tubiacanga, usando a identidade secreta de Raimundo Flamel (Edson Celulari). Por sorte, o povo de Tubiacanga é mais burro que o de Metrópolis e ninguém reconhece o sujeito, mesmo ele indo morar na mesma casa de antes e ainda colocando um quadro dele mesmo junto com seus pais na parede da casa. Ao invés de partir logo pra vingança, Flamel passa os primeiros 354 capítulos da novela apenas voando de helicóptero, sempre acompanhado de seu secretario Gusmão. Ao retornar para sua cidade, Feliciano Júnior, aos poucos começa a demonstrar comportamentos de que ele pertencera alguma ordem iniciática como a Rosa Cruz, por exemplo, ou algo parecido. A busca pela a transformação de materiais sem valor em ouro deixa está ideia clara. Porem sua busca por vingança nos apresentam sua perca pelo caminho, carregando o ódio e a dor. No ultimo capítulo Feliciano Júnior procura seu mestre afim de lhe pedir perdão, e recomeçar a vida.

Trilha sonora 1[editar]

  1. Rio de Janeiro (Isto É o Meu Brasil) - João Bosco (tema da novela Celebridade)
  2. Flor de Ir Embora - Fátima Guedes
  3. Mon Amour - Rita Lee
  4. Noites Com Sol - Flávio Venturini (tema da novela Orgulho e Paixão, de 2018)
  5. Al Di Là - Emilio Pericoli (tema do filme O Candelabro Italiano, de 1962, escrito por Federico Fellini)
  6. Corrupião - Edu Lobo
  7. Fera Ferida - Maria Bethânia (abertura)
  8. Sangue Latino - Renata Arruda
  9. Da Cor do Pecado - Fagner (não confundir com a novela de 2004)
  10. Rosa - Marisa Monte (tema das novelas Desejo Proibido, de 2007/08, e Espelho da Vida, de 2018/19)
  11. Sensual (Palácio Fácil) - Zé Ramalho
  12. Corpo e Luz (da ópera Tristão e Isolda) - Ithamara Koorax
  13. Pálida - Vânia Bastos
  14. Um Dia, Uma Música - Léo Gandelman

Trilha sonora 2[editar]

  1. Eu Só Penso em Você (Always on my Mind) - Zezé di Camargo & Luciano, com participação de Willie Nelson
  2. Pessoa - Marina Lima (tema da novela A Lei do Horror, de 2016/17)
  3. Cobra de Chifre - Amelinha
  4. Pot-pourri Vinícius de Moraes: Ao Poeta/Deixa/Primavera/Marcha da Quarta-feira de Cinzas - Leila Pinheiro
  5. Irmandade - Maria Ceiça
  6. Velho Chorinho Novo - Aécio Flávio
  7. Outra Noite - Chico Buarque
  8. Você é Linda - Caetano Veloso (tema das novelas Eu Prometo, enorme sucesso de 1983, Belíssima, de 2005/06 e Além do Tempo, de 2015/16)
  9. Minueto - Celso Adolfo (adaptação de Johann Sebastian Bach)
  10. Garotos II (O Outro Lado) - Leoni
  11. Ao わたなべ - César Machado
  12. Na Cadência do Samba (Que Bonito É) - Waldir Calmon

Trilha sonora internacional[editar]

  1. A Whole New World - Peabo Bryson & Regina Belle (tema do filme Aladdin)
  2. Beautiful Girl - INXS
  3. Can't Help Falling in Love - UB40
  4. Just Another Day - Jon Secada
  5. Masterpiece - Atlantic Starr
  6. One Night in Heaven - M People
  7. Save Your Love - Bad Boys Blues
  8. Saving Forever For You - Shanice
  9. Smells Like Teen Spirit - Nirvana
  10. Solitary Man - Chris Isaak
  11. Whoomp! (There it Is) - Tag Team
  12. Un' Altra Te - Eros Ramazzotti
  13. When She Cries - Restless
  14. Yesterdays - Guns'n'Roses

Abertura[editar]

Compositores: Roberto e Erasmo
Acabei com tudo
Escapei com vida
Tive as roupas e os sonhos
Rasgados na minha saída
Mas saí ferido
Sufocando meu gemido
Fui o alvo perfeito
Muitas vezes no peito atingido

Animal arisco
Domesticado esquece o risco
Me deixei enganar
E até me levar por você
Eu sei quanta tristeza eu tive
Mas mesmo assim se vive
Morrendo aos poucos por amor
Eu sei, o coração perdoa
Mas não esquece à toa
E eu não me esqueci

Eu andei demais
Não olhei prá trás
Era solto em meus passos
Bicho livre sem rumo, sem laços
Me senti sozinho
Tropeçando em meu caminho
À procura de abrigo
Uma ajuda, um lugar, um amigo

Animal ferido
Por instinto decidido
Os meus rastros desfiz
Tentativa infeliz de esquecer
Eu sei que flores existiram
Mas não resistiram
A vendavais constantes
Eu sei que as cicatrizes falam
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci

Não vou mudar
Esse caso não tem solução
Sou fera ferida
No corpo, na alma
E no coração…

Curiosidades[editar]

Broom icon.svg
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que esta seção pode ser aproveitada integrando-se piadas decentes às seções mais adequadas.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!
  • O coveiro e o lixeiro de Tubiacanga estão sempre impecavelmente limpos, mostrando que ninguém trabalha naquela cidade.
  • O ator que interpreta Animal, o capanga do Major Bentes, foi apelidado pela imprensa de Rodrigo Santoro, pois não possuía falas.