Feroz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Cachorro? Cquote2.png
Alguém sobre feroz.
Cquote1.png Que cachorro o que, eu não sou cachorro, não! Cquote2.png
Criança ofendida e feroz sobre repórter mongo

Feroz... Se acha que não há razão para escrivinhar algo sobre isso e que, só podem ter tirado essa ideia da bunda, está muito enganado, leia toda a importância de feroz.

História feroz[editar]

Cena de extrema verocidade.
Casal feroz.

Feroz nunca soube porque, mas sabia que não era culpado por brigas, caras quebradas ou rasgadas ou raspadas porque jamais havia atacado ninguém. Não entendia porque o substantivo ferocidade poderia ter algo a ver com sua pessoa. Feroz era milenar e nunca havia atacado, apenas via brigas e seu único envolvimento era tentar apartá-las, mesmo assim, usava energia, mas não ferocidade. Longe dele usar energia elétrica e sair dando choque em todo mundo. Não era isso, sua energia era apenas física e mesmo tendo muita, malgrado sua idade de múmia, conservava sua vitalidade, não se sabe talvez a ferocidade estava na capacidade de recuperação.

A pessoa com mais paciência do mundo era feroz, achava a ferocidade coisa de biba descontrolada que quer dar a bunda e não se assumiu ainda... Mas não manifestando essa opina de forma feroz, malgrado a sinceridade. Feroz não queria ser considerado um animal racional, mas não se importava se seu nome ser colocado em cachorros, respeitando a vontade canhestra dos outros humanos. Há coisas que é sempre melhor não discutir. Falando em discussão nem preciso mencionar que o grande feroz primal, evitava isso ao máximo, se entrasse, tentava argumentar sem ofensas raivosinhas...

Cquote1.png Porra! Que cara sem graça esse "feroz primal"! Cquote2.png
Você sobre atitude pacífica do feroz primal.
Ora, camaradinha, tente entender que nem sempre briga tem graça, não tem na maioria das vezes, e nem precisa ser feroz para perceber quando é sem graça: Quanto mais importância se dá a ela mais sem graça a briga é, nem precisa ter puxões de cabelo e tapinhas na maçã do rosto.

Filhotes de Feroz[editar]

Um feroz em plena ação.
Outro adepto da ferocidade.

Feroz não teve filhote nenhum, então porque o nominho da sessão? Não precisa vir com a ferocidade, seja com a bunda ou o que for, mas feroz não ter tido filhotes mostra apenas que usaram suas características indevidamente. Tudo pode ser feroz: Um vira-lata banguela mordendo uma bichana, um leão caçando(mas os leões mal caçam, quem caça são as leoas, pra tu ver a ferocidade), um mongo de personalidade fraca xingando todo mundo pra dar uma de fodão, um piá chutando a canela do pai e cuspindo pra não obedecer... Ou seja: Em geral é sobrevivência e/ou sobrevivência exagerada que é dito como feroz... Mas o feroz original nada tinha haver com essas coisas...

...mas então, por que era feroz, e porque assossiaram essas coisas ao maldito feroz primal? Como ele foi assossiado à coisas assim, pode ser porque o acharam foda em algo e quiseram adaptar ao que admiravam, mesmo que não tivesse muito haver com o dito...

...mas agora vamos a, em que porra Feroz(já pode-se escrivinhar com maiúscula), tinha ferocidade: Ora, camaradinha, não percebeu ainda: Ele era o melhor, o bonzão, o fodão... em evitar brigas :DDDDD Era o number one, o melhor, o primeiro, imbatível em evitar brigas e discussões, e em resolvê-las pacificamente, nunca teve outro assim... Eu mesmo não sei evitar brigas, quando eu percebo tem alguém dizendo calma e me segurando pelos sovaco. Chuto que ele deveria ser ogro, se não entendeu porque clique no link aí pra baixo.

Ver também, com ou sem ferocidade[editar]

  • Ogro, garanto a você que ele não apreciava aquele tipo de briguinha mencionada.




















Tá bom... depois de tanto falar dele, devo apresentar a você o feroz original...


























...tá quase, não desanime.































Embora não fosse como os da maioria de sua espécie, sim, Feroz original era um ogro :)