Festa dos Pires Cavalcante

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Festa dos Pires Cavalcante é uma das mais populares baladas open bar de Acapulco, na qual apenas é permitida a entrada de mocorongos almofadinhas vestidos com roupinha de marinheiro.

História[editar]

Tipo de gente encontrada na Festa dos Pires Cavalcante.

Fundada por um empresário mexicano em meados de 1900 e lá vai rola, a Festa dos Pires Cavalcante iniciou suas atividades recebendo apenas a elite, que buscava uma balada para encher a cara e organizar as putarias.

No passar dos anos, o proprietário foi aos poucos liberando a entrada na casa para as classes mais baixas, podendo frequentar a Festa dos Pires Cavalcante alguns moradores de vilas da periferia, desde que os mesmos tivessem uma renda razoável para pagar a comanda.

Atualmente, a Festa dos Pires Cavalcante é uma mistura de puteiro com boteco, na qual mocorongos almofadinhas vão para perder a virgindade, considerando que, fora da balada, os mesmos jamais conseguiriam.

Estrutura[editar]

Possui 2 banheiros, um masculino e um feminino, nos quais os mocorongos almofadinhas podem gorfar após beber detergente achando que era refresco.

Na pista principal tocam os principais sucessos mexicanos da atualidade, incluindo clássicos como "Que bonita a sua roupa" e "Boa Noite Vizinhança".

No lounge ao ar livre, temos um ambiente mais romântico, destinados aos casais para dançar juntinho os hits como "Quero ver outra vez seus olhinhos de noite serena" entre outros grandes sucessos da época.

No bar é servida uma grande variedade de bebidas batizadas, sendo que o maior sucesso de vendas é o "suco de limão que parece tamarindo e que tem gosto de groselha" batizado com álcool 90 graus.

Por fim, tem um fumódromo, onde os mocorongos almofadinhas podem fumar os cigarros cubanos que o Seu Madruga lhes envia.