Finntroll

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Viking arca de Noé.jpg Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!

Finland-Flag.jpg

SUOMEN SIVU! Estte ärttigö é suomolainen!

Ele joga hökkei, frekkuentta saunas, chuppa salmiakki, usa o mesmo jino dos esttönjanos, louva Heävy Mettal e dettestta huusos! Näo vandaliize, ou te faremos se suycidäär!
Cquote1.png N0oBz nem ExIstE ESsI MOnStRo no Tibia Cquote2.png
Jogador Viciado Em Tibia sobre Finntroll

Cquote1.png É uma versão nova do adoçante Finn!? Ótimo estou precisando Emagrecer! Cquote2.png
Carla Peres sobre Finntroll

Cquote1.png FiNnTr00 é Tr00 hehé eu sou Mal. Cquote2.png
Black Emo Ignorante Poser sobre Finntroll

Cquote1.png Eu MAto Esse Aí, já so Transclasse! Cquote2.png
Jogador de Ragnarok sobre Finntroll

Cquote1.png Tenho Medo... Cquote2.png
Regina Duarte sobre Finntroll


O Começo[editar]

Tudo Começou no canto noroeste da Finlândia, uma parte quase inexplorada do mundo habitada apenas por índios, homens da idade da pedra e alguns vikings suecos perdidos.

Vreth, o vocalista, estava caminhando pela floresta gelada quando, do nada, um Troll o surpreendeu, Vreth tinha experiência em dar urros altos, ele urrou com tanta força que outras cinco pessoas vieram para ajudar: Tundra, Skrymer, Trollhorn, Routa e Beast Dominator.

Eles ficaram amiguinhos, acenderam fogueiras e conversaram sobre seus talentos em desenvolver barulhos rítmicos que mais tarde seriam dados como música, pois o dono da Ultragravadora Chimbinha Infernal Noise Apocalyptor Viking Records ofereceu uma boa proposta de gravação de CD e ainda por cima os ensinou a como ser gente nesse mundo Moderno.

Vocalista Vreth flagrado no momento do Urro

Formação[editar]

Vreth: Berrador do Finntroll, quando urrou chamou seus amigos e formou a banda

Tundra: Baixista, derscobriu seus talentos quando, no caminho da gravadora se agarrou nos postes de luz e começou a dedilhar Riffs de baixo. Antes de se unir a banda morava numa caverna e comia carne de Javali, seu maior passatempo era estuprar a mulher que se aventurava na frente de sua caverna.

Skrymer: Guitarrista, descobriu seu talento quando Chimbinha lhe deu sua guitarra de presente, Skrymer muito animado se empenhou quando viu um vídeo do Amon Amarth e quis copiar. Antes de se unir à banda Skrymer passava os seus dias fazendo pinturas rupestres na parede de sua caverna, fatos indicam que a primeira revista Playboy tenha sido sua criação.

Trollhorn: Tecladista, achou que o teclado eram Chifre de Troll alinhados, por isso ele bate nas teclas constantemente com a esperança de alguma forma sumonar (invocar) este Troll. Membro mais velho da banda, era um dos 155834 filhos de Dercy Gonçalvez.

Routa: Guitarrista, Aprende a tocar Guitarra caagando em cima dela e vendo que saía som. Ninguém sabe o que ele fazia antes de entrar na banda.

Beast Dominator: Batucador (baterista) ele usava Bastões de madeira para bater em pedras e gostava muito desse barulho, ficou fácil de aprender a tocar batera. Como o nome já sugere ele era dominador de Bestas antes de se juntar ao Finntroll.

Banda Num momento de alegria e passatempo.

Discografia[editar]

Ordem do mais antigo ao mais atual:


Riv pra Foder 1997 Demo

Midnattens Widunder (estuprador da meia noite em Hungaro-Bulgaro-Neo-Finlandês) 1999

Jaktens Tid (Juquinha Sith) 2001

Visor om Slutet (O visor Tá uma bosta) 2003

Trollhamaren (O machado do Troll Uii!) 2004

Nattföd (não te fode) 2004

Ur Jordens Djup (Estuprei o DJ Up!) 2007


Particularidades e Características[editar]

Apesar da banda ser da Finlândia (Que novidade!) Vreth canta em sueco porque foi a única Língua que ele conseguiu aprender até hoje

O estilo tem um pouco de Folk Metal para se diferenciar das 1500000 bandas de Viking Metal existentes da Suecia e das 800000000000000000000 Bandas de Black Metal da Noruega



Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!