Five Headed Dragon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dragão europeu.jpg Este artigo é sobre um dragão!

Isso quer dizer que ele pode ter asas e cuspir fogo, ou ser bonzinho, sábio e milenar. Se vandalizar este artigo, um dragão vai cuspir fogo em você.

João Dragão.jpg
Night creature.JPG Five Headed Dragon surgiu das trevas!!

E adora assustar criancinhas!

Puro osso.gif
F.G.D: o maior exemplo que siglas podem provocar pânico e terror nas pessoas (outro bom exemplo é a da CPI nos deputados).

Cquote1.png Você quis dizer: Tiamat (Caverna do Dragão) Cquote2.png
Google sobre Five Headed Dragon
Cquote1.png M-M-MAS... O QUE É ISSO? Cquote2.png
Yugi Mutou sobre o F.G.D ter 5000 de ataque
Cquote1.png Não tem jeito! Vamos unir meu Dragão Supremo de Olhos Azuis com seu Soldado do Lustro Negro! Cquote2.png
Seto Kaiba sobre querer apunhalar o Yugi pelas costas
Cquote1.png Para quê? Só para ele ganhar míseros 500 pontos à mais? Cquote2.png
Yugi sobre sua lógica do duelo
Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Você quando invoca o F.G.D
Cquote1.png AAAAAAA! Cquote2.png
Você quando seu oponente invoca o F.G.D
Cquote1.png Banimos essa carta por isso... Cquote2.png
Nerds que cuidam das regras de Yu-Gi-Oh sobre F.G.D

Five-Headed Dragon ou simplesmente abreviado como F.G.D é uma das cartas do universo do jogo de truco demoníaco chamado Yu-Gi-Oh!. O F.G.D é conhecido por ter criado mais uma carta inútil e difícil de ser invocada. Não me refiro ao próprio F.G.D (ele até é fácil de ser invocado) me refiro a fusão do Soldado do Lustro Negro com o Dragão Supremo do filhinho de papai Seto Kaiba.

Depois dessa "amável" contribuição, foi logo entrando na lista de cartas limitadas ou proibidas pela grande parcela de 500% de chances de seu inimigo perder o duelo quando é invocado.

Produção[editar]

F.G.D saindo para passear.

Criado às escuras, o F.G.D foi obra de um dos desenhistas e designers de cartas encapetados da Konami. Ao que tudo indica, antes de criar o F.G.D, ele teria criado uma outra carta avacalhona, que segundo ele seria o Exodia unido em uma só carta. Porém, a Konami teria aplicado o golpe do baú naquele designer e lançou a carta dele sem aviso prévio e sem créditos. Aí nascia o Exodia Necross, mais uma carta satânica do universo Yu-Gi-Oh.

Depois de ter realizado uma missa negra, teria feito o esboço do dragão e entregado para o capeta. O capeta achou que o designer desenhava muito mal e convocou um dragão de 5 cabeças do inferno para o desenhista poder copiar e aprender direitinho como é um dragão de cinco cabeças (ui!).

Na verdade, o nome nem foi criativo. Apenas serve como exemplo de como não nomear uma carta e de como é possível ver malícia em qualquer nome de carta de Yu-Gi-Oh (ou então você acha que "bastão mágico" não é um nome malicioso?) .

Dados[editar]

F.G.D fazendo aparição na Caverna do Dragão.
  • Força para foder: 5000
  • Defesa para se esconder: 5000
  • Estrelinhas: 24
  • Tipo: Dragão/Fuuuuuuusão
  • Atributo: Monstro das trevas da escuridão negra.

Efeito[editar]

Um monstro de 5000 de ataque não era o suficiente para chamar a atenção. Por isso, o designer de cartas achou que deveria colocar um efeito tão foda para que o F.G.D nunca fosse derrotado em nenhum duelo.

O efeito é tão poderoso que é distorcido várias vezes, algumas vezes desafiando a honestidade dos jogadores.

Nesse caso, a carta seria tão "fodona" que só monstros de atributo Luizinha poderiam destruir ele. E foi motivo o suficiente para os jogadores emputecerem... Quer dizer: o F.G.D geralmente era destruído com armadilhas ou mágicas, sendo que nunca foi destruído em batalha alguma vez.

Ver também[editar]