Brega da Alaíde Futebol Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Brega da Alaíde Futebol Clube


LULA CV.jpg
AVISO IMPORTANTE:

Clubismo aqui não, cazzo!


A Desciclopédia é um site de humor, portanto NINGUÉM se importa com que time você torce, seja o Botafogo-SP, a Ponte Preta, o Paulínia ou a Portuguesa. Seja engraçado e não apenas idiota.
Fluminense de Feira Futebol Clube
Fluminense distintivo.png
Brasão
Hino ...
Nome Oficial Fluminense Vendido na Feira Futebol Clube
Origem Feira de Santana
Apelidos Vaca do Sertão
Torcedores sofredores
Torcidas Ficaram com preguiça de criar uma
Fatos Inúteis
Mascote Jegue
Torcedor Ilustre Daniela Mercury
Estádio Jóia da Princesa
Capacidade 16.274 baianos
Sede Laranjeiras Castanheiras
Presidente ACM
Coisas do Time
Treinador ACM neto
Pior Jogador Nuvola apps core.png Junior Baiano
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Divaldo Franco
Patrocinador Unimed
Time
Material Esportivo Ficaram com preguiça
Liga Campeonato Brasileiro
Divisão Série Y
Títulos 2 campeonatinhos baianos
Ranking Nacional Sento em um (101°)
Uniformes Uniforme Fluminense.gif
Uniforme Fluminense branco.gif



Cquote1.pngVocê quis dizer: FlormerDenCCquote2.png
Google sobre Fluminense de Feira
Cquote1.pngVocê quis dizer: PiadaCquote2.png
Google sobre Fluminense de Feira
Cquote1.png Mas que bosta é essa? Como pode ter um Fluminense na Bahia?! Cquote2.png
Você sobre Fluminense de Feira
Cquote1.png Eles são os touros e nós, os toureiros Cquote2.png
Galícia sobre Fluminense de Feira
Cquote1.png Só qui diferenti dus otro tôro nóis é qui dumina us torero! Cquote2.png
Torcedor do Flu de Feira sobre a resposta acima


Fluminense de Feira Futebol Clube é aquele conhecido Fluminense paraguaio da Bahia que disputa o pseudo-campeonato baiano. Quase nunca ganha nada, porque os jogadores aparentemente tem muita preguiça para tal.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Centro de treinamento do Fluminense.

Time fundado em 1954 por alguns pais-de-santo de Feira de Santana. Ficou famoso por ser o primeiro time do interior baiano a perder para os clubes de Salvador.

O nome do time, constantemente é erroneamente relacionado à sua cidade Feira de Santana, mas o motivo de se chamar Fluminense de Feira é porque o time parece muito aqueles produtos falsificados de feira, e como os baianos estavam com preguiça de criar um nome original que honrasse a sua terra, decidiram copiar do Fluminense do Rio de Janeiro. Talvez aqueles caipiras dificilmente soubessem que fluminense é o gentílico dos nativos do estado do Rio de Janeiro, tanto faz, os que não torcem pro Vitória torcem é pro Flamengo mesmo.

O Fluminense de Feira é o mais tradicional time do interior baiano, detem todos aqueles records idiotas como "Maior Torcida de Time do Interior", "Maior Torcida Analfabeta de Time do Interior", "Maior Torcida Emo de Time do Interior", "Time do Interior que Mais Perdeu pro Vitória", "Time do Interior que mais faz figuração nos campeonatos" e etc.

O Fluminense chegou a disputar o campeonato brasileiro da primeira divisão em 3 oportunidades, quando o campeonato tinha 2 mil times, em 1976, 1977 e 1979, é claro que obviamente teve participações pífias e insignificantes.

Como todo baiano quer mais é ficar comemorando carnaval e criando batuques, o Fluminense é a 347° paixão da cidade de Feira de Santana (perdendo também pro Bahia de Feira).

Foi mais um dentre 500 times a pagar vexame na série D 2009 do campeonato brasileiro, foi eliminado pelo "poderoso" Tupi de Minas Gerais.

[editar] Hino

Flumerdense, fraca vaca de puteiro

Chora toda a torcida tricoflor

O Vitória sim é time de guerreio

Mas o Flu é sempre perdedor!


Tuas derrotas merecidas, desonradas,

Afinal, não tens nenhuma fibra

A tua bandeira

É a mais fudida!


Vai embora, Pra casa, Pra casa, Flumerdense!

É hora, É hora, perdemos mais um gol!


Chorando que nem um viadão

Do Jóia da Princesa vou embora!

[editar] Símbolos

O moderno Estádio Jóia da Princesa.

O escudo e uniforme do clube são uma cópia descarada do Fluminense do Rio de Janeiro, porque os fundadores do time estavam com preguiça de criar algo, e queriam algum símbolo que representasse a derrota, humilhação e falta de competitividade que o Fluminense de Feira é.

O mascote é o touro o jegue (ou jumento), tradicional animal da cidade, é o meio de transporte de quase todos os jogadores do clube para o centro de treinamento.

O estádio cagado caindo aos pedaços dispensa comentários. Com preguiça de reformar, o presidente do Fluminense de Feira prefere poupar o pouquíssimo dinheiro que o clube ganha para comprar cachaça aos jogadores.

[editar] Títulos

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas