Folk metal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Folk Metal)
Ir para: navegação, pesquisa
Viking arca de Noé.jpg Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!

Finland-Flag.jpg

SUOMEN SIVU! Estte ärttigö é suomolainen!

Ele joga hökkei, frekkuentta saunas, chuppa salmiakki, usa o mesmo jino dos esttönjanos, louva Heävy Mettal e dettestta huusos! Näo vandaliize, ou te faremos se suycidäär!
Cquote1.png Pop e comercial. Cquote2.png
Slayer sobre Folk Metal

Cquote1.png Como alguém pode chamar de metal esse bando de maluco dançando? Cquote2.png
Metaleiro tr00 antes de ouvir Folk Metal
Cquote1.png Caralho, como não descobri esse subgênero antes? Cquote2.png
Metaleiro tr00 depois de ouvir Folk Metal, com uma caneca de cerveja na mão
Cquote1.png Antes de começar esse show, quero pedir a benção de Odin e Thor... Cquote2.png
Qualquer músico de Folk Metal antes da primeira música
Cquote1.png Tragam-me cerveja! Cquote2.png
Fã de Folk Metal que não suporta um pingo de álcool na boca

Camarim de uma banda de folk metal.

Folk Metal é um subgênero do metal, influenciado pela música dos menestréis, das ninfas, leprechauns, duendes, fadas e outras criaturas mágicas, além da mitologia celta e nórdica. Caracteriza-se pelo uso de instrumentos não convencionais no heavy metal (ou seja, o que faz aquele tr00 babaca olhar torto), como flautas doces, sanfonas, gaitas de fole, teclados, viola, alaúde, xilofone, hurdy gurdy, berimbau... além de guitarras, baixo e baterias. Os vocais variam de banda para banda. O Ensiferum, por exemplo, usa e abusa da técnica do arroto de mortadela, muito visto no Death Metal, enquanto bandas como Tuatha de Danann preferem a voz limpa. Criou-se mais gêneros para complicar ainda mais a porra toda, como Viking Metal e Pagan Metal, que na verdade não passa do próprio Folk com temáticas diferentes. Ou seja, frescurinha de metaleiro.

Criação do estilo[editar]

Tudo começou quando metaleiros bêbados participantes de uma seita finlandesa que pregava o paganismo decidiram juntar suas crenças às músicas de metal. Acreditavam ser descendentes de druidas e fadas, e eles, ao contrário de você, que paga de metaleiro descolado, também descendiam dos vikings, bruxas e outros nórdicos. Estavam cansados de ver aqueles cabeludos vestidos de preto que se pintavam como pandas e cortavam os pulsos no palco e decidiram inovar, com melodias alegres que faziam qualquer um que ouvisse dançar. Os metaleiros ficaram endiabrados ao saberem disso, pois metal era rebeldia, agressividade, vontade enrustida de dar o cu, revolução, e não bebida e culto aos deuses pagãos. Metal não se dança!!, eles gritavam, mas depois de ouvirem os dois primeiros álbuns do Ensiferum, mal conseguiam se manter em pé de tanto hidromel.

Então, usando seus instrumentos celtas de nomes engraçados e suas inúmeras flautas de nomes mais engraçados ainda, começou a onda do chamado metal dançante pela Globo.

Banda de Folk metal durante concerto.

Características[editar]

Típico fã de Folk metal.
  • Cantam sobre beber cerveja, paganismo, beber cerveja, fadas, duendes, histórias celtas e cerveja;
  • Melodias animadas e dançantes;
  • Os integrantes fazem shows sem camisa;
  • Cantam sobre beber cerveja;
  • Solos de flauta doce, gaita de fole e xilofone;
  • Cantam sobre beber cerveja;
  • O público dança nos shows como se fosse um da Lady Gaga;
  • Cantam sobre Odin, Thor e todos os outros personagens da Marvel (menos Jesus).

Bandas famosas[editar]

Ver também[editar]



Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!