Forquetinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
O centro de Forquetinha.

Forquetinha é a cidade mais nova do Sul. Ela se emancipou após o prefeito do município de Lajeado ter investido em abrigos toda a verba da prefeitura e mandar todos se abrigarem para se protegerem do "Bug do milênio". Digamos que o Bug nunca chegou e, por causa dessa filhaduputisse, Forquetinha surgia um ano depois de pedir emancipação daquele município com um prefeito idiota.

História[editar]

Como já foi dito, a história é pequena como o seu pinto, ela só fala da emancipação de Forquetinha. O "causo" do bug do milênio só foi usado como o motivo principal para forguetinha se separar, antes disso já estavam fazendo campanhas de como o município ficaria melhor andando com as próprias pernas.

Foi um cidadão que apostou nesse sonho, foi o Seu Agenor, o dono da padaria que junto com o Seu Frederico formou a primeira prefeitura anexada à uma pastelaria e a padaria no Rio Grande do Sul e se tornando a cidade mais nova da Região Sul. Apesar de tudo ela é também a que fede e nem cheira pois ninguém sentiu falta nisso.

Situação[editar]

O portal e "ponto turístico" de Forquetinha

Conhecida como a cidade, ou município com maior número de forcas do Brasil. Aqui as pessoas não dão chance para morrer, pois quem decide é o vivente o momento de partir. A situação de Forquetinha é que, como não há estradas asfaltadas ou a BR ligando ao município digamos que ela não é muito famosa. Seu Agenor e Seu Frederico tinham investido fazendo um portal bem bonito para a cidade, acontece que havia um erro: NINGUÉM NUNCA VEIO VISITAR A CIDADE.

Por isso, Forquetinha é uma cidade pequena que tem o festival da Polenta que também não alavancou. O festival foi transferido para outra cidade.

Cidade[editar]

O único atrativo da cidade é porque ela possui ensino médio (quer dizer que tem gente que ainda vive lá?) e que nesse ensino médio não precisa usar uniforme, é basicamente isso. Então isso chamou muito a atenção de alguns municípios vizinhos que hoje acham que aquilo na verdade é só uma escola por não ter mais nada perto. A cidade tem que mostrar que é alemã então tem dois edifícios (um hotel-prefeitura) que significam: "Olha! Somos uma colônia alemã! Olha! Olha!".

Por fim, a prefeitura evita fotos aéreas por não conseguir pagar e também por não qerer mostrar a realidade da cidade.

Pelo menos não tirou fotos de cachoeiras pois nem tem isso lá

Corrida de jeeps[editar]

Quem mora em Forquetinha sabe que isso é a única coisa que presta que fica na cidade. Realmente chama a atenção pois é o único evento que movimenta a "cidade", Além dos enforcamentos semanais.