Fortuna (Maranhão)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fortuna, uma cidade preocupada com o meio-ambiente.

Apesar do nome sugestivo, Fortuna é uma cidadezinha pobre pra cacete, localizada no sertão do Maranhão. A cidade é tão miserável que, atualmente, o habitante mais rico de lá possui apenas três reais, que estão guardados dentro de uma lata de biscoitos.

Fortuna é uma cidade deserta e isolada, que nem mesmo os experientes motoristas de paus-de-arara conseguem encontrar. Por conta disso, todos os coitados que moram em Fortuna estão condenados a viver nesse local pelo resto de suas miseráveis vidas. Bem, mas eles não precisam se preocupar, pois morrerão em muito pouco tempo, mais precisamente quando a próxima seca atacar a cidade.

Tabela de conteúdo

[editar] História

A cédula mais valiosa que os fortunenses já tiveram a oportunidade de conhecer.

Fortuna foi fundada por um mercante de escravos, que estava procurando por um lugarzinho isolado de tudo para construir uma senzala. A região onde hoje se encontra Fortuna foi o local perfeito, pois mesmo que os escravos conseguissem escapar da senzala, eles não conseguiriam escapar da região.

Como precisava ficar tomando conta de todos os escravos, o mercante resolveu construir uma mansão na região. Enquanto os escravos construíam essa bendita mansão, o mercante ficou apenas bebendo suco de cacete deitado em uma rede.

Terminada a construção da mansão, o mercante resolveu botar todos os escravos para trabalhar nas lavouras. Isso até que deu rendimento por algum tempo, porém, com a chegada das secas infernais em Fortuna, todas as plantações secaram. Como obteve um prejuízo putaqueparivelmente grande, o mercante fez o que qualquer um faria: Botou a culpa de tudo em seus escravos, deu para todos eles uma dose de Lico de Cair Pinto e os matou na base da chibatada. Depois disso, o mercante voltou para seu país natal, a Alemanha, e voltou para a sua antiga casa, conhecida como Campo de Concentração de Auschwitz.

Alguns anos mais tarde, alguns fazendeiros que estavam fugindo dos grileiros do Piauí chegaram em Fortuna, que estava abnadonada há anos. Como não tinham para onde ir, eles resolveram fixar moradia em Fortuna mesmo, e começaram um pequeno vilarejo. Como não tinham absolutamente nada para fazer o dia todo, pois eram vagabundos convictos, os fazendeiros resolveram gastar o tempo livre trabalhando na expansão da cidade. Porém, como ainda eram vagabundos, eles desistiram na metade, e voltaram para as suas redes.

Atualmente, Fortuna continua da mesma forma, pois nenhuma alma caridosa se ofereceu para ajudar na expansão da cidade.

[editar] Economia

Dizem que é baseado na agropecuária, porém, nós da Desciclopédia acreditamos que isso é pura balela, pois animais não poderiam sobreviver no meio daquela seca dos infernos.

[editar] Educação

Como não sabem escrever nem o próprio nome, os moradores de Fortuna assinam usando pontinhos, acentos, rabiscos e diversos outros tipos de viadagem.

[editar] Transportes

O melhor (e único) transporte existente em Fortuna é um Chevrolet Opala cor de rosa, que sempre leva os habitantes da cidade até a roça.


v d e h
MARANHÃO
MA
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas