Fotógrafo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Fotógrafo.

Cquote1.png Você quis dizer: Paparazo chato Cquote2.png
Google sobre Fotógrafo
Cquote1.png Ei, mais uma pra capa. Cquote2.png
Fotógrafo sobre mais uma foto da sua mãe
Cquote1.png Isso aí rouba a tua alma! Cquote2.png
Um cultista sobre Fotógrafo

Fotógrafo, ou o chato dos flashes é a designação profissional para alguém que elabora fotografias estáticas ou dinâmicas, não importa no que se tirar.

CLICK!

Sobre ser um fotógrafo[editar]

Um fotógrafo profissional usa a fotografia para ganhar dinheiro, amadores fotógrafos tirar fotografias para o prazer e para gravar um evento, emoção, lugar ou pessoa na putaria, principalmente batendo foto das putarias e posta-las na Internet.

Um fotógrafo profissional pode ser um empregado fudido, por exemplo, de um jornal, ou poderá contratar para cobrir um evento especial, como um casamento ou formatura ou um show de stripers, ou para ilustrar um anúncio ou SPANS. Outros, incluindo paparazzi e fotógrafos de arte, são freelancers, primeiro fazendo uma foto e em seguida, oferecê-lo para venda ou ameaça-lo que vai exibi-lo ao público as suas sujeiras. Alguns trabalhadores, tais como policiais, agentes imobiliários, jornalistas e cientistas, fazer fotografias como parte de outro trabalho. Fotógrafos que produzem movimento, em vez de imagens estáticas são freqüentemente chamados de cinematógrafos, videomakers ou operadores de câmera, dependendo da bagunça que essa pessoa irá fazer.

Ser fotógrafo no Brasil[editar]

A profissão fotógrafo não é regulamentada no Brasil, já que todos batem fotos uns dos outros sem permissão. Mesmo assim, existem esforços legislativos atuais como o projeto de lei fudida para classificar fotógrafos como diplomados por escolas de nível superior em fotografia no Brasil, desde que devidamente reconhecida ou no exterior, desde que os diplomas sejam revalidados no Brasil, na forma da legislação vigente, que saibam onde se tirar fotos e não tira-las, se sabem.

E se o fotografo quiser compartilhar elas pela Internet[editar]

Muitas pessoas upload de suas fotos para sites de redes sociais e Outros sites, a fim de compartilhá-los com um determinado grupo ou com o público em geral. Os interessados ​​em precisão jurídica pode liberá-los explicitamente para o domínio público ou sob uma licença de conteúdo livre, mesmo que elas sejam processadas ou desaparecerem 1 semana depois após revelar algum escandalo no congresso. Compartilhem por sua conta e risco.

Veja também[editar]