Frio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Frio é uma sensação térmica que pode começar em qualquer parte de quem sente. Não é necessariamente a temperatura porque para uma ursona medonha zero graus não é tão frio, mas para uma lagartona rabuda 40 graus é suave. Desata forma não se pode abrir a boca fedorenta já para tagarelar que o frio é uma certa temperatura pois para um pode estar frio, mas para outro não, mesmo eles estando no mesmo ambiente.

Pra quem sente muito[editar]

Conforme a necessidade, nem se pode escolher muito com que se proteger do frio.

Quando se está com frio não basta apenas sair tremendo a carcaça, nada disso, pois não pode-se deixar que o frio aumente muito matando o animal infeliz de hipotermia(se errei depois eu conserto), mesmo que o treme-treme(nome de puta), seja exatamente para se por o corpo em movimento e não deixar que o sangue para de circular, pode ser que não seja o suficiente. Você tem algumas opções, caso esteja, por exemplo na rua, a pé, longe do barraco e desagasalhado(agora não adianta lembrar da vovó pois ela recomendou), nessas condições você tem algumas opções, que seguem abaixo:

Revestimento contra o frio sendo compartilhado.

Caso tenha o gene da ladroagem, espere alguém com cara de mais otário que você(pode ser [[difícil, mas é possível), passar e ataque-o, pegue sua jaqueta e fuja, mas tenha ciência de que se não souber fazer direito, poderá se agasalhar bem abrigado. Se não tiver esse gene, mas tiver o gene da mendicância, terá apenas que preparar uma cara bem de coitado e pedir a quem estiver passando, algo que o agasalhe, mas cuidado com o que pode ganhar caloroso e de quem.

Outras opções, caso não tenha nenhum dos dois talentos descritos acima, seria por-se em movimento le-gal mesmo, sem depender apenas da tremedeira. Para isso não é preciso ter um gene, basta apenas não estar morrendo, a necessidade espantará qualquer má vontade. Bsata escolher os movimentos, dependendo de sua personalidade, pode ir saltitando, mesmo que não seja bailarino, mas se for do tipinho que gosta de glitter, vai adorar sair dando pulinhos. Se não for desse tipo, corra, mas se gosta de le parkour não pense que pode subir em qualquer muro, pois pode ser que o frio aumente mas você nem o sinta mais.

Pra quem não sente nada, mesmo que for grande[editar]

Típico ser que não sente frio devido à banha excessiva estrutura corporal.

Pra quem não sente nada mesmo que o frio for grande, é porque o frio pra esse ser sequer existe, pois conforme explicado, o frio é uma sensação e não a temperatura. Há seres que mesmo abaixo de zero estão apenas rindo desses frouxetas que tremem e batem os dentinhos por qualquer ventinho mais gélido. Eles apenas ficam olhando e caçando peixes(sangue frio é isso, mas nem todos os escamosos são assim), com as próprias patas, ou mesmo mãos, não duvide.

O vento tem tudo haver com a temperatura, mas existe vento quente, ou achava que todo vento fosse fresco? Nada disso, ventos quentes são bem aquilo que provocam tornados e outros redemoinhos invocadonas, pois se eles colidirem com ventos frios provocam esses tufões e ninguém pode acusar alguém de os ter largado no ar, mas em geral eles não fedem, são fortes mas não são prenúncio de bosta vindo. Pensando melhor, como a culpa pode ser do vento quente, se o tufão foi feito em conjunto com o vento frio? Ou os dois têm a culpa ou nenhum tem cu pra fazer o papel de escusado.

Seres que estão pouco se fodendo se o vento é frio ou se é quente, podem mesmo ter as duas fodices: Suporta tanto temperaturas altas quanto baixas, ou seja, não sentem nem frio, nem calor com facilidade. Sim, esse seres são foda, mas a estrutura deles nem sempre é agradável de ser ver. Eles que já nasceram assim e foram agraciados com essa forma pela natureza, estão mesmo dando uma foda pra quem quiser ou não quiser, mas não provocam inveja pela sua estrutura forte, pois a aparência e estrutura chega a assustar algumas pessoas frescas. O fato é que eles curtem o frio e o calor, seja tomando sol na bunda ou nadando em águas gélidas sem nenhuma reclamação e ainda zoam a cara de quem estiver batendo os dentinhos.

Onde Sentir[editar]

Sentir também[editar]