Frog

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
CarlosMagno-coroacao.jpg
Cruz-3.jpg
Este artigo fala sobre coisas medievais!

Espere um pouco!
Tenha respeito ou serás enforcado em praça pública!


Pere.jpg Frog
É uma criatura pegajosa e tem a pele fria, mas é uma gracinha de pessoa e come os chatos e outros insetos chatos.

...por isso deixe a cobracega se acasalar em paz.

Sapo Principe.jpg
Glenn Frog

Frog artwork.jpg

Classe Espadachim
Informações
Origem Reino de Guardia da Idade Média
Época 600 A.D
Idade Xi...
Arma Espada, mais precisamente a Masamune
Elemento Água ou não
Perfil
Família Ah, sei lá!
Sonho Voltar a ser humano ou não
Frase Favorita "Burp"


Cquote1.png Bem vindo ao Clube dos Sapos!! Cquote2.png
Capitão Ginyu sobre Frog
Cquote1.png Ei, eu não sou um massacote mascote, eu sou um poderoso espadachim!! Cquote2.png
Frog sobre ele mesmo
Cquote1.png Se é tão poderoso, porquê foi transformado em sapo e derrotado com 1 hit? Cquote2.png
Qualquer um sobre a citação acima


Frog gif.gif

Glenn, mais conhecido pelo heterônimo de Frog, é um poderoso sapo falante espadachim que faz parte da Idade Média do jogo Chrono Trigger. Apesar de sua aparência repugnante um tanto quanto... Pegajosa, Frog ainda é um humano comum tirando o fato de que ele come moscas no café da manhã. A partir de certo ponto do jogo, Frog se torna um dos protagonistas, sendo que ele tem como objetivos recuperar a sua forma original, restaurar o seu espadão e proteger o Reino de Guardia contra as investidas diabólicas de Magus.

Tabela de conteúdo

[editar] O aprendiz de espadachim

A melhor (e única) imagem de Glenn, quando ele ainda não havia se transformado naquela aberração conhecida como Frog.

Como viveu na Idade Média (correspondente ao ano de 666 600 A.D), Glenn tinha muita vontade de se tornar um espadachim, assim como todos os garotos da época. Como o Reino de Guardia estava precisando de muitos guerreiros, pois estava sofrendo com os ataques de um macumbeiro chamado Magus, o jovem Glenn foi aceito no alistamento, sendo que o responsável pelo seu treinamento seria Sir Cyrus, que era um dos melhores soldados de todo o Reino de Guardia, ninguém sabe o porquê, pois nunca tinha feito nada de importante.

Apesar de Glenn achar que Cyrus iria dar um treinamento extremamente pesado, o que aconteceu foi exatamente o contrário: Cyrus dizia que era mais importante relaxar e ficar fumando cogumelos alucinógenos do que fazer um treinamento de guerreiro propriamente dito. No princípio, Glenn não entendia o porquê disso, afinal, ele achava que, para se tornar forte, era necessário um treinamento pior do que o inferno. Porém, com o tempo, Glenn aprendeu que ele deveria simplesmente relaxar, afinal, se ele estivesse com a cabeça fria, ele poderia analisar melhor as condições de batalha para melhor massacrar os inimigos.

Passados alguns anos, Cyrus, que já era um dos melhores soldados de Guardia, resolveu se alistar como um cavaleiro real, pois dessa forma, ele poderia fazer a guarda pessoal da Rainha Leene além de poder comê-la. Como Glenn tinha um treinamento muito bom, Cyrus convidou Glenn para se tornar um cavaleiro real também, afinal, ele poderia conseguir uma vaguinha facilmente. Porém, Glenn, que estava acostumado com o treinamento alucinógeno de Cyrus, preferiu não se alistar, pois ele queria evitar a fadiga.

Alguns anos mais tarde, Cyrus já era o melhor cavaleiro real de Guardia, e tinha um status invejado por muitos, enquanto que Glenn era apenas um pobre coitado que ninguém conhecia. Como não queria ser um Zé-Ninguém pelo resto da vida, Glenn resolveu procurar Cyrus, para se alistar em seu batalhão e, finalmente, ser alguém na vida. E isso foi fácil, afinal, Cyrus continuava sendo o melhor amigo de Glenn, e estava sentindo muita falta deste.

[editar] Aventuras no batalhão

Para se tornar um cavaleiro real, Glenn teve que jurar fidelidade à Rainha Leene.

Após algumas aventuras, Cyrus e Glenn eram considerados a "Dupla Dinâmica", afinal, eles não perdiam sequer uma batalha. Na verdade, como um cobria a retaguarda do outro, eles sequer tomavam golpes durante as missões. Em uma das missões mais difíceis, que era a de recuperar a "Medalha de latão do Herói", que estava com o "Rei Sapo", eles conseguiram vencer o gigantesco anfíbio com facilidade, sendo que Cyrus conseguiu derrotar o bicho com apenas um golpe, desferido por sua Masamune. Após ter visto a Masamune de Cyrus, Glenn ficou babando, pois ele sempre quis um espadão grande e forte como aquele. Então, Cyrus disse que, algum dia, Glenn teria aquela espada. Após ouvir isso, Glenn ficou mais alegre do que um guri retardado, e, quando eles estavam voltando para Guardia, Glenn fico8u saltitando serelepe pelos bosques floridos.

Quando Cyrus chegou em Guardia (Glenn havia ido para a cidade, para tomar um copinho de leite uma cerveja), Cyrus foi falar com a Rainha Leene, e, percebendo que ela era uma loirinha bem jovem e gostosa, ele começou a ter um certo interesse nela. E Leene também passou a se interessar em ver o espadão de Cyrus, mesmo estando casada com o velho brocha Rei de Guardia.

Essa troca de xavecos entre Leene e Cyrus continuou por muito tempo, até que, em 590 A.D, Magus havia feito uma aparição no Bosque Encantado, e o Rei de Guardia achava que essa a a perfeita oportunidade para se livrar de Cyrus Magus. Como o feiticeiro era muito poderoso, Cyrus resolveu levar Glenn para ajudá-lo, pois ele sabia que, se fosse sozinho, ele tinha 1 chance em 1 milhão de voltar vivo para casa.

[editar] Luta contra Magus

Apesar de ter sido transformado em sapo, Glenn ainda continuou fazendo algum sucesso com as mulheres.

Após ter chamado Glenn, Cyrus começou a fazer o seu testamento, afinal, ele sabia que as chances de peidar pra muzenga eram muito altas. Nesse testamento, ele dizia que a sua espada Masamune iria ficar para Glenn. Apesar de estarem indo para uma missão suicida, Glenn não sabia de nada, e estava indo para a missão como se estivesse indo para um churrasco de domingo.

Quando finalmente chegaram no Bosque Encantado, Glenn e Cyrus já perceberam que a luta contra Magus não iria ser fácil, afinal, além dele conhecer mais de 8000 macumbas, dos mais variados tipos, ele também estava companhado de seu melhor escravo capanga, que se chamava Ozzie. Como Cyrus sabia que, se esperasse muito a situação iria feder ainda mais, ele resolveu atacar de uma vez, com a sua Masamune. Porém, ele não contava com sua astúcia que Magus já tinha uma magia na manga, e, quando Cyrus chegou perto, Magus o mandou para o colo do capeta, sem dó e nem piedade.

Agora, Glenn estava sozinho, e, como ele era mais fraco do que Cyrus, que tinha morrido com 1 golpe, ele não sabia o que fazer. Como Glenn não sabia o que fazer, Magus sabia, e soltou uma magia forte nele. Porém, por conta de uma reação química, a magia não teve o efeito desejado em Glenn, pois ele estava protegido pela "Medalha do Heroi". O resultado foi que Glenn se transformou em um sapo, e, sem forças, caiu em um riachinho de merda, que fedia mais do que o Rio Tietê. Nesse riozinho, Glenn, agora Frog, ficou algum tempo inconsciente, sendo que agora ele estava definitivamente em um mato sem cachorro, pois estava no meio do mato, Cyrus havia morrido e ele sequer tinha uma espada para se defender dos animais ferozes.

[editar] O guerreiro solitário

Apesar de Frog estar transformado, ele não estava morto...
Após ter perdido tudo, inclusive o seu melhor miguxo, Frog entrou em depressão, e apenas se sentia bem quando dava um tapa na pantera.

Estando no meio do mato e sem saber o que fazer, Frog viu que, como estava transformado em sapo, ele não poderia voltar ao Reino de Guardia, afinal, ele seria considerado uma aberração. Então, Frog resolveu ir morar atrás da moita de uma floresta, vivendo sozinho e treinando, para matar Magus quando tivesse a oportunidade. E a oportunidade não estava muito longe, afinal, Magus já havia declarado guerra contra o Reino de Guardia. Ou seja, era uma questão de tempo para Magus aparecer nas proximidades da floresta em que Frog vivia, afinal, o único caminho para Guardia passava ali por perto.

Porém, enquanto acontecia essa guerra, uma coisa nada interessante aconteceu: Tata, um pirralho que achava que era heroi, encontrou a "Medalha do Heroi" no meio do Bosque Encantado. Ou seja, Tata agora era o novo heroi de Guardia, mesmo ele não tendo poder para matar nem uma mosca. Ao saber que Tata havia encontrado a medalha, Frog resolveu realmente agir como um heroi, e foi recuperar a medalha das mãos de Tata, o que não foi muito difícil. Porém, para realmente voltar a ser um heroi, Frog precisava reestabelecer o poder da espada Masamune, afinal, ela era a única que poderia matar Magus.

Depois de receber a ajuda do grupo de Crono (não me pergunte como, pois existem mais de 8000 versões para o acontecimento), Frog finalmente tinha a Masamune em mãos, e estava pronto para desafiar Magus para um duelo. Chegar no castelo de Magus não foi muito difícil, afinal, a Masamune tem o poder de abrir as montanhas, além de derrotar facilmente todos os tipos de inimigos.

[editar] Batalha contra Magus

Frog com a Masamune já restaurada, pensando na melhor maneira de mandar Magus para o quinto dos infernos.

Chegando no castelo de Magus, Frog estava pronto para sair matando todo mundo que ele encontrasse pela frente. Bem, os inimigos comuns eram tão fracos que nem merecem comentários, e Frog os matou com apenas 1 golpe, porém, os capangas mais poderosos de Magus, que eram Flea e Slash, eram razoavelmente poderosos. Bem, mas juntando o poder da Masamune de Frog com os poderes dos outros membros do grupo, esses capangas foram derrotados, e abriram caminho para o chefão final.

Frog quando chegou no convidativo castelo de Drácula Magus. Agora ele finalmente poderia resolver as suas divergências com o feiticeiro.

Depois de percorrer um caminho maior do que a fila do INSS, Frog e os outros finalmente chegaram na sala de Magus, que era onde este estava fazendo uma macumba para tentar derrotar Lavos. Como Frog estava querendo muito a sua vingança, ele não quis nem saber o que Magus estava fazendo, e saiu dando espadada no feiticeiro. Porém, Magus estava bastante poderoso, e não tomou nenhum golpe. Mais do que isso: Quando Magus viu a cara de Glenn transformado em sapo, ele riu da cara de Glenn, e o chamou de bobo, chato, feio e cara-de-mamão. Ao ouvir isso, Frog ficou mais nervoso do que o Hulk, e foi pra porrada.

Todo mundo acabou participando da suruba batalha, porém, antes que alguém saísse vencedor, Lavos, que tinha bastante energia estocada, resolveu enviar todo mundo para dimensões paralelas do Acre. Com isso, todo mundo acabou ficando vivo, porém, enquanto Magus foi mandado para a Idade da Pedra Lascada (que era a sua época de origem, aliás), Frog foi enviado para a pré-história. Mesmo estando em épocas completamente diferentes, Frog e Magus juraram que algum dia iriam terminar a batalha começada ou não.

[editar] Reencontro

Após muuuuito tempo, Magus e Frog finalmente se reencontraram, em um pico que ficava no fim do mundo da Idade da Pedra Lascada. Bem, esta seria a ocasião perfeita para resolver todas as divergências, porém, como tanto Magus quando Frog estavam mais interessados em matar de uma vez Lavos, eles se uniram em um só coração grupo, sendo que agora o único objetivo dos dois era derrotar aquela criatura bizarra destruidora de tempos.

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas