Fudbalski Klub Shkëndija Tetovo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fudbalski Klub Shkëndija Tetovo
Escudo do Shkëndija.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Fudbalski Klub Xurupita Teta e Ovo
Origem Bandeira da Macedônia do Norte Macedônia do Norte - Teta e Ovo
Apelidos Kuq e Zi (Cuzinho)
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote pudim
Torcedor Ilustre
Estádio Arena do Cocô
Capacidade 15.000
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Macedônio
Divisão Прва Лига
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Fudbalski Klub Shkëndija Tetovo é um time de futebol inexpressivo do norte da Macedônia do Norte, mais precisamente da cidade de Xurupita (Shkëndija, em língua macedônia), do bairro de má fama de Teta e Ovo. É só mais um dentre vários times da Albânia que se localizam fora da Albânia, tipo o Tupi, que é um time carioca fora do Rio de Janeiro.

História[editar]

Fundação e banimento[editar]

Equipe fundada em 1979 por albaneses que não sabem onde fica a Albânia, seguindo a tradição albanesa de, tal qual os ciganos, não ter um país próprio e ficarem enchendo o saco dentro de outros países, no caos do Shkëndija, a Iugoslávia. A ideia de criação de um time da Albânia dentro da Iugoslávia se devia ao fato do campeonato albanês ser horrível, parecendo mais interessante jogar cotnra Estrela Vermelha, Partizan e Dinamo Zagreb ao invés dos perebas da Albânia.

Em seu primeiro ano de competições já venceu a quarta divisão da Iugoslávia de 1979-80, muito porque tinha como adversários apenas times da Eslovênia, de Tuvalu, de São Tomé das Letras e outras repúblicas iugoslavas menores onde o futebol ainda não havia chegado. E logo na temporada seguinte, também seria campeão da Terceira Divisão iugoslava de 1980-81, dessa vez superando times um pouco melhores, vindos da Latveriae dos Estados Unidos do Apito Dourado. Mesmo só tendo ganho duas porcarias de torneios praticamente semi-amadores, o governo central iugoslavo, temendo que um time albanês chegasse na primeira divisão - o que seria extremamente humilhante e degradante para o futebol iugoslavo - decidiu extinguir e proibir tal time de existir. Foram bons anos para a cidade de Tetovo não ter um time tão ruim para representá-los, evitando maiores humilhações desnecessárias.

Campeonato macedônio[editar]

Com a dissolução da Iugoslávia, infelizmente o Shkëndija Tetovo pode ser recriado, não porque isso fosse realmente necessário, mas como fariam um novo campeonato macedônio se não houvessem times? Precisavam inventar times novos e restaurar times antigos como o Shkëndija. Recriar tal time foi bem fácil, porque mesmo em 1991 os albaneses ainda não sabiam onde ficava a Albânia (os que sabiam se recusariam ir pro pior país da Europa, que ninguém é bobo).

Aí o Shkëndija recomeçou sua saga, vencendo a quarta divisão, a terceira divisão e a segunda divisão. Mas só por protocolo mesmo, porque se não existe nem primeira divisão direito na Macedônia, certamente não existe tanta divisão inferior assim. Uma vez de volta á primeirona, ainda venceu o campeonato de 2010-11, com 16 vitórias consecutivas. Foi graças a esse título nacional que pela Champions de 2011-12 pode realizar o sonho de jogar contra um time sérvio, pegando logo o Partizan, para quem primeiro perdeu de 1x0 em casa e depois em Belgrado tomou um 4x0, confirmando que foram justos os iugoslavos que desativaram o time tão deplorável desses em 1981.

Era Ecolog[editar]

Com o time quase falindo em 2012 (afinal, como manter ativo um time que nunca ganha?), a empresa Ecolog International comprou o time (ninguém sabe bem o motivo, mas vai entender a excentricidade desses empresários malucos). Sob nova administração continuou a mesma porcaria de sempre, mas pelo menos passou a ter maiores aparições na Liga Europa, inclusive jogou com o Milan uma vez, perdendo de 7x0.

Títulos[editar]