Fuinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fuinha
Fuinha espionando a bomba nuclear.
Fuinha espionando a bomba nuclear.
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Classe: Mamadores
Ordem: Comedores de carne
Família: Mustelídeos
Gênero: Matadores
Espécie: Fuinha
matadores carnivurus

Cquote1.png Isso non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre fuinha
Cquote1.png A fuinHuXas xAuM Meux Mextrex Cquote2.png
Hitler sobre fuinhas
Cquote1.png NÓSS NÃO SOMOS A CAUSA DELE SER EMO, NÃO PODEMOS CONTROLAR O DESVIO DE MASCULINIDADE DELE! Cquote2.png
Fuinhas sobre Hitler

Fuinha é um pequeno animal mustelídeos maligno e dissimulado que odeia destruir coisas sendo um dos animais de alta periculosidade de que se tem notícia.

Sociedade[editar]

Esta é a profundidade em que a grande maioria da fuinhas vivem.

A sociedade das fuinhas não é muito conhecida pelo homem, pois estes animais constroem túneis subterrâneos que chegam a grandes profundidades, onde nem pensaríamos em chegar. Esses animais são amigos do satã e invadem galinheiros toda madrugada para sacrificar galinhas em homenagem ao capiroto. Fuinhas são também amigas dos fascistas, e junto deles planejam dominar o mundo.

Como as Fuinhas controlam humanos[editar]

As fuinhas são amigas do satã.

A influência das fuinhas sob o homo sapiens é imensa, elas são capazes de controlar quando haverá terremotos, tsunamis, quando seu cachorro vai morrer (?), quando nós vamos fazer tal coisa, quando você vai ao banheiro, quando você vai entrar na Desciclopédia, simplesmente tudo e assim determinar o curso da natureza conforme suas vontades.

Como eles conseguem tal proeza, a resposta é simples, as fuinhas se mexem debaixo da terra e essas vibrações chegam assim até o corpo de algum humano, tais sutis vibrações são confundidas com os sinais cerebrais, portanto as fuinhas podem controlar os movimentos e o cérebro de um humano. Com esta mesma técnica, elas geram sons. Não existem fantasmas, isso é o que as fuinhas querem que você pense.

Plano de dominação mundial[editar]

A Segunda Guerra Mundial foi iniciada e perdida propositalmente para forçar a criação da bomba nuclear, que será usada pelas fuinhas em seu plano de dominação. Já que elas vivem no subsolo, a radiação não as afetaria, os humanos que sobrarem seriam seus escravos, assim como todos os outros animais, principalmente as doninhas, suas arquirrivais.

Fuinhas atômicas?[editar]

É especulado que certas fuinhas conseguem quebrar os átomos que estão em sua frente pelo olhar e até por palavras. Peguemos uma prova... Aqueles vídeos de teste de bomba atômica, quem é imbecil o bastante para jogar uma bomba no meio do deserto e gravar? Tudo bem que tem imbecil para tudo, mas a verdade é que são fuinhas instáveis ou com TPM, que são cutucadas e depois a reação é gravada. Segundo cálculos vindo de espiões russos, existem 931 fuinhas ativas no mundo inteiro. 930 estão em estado de hibernação, 1 está em Washington D.C, pronta para ser cutucada.