Fungi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Fungo)
Ir para: navegação, pesquisa
BearGrylls jangada.jpg Este artigo é aprovado por Bear Grylls

E adora comer insetos!

Clique aqui para ver mais aprovações dele.

FUNGOS9.jpg Este artigo é fúngico!!

Ele é feito de filamentos brancos, faz parte dos remédios que você toma, pode virar LSD e consegue comer jiló! Se vandalizar este artigo, ele vai brotar na sua cabeça e soltar fumaça!


Fungi
Um fungo com uma cabecinha e uma parte cilíndrica. Desse ângulo, isso está me parecendo outra coisa...
Um fungo com uma cabecinha e uma parte cilíndrica. Desse ângulo, isso está me parecendo outra coisa...
Classificação científica
Domínio: Cara de idiota
Reino: Fungi

Cquote1.png Eu to sentindo uma coceira... Cquote2.png
Você sobre Fungi
Cquote1.png Não coma o cogumelo, filho Cquote2.png
Mãe sobre Fungi
Cquote1.png Estou passando mal Cquote2.png
Criança sobre cogumelos
Cquote1.png Dá uma olhada na bosta to boi zebú depois da chuva. Quebra o talinho do cogumelo, se ficar azul você toma Cquote2.png
Fritador da Trance sobre Cogumelos
Cquote1.png ÊÊÊ TÁ TUDP CORORIDO PROARARARRARA MÚSICA DA ORAAAAAAAA Cquote2.png
Você Outro Fritador da Trance sobre comentário acima
Cquote1.png Isso fala sobre fungos. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Fungi
Cquote1.png É planta ou animal? Cquote2.png
Alguém sobre Fungi
Cquote1.png Mama Mia! Cquote2.png
Mario sobre Cogumelos
Cquote1.png Zebu morreu, ele se fu*.. Cquote2.png
Ventania sobre cogumelo azul
Cquote1.png É uma grande fonte de nutrientes que podem te ajudar a sobreviver Cquote2.png
Bear Grylls sobre Fungos
Cquote1.png Quando sinto um cheiro ruim, eu fungo. Cquote2.png
Carla Perez sobre Fungos

Fungi é um dos vassalos ou servos do reino dos fungos, formados por eles próprios. É um organismo que se alimenta de merda adubo, porém ele não passa mal comendo isso. Os fungos dizem que tem uma barreira protetora em volta deles que os protegem de tudo, mas com um pouquinho de força você consegue quebrá-lo. No início esses seres perceberam como eram toscos e fracos, portanto se juntaram para parecerem um pouco maiores e melhores, formando os fungos atuais (apesar de continuarem fracos).

O sexo entre os fungos é feito de longe, e os mesmos não sentem prazer, desestimulando a foda entre os mesmos. Outros casos são piores ainda, pois praticam algo parecido com a punheta solitária para fazerem filhos. De tão esquisito ele, os botânicos tiveram preguiça de ver se ele é planta ou animal e criaram a palavra fungo, algo bem mais fácil do que quebrar a cabeça nisso (esses botânicos são bem espertos).

Coisas que ninguém se interessa em saber[editar]

Habitát natural dos fungos.
Olha o quê eles fazem com o seu pé.

Os fungos se espalharam por todo o mundo dentro de porões de navios e nas costas de pessoas que não tomam banho (principalmente nessas últimas). Alguns possuem superpoderes e são invisíveis às pessoas. Como eles são muito fracos, dependem da caridade de plantas e animais para sobreviverem. Por ser um dos poucos seres que comem adubo e não fazem cara de nojo (fungos não tem cara), ele é importante para fazer esse trabalho pesado.

Como não sabem se fungos são plantas ou animais, nem os mesmos conseguem se identificar (pois não tem cérebro)(e nem buceta), chegando ao ponto dos fungos darem frutas e flores, achando que são plantas. Aproveitando a burrice e a ignorância de alguns, ladrões vendem fungos como alimento, e ainda dizem que é um alimento chique. Quem acredita nisso e paga o preço de uma prostituta de luxo para comer umas 10g de fungo com certeza foi reprovado em um teste de QI.

Não é arte moderna ou uma pizza, são fungos. Portanto NÃO COMA!

Fungos são muito usados na fabricação de venenos para matar quem o cliente do produto quiser. Para vencer a concorrência, indústrias farmacêuticas colocam esses venenos em remédios da indústria rival numa tentativa de sabotagem, que se mostra bem-sucedida, fodendo as empresas sabotadas e os consumidores de seus remédios.

Ainda fungos podem infectar plantas com esse veneno e espalhá-lo nas frutas, afetando um monte de gente em pouco tempo, tática usada por terroristas para aterrorizar pondo terror (redundância?) entre as pessoas. Por causa da semelhança dos fungos com o Bob Esponja, eles geralmente são confundidos com esponjas, e usados na limpeza de pratos e talheres. Claro que os talheres ficam mais sujos, portanto não use fungos na cozinha, nem para limpar a bunda ou comer.

Lugares aonde se encontram[editar]

A importância dos fungos resumida numa questão de prova.

Os fungos, pela capacidade de se instalarem entre regiões escondidas do corpo humano, se aproveitam do esforço das pessoas para caminharem e se transportam para qualquer lugar. Eles podem sobreviver nos piores lugares possíveis, apenas se alimentando dos outros animais que morrerem nesse lugar. Pessoas sem nada que preste para fazer ficam ocupando seu tempo contando quantos fungos diferentes encontram.

Infelizmente para eles isso virou uma obsessão, e qualquer cogumelo encontrado vai para uma prancheta. No meio dos cálculos, sempre esses caras perdem a conta e tem que começar a contar tudo de novo. Eles já perderam as contas e tiveram que reiniciar o trabalho umas 10 vezes, mas por incrível que seja eles não querem parar com isso, mesmo com os sinais visíveis desse vício. Eles garantem ter encontrado 300 mil espécies, apesar da mentira/delírio ser óbvia. mjn

Importância[editar]

Os fungos não são importantes, exceto em algumas coisas. Para afugentar possíveis predadores, eles produzem um gás parecido com gás de pimenta, pois arde pra caramba. Esse gás, junto com algo para disfarçar o sabor, é injetado no alimento e usado pra deixar o pão maior, assim parece que há mais pão e o otário compra por um preço mais alto. Esse gás para inchar a comida está em uso em outros alimentos, assim o vendedor consegue lucrar mais sem fazer porra nenhuma.

Esse gás puro é usado na fabricação de pimenta e molhos ardentes. Por ter veneno, o fungo é usado na fabricação de venenos contra FDPs a sua escolha. É só colocar na comida do infeliz e esperar um tempo para o indivíduo ser enviado para o cemitério com apenas uma passagem de ida (deu pra entender).

Como o fungo é venenoso, não da para comê-lo (uau!). Mas o problema é o que azer com o monte de fungos que haviam espalhado por aí. Aproveitando a semelhança entre fungos e plantas, esses são posos em meio a plantações, esperando pássaros, vespas e outros bichos que ferram cultivos. Esses animais, não sabendo diferenciar fungo de planta, comem ele, e em seguida vão pro outro mundo.

Esse provavelmente é o único uso para fungos que realmente preste para alguma coisa util. Infelizmente, nem os próprios fazendeiros conseguem diferenciar seu cultivo dos fungos usados como armadilha, e não raramente o que era para matar pássaros acaba indo para o supermercado, e se não estragar, direto para o estômago de alguma pessoa desatenta. E ela vai direto para um caixão de cemitério. Portanto, os agrotóxicos ainda são os meios mais seguros de proteger sua plantação.

Ecologia[editar]

Fungo comendo um animal morto. A imagem foi censurada apagada para evitar reações por parte de emos pessoas frescas frágeis.

O Fungi, quando cansa de ficar parado fazendo porcaria nenhuma, fica comendo animais mortos e podres. Isso pode ser algo aparentemente inútil, mas e se ele não comesse essa droga? Ela iria apodrecer no chão e exalaria um fedor por um longo tempo, impossibilitando a respiração das pessoas e as matando. Por isso, quando um fungo tiver comendo aquele cachorro apodrecendo, lembre-se que ele está salvando vidas.

Mas o próprio fungo é fraco, e se viver sozinho morre. Para superar as dificuldades, ele se oferece a plantas e animais. Ele come o futuro adubo antes do cheiro matar a planta ou animal, e esse fica o carregando. Algumas vazes, o fungo se torna tão amigo da outra criatura que não desgruda dela, dando uma coceira infernal nesta. Para evitar a coceira, deve-se esfregar as costas ou outra parte do corpo em uma lâmina de faca até o fungo sair junto com a pele.

Reprodução[editar]

Mas para os menos frescos, aqui está a foto. Evite vomitar no teclado.

A reprodução entre os fungos é muito complexo, tanto que nem os mesmos entendem como conseguem gerar filhotes. Esse ser pode optar entre fazer aquilo com uma outra funga ou fazer por si só a criança. Esses métodos não tem prazer, portanto os fungos não fazem quando querem um pouco de diversão, apenas quando precisam de alguém para continuar a vida. Primeiro vem a multiplicação solitária. Quando o fungo é muito tímido ou quando não há ninguém por perto, ele a faz.

Consiste em soltar um jato do líquido frutivo no ar, depois de minutos de tocar uma estimulação. O jato se divide em partes e para em algum lugar da terra. Aí é só esperar o funguinho nascer e acabou. Como o jato pecorre longas distâncias, o fungo pai não é incomodado com o choro da criança, que nasce bem longe, ou tendo que trocar a fralda do pirralho. Esse método é o melhor para evitar ficar de saco cheio com a pirralhada.

No outro tipo de sexo, dois fungos se encontram e qierem fazer um pirralho. Eles vão para um canto escondido, se juntam e esperam um tempo. Nesse período, como não há prazer, ambos dormem até acabar o tempo. Depois, um fungo solta no ar a mesma coisa que é soltada no outro método. Então novamente é só esperar que o futuro fungo nasce. Essa maneira não muda porcaria nenhuma, então é melhor o primeiro método por ser mais fácil.

O filhote para em algum lugar, nasce, cresce, e o resto não interesa. A descoberta disso também não interessa, e foi estudada apenas porque um desconhecido queria fazer um filme pornográfico usando fungos, que nem fazem com animais. Esse homem quebrou a cara por ter perdido seu precioso tempo.