Funilândia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Funilândia é uma cidade com a maior concentração de pessoas que se amarram em um funil.Por isso o nome. Alguns acham que o nome Funilândia é um nome tão misterioso e incerto quanto a vez que deram o nome de Acre para a bunda do país. Mas enfim, a cidade fica em Minas Gerais, tem 3000 pessoas enfurnadas em um buraco do inferno e além disso não tem nenhuma atração turística.

Fundação[editar]

Funilândia e sua estilosa delegacia (o poste dá um formato fálico a estrutura).

Cquote1.png Você quis dizer: Dia da desgraça em Funilândia Cquote2.png
Google sobre Funilândia

A fundação de Funilândia ocorreu em algum dia de 1962. Naquele ano ainda havia vantagens econômicas em fundar uma cidade: você precisava apenas ter um RG, CPF e um vale-refeição em mãos e pagar 2,50 para poder nomear a cidade e definir o local onde ela seria construída. Depois de fundar, poderia dar mais 5 reais para virar município.

Na época era algo bom separar municípios do tamanho de cacos de vidro infinitasilmente pequenos. Alguns dizem que essas cidades eram as que mais arrecadavam impostos. Claro, quando a população é pequena, todo esforço é valorizado.

Uma das cidades que mais teria arrecadado impostos era esta, Funilândia. Funilândia era uma brincadeira idiota de um menino de 8 anos que conseguiu fundar um município roubando o RG e CPF da mãe. A mãe deu uma bronca no garoto e foram até a região onde ficaria Funilândia para explicar a situação.

Cidade[editar]

Quando chegaram, mãe filho descobriram que a cidade havia sido invadida pelo MST. O que fazer agora? Gritar? Chamar a polícia? Na verdade, deram a escritura para um dos mendigos que seria o prefeito de Funilândia.

O nome não poderia ser mudado, pois precisavam de 7 reais para mudar o nome e conseguiram fazer uma vaquinha de 4 reais e 58 centavos, um barbante, uma moeda mordida e um livro de auto-ajuda versão de bolso.

O MST cuidou da região por 18 anos: implantando a ditadura totalitarista e controlando todas as disputas políticas que faziam. Um dia, um dos moradores prometeu construir um piscinão do Ramos versão Funilândia. Aquilo foi tão atrativo que um aglomerado de pobres começaram a se estabelecer na cidade, querendo aproveitar a piscina pública.

Atualidades[editar]

A piscina não foi construída, tal como o saneamento e a eletricidade também.