Funk Carioca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Esse artigo é melhor visualizado se você souber ler.

Nota: Para outros significados, consulte Merda

Nota: Para outros significados, consulte Funk Americano
Nota musical22.gif PROJETO HITS
Este artigo está incluído no Projeto Hits, e recebeu a classificação F pela comissão do projeto. Se quiser contribuir neste projeto, contate a Comissão do Projeto Hits e ajude-nos a crescer com bom humor aos nossos ouvidos, organismos e palatos!!
100px


Essi artigu é faveladu!
Irracionais.jpg
Juvenalantena.jpg

Mas nem pur içu eça pájina tá di involvimentu cum drogas, putaria ou ladruagi!

Justamenti, agora vá prucura trabalhu, neguinhu, purque sinão num podi mura aqui na cumunidadi!


Nada!
Nada!

Please STOP the music!

Este artigo fala sobre cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.
Bandeira rj.jpg "Coé, merhmão, eshte arhtchigo foi erhcrito porh CARIOCA!"

Não vandaliza, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia
pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.


331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim

Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: O F.U.N.K. pode causar forte interfêrencia e sobreposição nas ondas cerebrais.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os fanáticos religiosos entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Funk Carioca.

Cquote1.png Rock é coisa de favelado!! Cquote2.png
funkeiro sobre Hard Rock
Cquote1.pngVocê quis dizer: Poluição SonóraCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: Aperto-você-sabe-aonde(uiii)Cquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: Putaria do caralhoCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: FuckCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: JunkCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: Onde há xoxota infectada a rodoCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: NeuronicidaCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: Primeiro Grau IncompletoCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: pedofiliaCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: PobreCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngVocê quis dizer: Puteiro onde se permite a entrada de menores de 18 anosCquote2.png
Google sobre Funk Carioca
Cquote1.pngExperimente também: Música dos mulambos Cquote2.png
Sugestão do Google para Funk Carioca
Cquote1.pngExperimente também: Música dos candangos Cquote2.png
Sugestão do Google para Funk Carioca
Cquote1.pngExperimente também: Sodoma e Gomorra Cquote2.png
Sugestão do Google para Funk Carioca
Cquote1.png Você não quis dizer isso. Cquote2.png
Google sobre Funk
Cquote1.png Os animas que gostam desses ruídos devem ser mortos, e os guerreiros devem tomar cuidado para não espirrar uma gota de sangue inferior em seus corpos, nem mesmo em suas roupas, e nem os urubus merecem comer A carne fétida. Cquote2.png
Gêngis Khan sobre Funk

Cachorra ralando com um muleque piranha num proibidão

Cquote1.png É você que financia essa merda? Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Funk
Cquote1.png Mato funkeiros à picaretadas! Cquote2.png
Harry Warden sobre Funk
Cquote1.png É só sequência de pirocada Cquote2.png
exemplo de uma música que só um funkeiro saberia criar
Cquote1.png Isso é a maior putaria! PUTARIA!! PUTARIA!!! PUTARIAAA!!!!! Cquote2.png
Alborghetti
Cquote1.png É pra jogar a massa corrida, quem não aguenta é porque tem a borracha fraca! Cquote2.png
Wagner Montes
Cquote1.png Isso é o fim do mundo,me ajuda aí oww! Cquote2.png
Datena sobre o trafico de drogas e a sem vergonhice que acontece nos bailes funk
Cquote1.png Causa hemorróidas nos ouvidos Cquote2.png
Capitão Óbvio
Cquote1.png Valêu, múito ubigadu, maiis a-a-agóóra eu virei puta! Puta, pu-ta, PUUUTAAAA!, p-p-p-p-p-uuu-tt-t-taa! PUUTA! Pp-p-puu-tta... Cquote2.png
A inteligente letra de uma música funk
Cquote1.png Funk é um som pesaaaaado Cquote2.png
Pedro Bial sobre funk
Cquote1.png Boca suja!!! Sem vergonhammm!! Sem-ver-go-nhammm!!! Cquote2.png
Silvio Santos sobre funkeiras e suas letras de puta
Cquote1.png Que decepeçããão... Cquote2.png
Super Kinder sobre o funk brasileiro
Cquote1.png Boa noite!! Tirem as crianças da sala! Cquote2.png
Paulo Bonfá se despedindo antes de começar um documentário sobre o Funk na MTV
Cquote1.png Um beijo no cérebro! Cquote2.png
Marco Bianchi se despedindo antes que o show de funk comece na MTV
Cquote1.png Aí mermão, essas parada só são pornográfica porque funk é uma tradução de fuck tá ligado??? Cquote2.png
Tati Quebra Barraco sobre Funk
Cquote1.png Apenas uma palavra para definir a cultura carioca: CRÉU Cquote2.png
Machado de Assis sobre Cultura carioca
Cquote1.png Se eu pegar filho meu num baile Funk, rebolando daquele jeito, eu só espero que ele esteja com o caixão do lado. Ele vai precisar depois da minha sessão de Roundhouse Kick. Cquote2.png
Chuck Norris (e qualquer pai de família honesto) sobre O filho ou a filha que gosta de Funk
Cquote1.png Dança da bundinha, um escarro cultural. Cquote2.png
Oscar Wilde sobre O Funk
Cquote1.png Pois é. Viva a morte do meu cérebro. Cquote2.png
Rogério Skylab sobre O Funk
Cquote1.png Aí mermão, viva a morte do meu pau. O negócio é Jeimi Brau. Morô? Cquote2.png
Gil Brother compondo o seu Funk
Cquote1.png Party people... Party people... Cquote2.png
Afrika Bambaataa, se metendo numa roubada
Cquote1.png Eu não vi quando isso aconteceu! Cquote2.png
Stevie Wonder sobre a subversão do gênero que representava nos anos 70
Cquote1.png Chão, chão, chão, chão chão chão, chão, chão, chão chão chão... Cquote2.png
MC Serginho cantando uma de suas incríveis composições
Cquote1.png Já te contei que fui eleita rainha do baile funk em 2400 a.C? Cquote2.png
Hebe Camargo sobre Funk
Cquote1.png Pa para pa pa pa para clackti bum! Cquote2.png
Rap sobre Funk
Cquote1.png Na União Soviética, o Funk irrita VOCÊ!!!(tem coisas que nunca mudam) Cquote2.png
Reversal Russa sobre Funk
Cquote1.png Pa pa pa pa pa pa pa pa pa paaaa... pa pa pa pa pa pa pa pa para... I don't wanna lose your love, toni-ight!!! Cquote2.png
The Outfield
Cquote1.png Sou burra e ganho pra isso! Cquote2.png
Mulher Melancia sobre Funk
Cquote1.png Funky, funky, funky, funky, funky, funky, funky, funky... Cquote2.png
Worms se arrastando pela ilha
Cquote1.png Você é um... Cocô. Cquote2.png
Marion 'Cobra' Cobretti sobre Funkeiro
Cquote1.png Crééééééuuuuuu... Crééééééuuuuu... Créu, Créu, Créu, CCCCC... Cquote2.png
Um texto de uma prova de português aplicada no curso de Letras da FODERJ
Cquote1.png O Funk é o nosso Rock: barulhento, berrado, antisistema e despretensioso. Cquote2.png
Algum Junkie funkeiro que fumou um baseado do tamanho de um trem filosofando, ou seja, muito chapado.
Cquote1.png Pra que cérebro se tem bunda, não é mermo? Cquote2.png
Uma funkeira pistoleira sobre Funk
Cquote1.png Você não perde por espiar. Cquote2.png
Pedro Bial sobre a (bunda da) Melancia, uma das dançarinas do MC Créu
Cquote1.png Mulher funkeira? Isso ai é objeto sexual!! Cquote2.png
Eu sobre Funk
Cquote1.png As funkeiras balança a bunda e a gente que se fode. Cquote2.png
Jogador de CS sobre a proibição do jogo por culpa do Funk proibidão
Cquote1.png Na União Soviética, O funk acha que o que é cultura inútil e atrai popozudas é VOCÊ! Cquote2.png
Uma das maiores Reversais Russas do mundo sobre funk
Cquote1.png U CÃO foi quem butô pa nóis ouvi! Cquote2.png
Jeremias sobre funk
Cquote1.png Sexo? Rola altos bate-saco frenético lá!! Tá ligado? Cquote2.png
Jonathas Penido sobre Funk
Cquote1.png I Wanna fuck the funk in the ass Cquote2.png
Tom Delonge sobre funk
Cquote1.png Eu quero acabar com esses "funkeiros" Cquote2.png
Anarco-punk sobre funk
Cquote1.png Eu ia lhe chamar enquanto corria a barca... Cquote2.png
Morais Moreira sobre Funk
Cquote1.png Um tapinha não dóói, um tapinha não dóói! Cquote2.png
Masoquista sobre Funk
Cquote1.png Vai, vai, vai, vai! Tchana na na na, tchana na na na! Cquote2.png
Mike de Mosuqeiro sobre Funk
Cquote1.png Isso é uma praga e tem que ser exterminada!! Cquote2.png
Chuck Norris sobre Funk
Cquote1.png Voçê traiu o movimento punk vey! Cquote2.png
Dado Dollabela sobre Funk

Cquote1.png afz vc sóh fala iso pke vc n pega ningueim Cquote2.png
Funkeiro sobre Este Artigo

Cquote1.png EeeLlEeXxX MmAaCcChUcCaAm MuUiIitTtoO Cquote2.png
Emo sobre Funk

O FUNK CARIOCA (sigla do patido Fudidos Unidos Numa Kagada (com K porque funkeiro que se preza não tem noção nenhuma de ortografia), é um estilo músical?? ruído que passa longe até do coaxar dos sapos. É uma espécie de batida desconexa e repetitiva acompanhada por alguém desafinando ou grunhindo uma letra óbvia e burra que até os chimpanzés achariam ruim. O Funk é a perfeita fusão da estupidez, putas pagas, falta de talento e falta do que fazer. Funk também deriva do inglês Fuck ou Fucking já que é só e praticamente isso o que tem nas letras das "músicas"

Tabela de conteúdo

Definição

Típico DJ de Funk e seu arsenal moderno
Piano de um funkeiro.

O Funk é um uma cacofonia misturada à letras pornográficas estilo musical peculiar(ou não!). É proveniente da década de 70 e veio da banda Shit, uma banda famosa nos esgotos da Etiópia. Os vocalista Adriano Turbo, MAIS CONHECIDO COMO BOB ESPONJA e helton gaye, MAIS CONHECIDO COMO VERA VERÃO, depois de comerem um cervo com molho de vaca estragado e fumarem uns dois tocos de maconha misturadas, tomar 1L de cachaça e ingerir torresmos como petiscos, foram para no banheiro e perceberam que entre seus peidos saia um som muito estranho e diferente e foi então que Helton gaye resolveu gravar aquele som que saia de seu parceiro Adriano turbo em seu celular motorola v3 black de 1mb de memoria com capacidade de armasenamento de até 1 música. E de repente todo o subúrbio da etiópia estava ouvindo aquele sonzinho filha da puta de merda (literalmente).O funk se trata de uma putaria arte, praticada por quase todos os maconheiros cidadãos.

O Funk é também a droga mais vendida no Brasil, que mais mata tímpanos e que causa o maior número de suicídio de neurônios do mundo e graves desvios de sexualidade.

Funk é a barreira entre as classes sociais: pobreza (funk = barreira) classe média burrice + drogas + analfabetismo + traficos = funkeiro

A verdadeira História do Funk

O músico James Brown (que a paz esteja com ele), amante perdido de Carlinhos Brown (que a curtição esteja com ele) o renomado satanista, tribalista, viado e criador do Axé Pogressivo, jogou uma fita demo com algumas músicas suas que ele mesmo achava muito ruins fora. Então cinco moleques famintos que passavam perto dali acharam a merda da fita ouviram e pensaram se um cara desses consegue ser músico a gente também consegue. Imitaram os passos e o cacarejar das galinhas e nasciam assim os Jackson Five.

Mais tarde os cinco se separaram e Michael Jackson que precisava fazer uma cirurgia para deixar seu ânus branco vendeu a fita para um paraguaio surdo que a trouxe num toca-fitas portátil para o Brasil. Todo mundo para quem ele tocava o negócio queria, com toda a razão, bater nele, até que um sujeito analfabeto, gago, fanho e débil mental conhecido como Gilberto Gil sabe se lá como, gostou da fita, comprou e saiu cantarolando, cantava o que entendia em Português e levou o brinquedinho pra casa.

Seus 7 filhos que eram ainda mais imbecis que o pai, pois juntos não somavam nem meio quilo de cérebro, ao escutar foram cantar na escola e formaram os primeiros MC's (Matadores de Canções) da vida, foram dessa maneira a primeira gangue de Funk/Traficantes: Furacão 2000 aí a moda pegou como uma sarna ou outra doença lazarenta.

Mas como na época só se usava fita, de tanto copiar, copiar e copiar a mesma fita.... Ela foi perdendo a qualidade e o que já era ruim ficou ainda pior e deu nessa merda que ouvimos hoje... E até hoje é usada essa mesma fita demo pra fazerem todas as músicas de Funk.

Hoje o Funk é, além de um estilo musical bisonho, também um estilo de vida que prega como é bom ser cretino, malandro, analfabeto, e pior do que um animal violento e no cio. Sonoramente o Funk incorpora além dos ruídos horrorosos da fita original, uma série de gemidos de piranhas excitadas, gritos de desesperos de gente sendo espancada, batidas de lata e tiros para o alto, uma musicalidade agressiva de puteiro de Jorge Amado (para alguns ele não morreu).

Já a poesia do Funk é marcada pelo primitivismo, por balbúcios impossíveis de serem compreendidos, pela falta de qualquer coerência e ligação entre as frases e pelos seus temas variadíssimos: sexo, transa, putaria, zona, orgia, putaria, violência, porrada, tráfico, sexo, putaria, violência, etc. Enfim temas com a profundidade de uma tábua.

Há quem diga que se um funkeiro comesse o que ouvisse já estaria morto[1].

O nome Funk veio da tribo Fuckyourass. A tribo é formada por esses componentes favelados, ritmo de batuque africano, linguagem obscena, mulher com bunda grande e esburacada de celulite, e rebolações idiotas. Quando essa tribo resolveu dominar a comunidade carente do Rio de Janeiro, o que aconteceu? Bombou até formarem os bailes funks! Nesses bailes as pessoas eram obrigadas a dançarem e dominarem o país todo com essa merda que alguns tem a cara de pau de chamarem de música. Mas no fundo foram apenas uns filhos da puta sem noção que não sabe fala nem abreviar as palavras no portugues que criaram essa merda aqui no Brasil desde então esse lixo é sucesso entre os merdas e os baixas renda etc etc!

Porque a difusão do funk no Brasil

Oras, durante a história sabemos que o Brasil tem sido um ótimo refugio para os piores tipos de criminosos, principalmente nas, ate então, paradisiacas e limpas praias do Rio de Janeiro, nisso, para onde você acha que mandariam algo como o Funk? Bada Bing!!! Sim, para o Brasil, Rio de Janeiro, o cu "Buraco da Terra"!


Darwinismo e o Funk

O darwinismo pode explicar por que não existe Funk Norueguês. As funkeiras, como todas as piriguetes, tem um cérebro subdesenvolvido devido às ondas cerebrais causadas por ouvir funk, e as funkeiras também se vestem num estilo de prostituta alternativo e leve, com poucas peças de roupa pois as funkeiras acham que são boninas precisam atrair o macho para a reprodução assim como outros animais irracionais. Na Noruega, assim como em outros países frios, as funkeiras devido à falta de roupa, não conseguem se adaptar e morrem em conseqüência do frio. A alta qualidade de educação em países como a Noruega evita que surjam novas funkeiras pelo processo de mutação, em que as funkeiras iriam ter acesso aos casacos.

No Brasil, este fenômeno também ocorre com menos freqüência por ser um país mais quente. Mas em regiões como o sul do Brasil e em regiões do estado de São Paulo as Funkeiras morrem no inverno devido ao frio, isto pode explicar porquê São Paulo e o Sul tem os maiores IDH do Brasil. O Rio de Janeiro por ser uma cidade quente como mínimas de 40°C é um lugar ideal para a contaminação pelo funk, algo que autoridades não conseguiram contes; as medidas de higiene e e reformas sanitárias não contiveram a disseminação do funk, por isto o Rio de Janeiro tem apresentado decadência mesmo com Eike Batista investindo seu dinheiro e tento amizades puxando o saco do Sérgio Cabral. Já São Paulo é uma cidade mais fria com temperaturas que chegam à -2°C, como o inverno é seco não neva e a inversão térmica causa o acumulo de poluentes que afeta a população em geral, mas são condições suficientes para controlar a proliferação dos funkeiros. Isto explica porque São Paulo é mais desenvolvido que o Rio de Janeiro.


Variantes do Funk no Brasil

O Funk machuca ouvidos do Norte ao Sul do país. No Sul, se mistura com a música Gauderia, onde o pancadão é conhecido como Tchê Music, um estilo de música tocada por alguns viadinhos campinenses e proibido pela sociedade conservadora gaúcha com razão óbvia. No Norte, se mistura com o Boi Bumbá, onde os índios (97% da população) se divertem nos bailes, se reproduzem e põe a culpa no coitado do Boto Rosa.

Mas é no Rio onde esse estilo frenético realmente se destaca graças a Rainha da Cloaca Suja e Mal Lavada e de seu marido e rei da putaria MC Serginho, junto com o seu bobo da corte, a aberração da Lacraia, que patrocina os shows de funk com prostituição dinheiro de suas multinacionais: o Comando Vermelho, o Terceiro Comando e a mais nova e famosa filial em São Paulo Primeiro Comando da Capital. Os bailes são repletos de mulheres com as bundas peludas pra fora e com creme alisante escorrendo nos cabelos e homens magrelos e mal encarados com futuro promissor como líderes do tráfico, ajudantes de pedreiro, e até mesmo presidiários, (isso se viverem até lá) e por playboys que fazem pose de Vida Loka mas que no fundo no fundo, são boiolas que se cagam só em passar perto de favela.

Cquote1.png O certo seria colocar todo mundo paredão e passar a régua! Ou jogar uma bomba atômica em todos os bailes funk com os funkeiros lá dentro!! Cquote2.png
Qualquer um sobre essa merda toda

Os MC

Líder da escoria denominada "Funkeiros", os MC estão no topo da piramide social dos morros, em suas casas não faltam pão com mortadela e nem Ki-suko!

Mais um MC prestes a morrer porque não pago as droga
Mas a proposito, o que raios é um MC? Bom, existem muitas variantes, mas no geral, o mais aceito nas comunidades cientificas é "Merda na cabeça"; por terem mais merda na cabeça do que na maioria dos funkeiros (não é brincadeira não!) eles são os "compositores" (por falta de termo melhor) do Junk Funk alem da vantagem adicional de que com esse nome não é preciso de grandes explicações para o dito público.

Um termo também muito usado para definir MC é "Mal Compositor".

Se tornando um MC

Abaixo segue uma lista com dicas para se tornar um MC reconhecido na comunidade.

Iniciando:

  • Ser favelado; ( no topo da lista ! )
  • Ter problema de dicção;
  • Cantar Fudidamente mal pra cacete;
  • Uma mãe puta ausênte; ( sendo inspirado a depreciar as mulheres )
  • Ser semi-analfabeto;
  • Chamar uma travesti vizinha gorda "popôzuda" para ser sua dançarina;
  • Usar seu apelido da cadêia infância como nome artístico;
  • Ter um sobrinho que tenha noções de mixagem;
  • Manter relações sexuais de amizade com o dono do morro.

O reconhecimento:

  • "Compor" sobre coisas do seu cotidiano como:Violência,sexo,drogas,orgias e pedofilia "nóvinhas";
  • Plágiar batidas e letras de músicas internacionais;
  • Participar do Super-POP;
  • Comprar uma laje no topo do morro;
  • Sustentar 35 vagabundas mulheres e 24 filhos;
  • Esperar que usem sua música em algum filme que aborde a realidade brasileira.

Típico Funkeiro

Exemplo claro da "evolução" das funkeiras.
Exemplo claro de putas funkeiras que os funkeiros nunca pegariam.

A espécie Funkeirus tipicus é uma praga de escrotos que se prolifera nos centros urbanos mais rápido do que os ratos e as baratas causando muito mais problemas, eles costumam comprar carros velhos, ou melhor carros pré-históricos, na verdade resumem-se aos seguintes modelos: Fusca, Brasília, Chevette, Monza . E com o dinheiro "suado" que ganham traficando, roubando, vendendo doce no trem ou em faróis, ou simplesmente queimando a rosca, transformam o carro numa discoteca de mau gosto ambulante. Equipam o carro com gigantescas caixas de som no porta-malas, colocam o som equalizado no mais agudo possível, e sempre no talo.

Não importa a qualidade péssima que sai do som, (parecendo que alguém gravou o disco inteiro em um gravador de mão no meio de um show) porque se soubessem o que é qualidade ou fidelidade sonora, teriam o mínimo de intelecto para poder ouvir algum tipo de música feita com instrumentos reais. Colocam rodas calotas cromadas, passam pretinho nos pneus "BS Colway" pra ficar brilhando e saem nas ruas querendo aparecer, normalmente em grupo de 4 ou 5 homens sem camisa, suando juntos no mesmo veículo. Talvez seria muito mais fácil comprar um carro alegórico usado de escola de samba, ou usarem a Kombi do pai feirante (mas eles são burros).

A imensa maioria dos funkeiros vêm da escória classes mais baixas do país, e moram em barracos, aglomerados um em cima do outro em montes que carinhosamente chamam de serra ou qualquer outro nome fudido, não conhecem o pai e tem em média cinco irmãos (número váriavel até 10), geralmente falta comida, bebida (a não ser as alcóolicas), higiene, e remédios em casa, o funkeiro ao invés de ajudar sua família gasta o dinheiro de seus assaltos com cerveja, maconha, cachaça, pintando o cabelo e claro com a Tchutchuca xexelenta (que não possui grau de parentesco e semelhança com as da foto, pois normalmente patys desse naipe só tiram essas fotos para aparecer no Orkut) portadora de algumas DSTs que ele conheceu no último baile.

Os funkeiros são homossexuais extremamente territoriais. Só vão em bailes das zonas "áreas" onde eles moram. Se eles forem a um baile funk que não é do bairro, com certeza serão linchados, é como se existisse fronteiras ou diferenças de putaria culturais entre uma favela para outra... E depois falam da segregação racial da Classe Média...

Há ainda os funkeiros postiços que são alguns viadinhos e vagabundas de classe média/média baixa que se misturam ao universo funkeiro como se isso fosse muito chique, moderno e descolado. Acham isso tudo muito maneiro e se sentem "da comunidade", mas se borram só de pensar em passar perto de qualquer favela. Esse tipo normalmente só sobrevive até que alguém descubra sua verdadeira origem, pegar uma DST ou que o capeta dê um recall.

Por fim, há aqueles tipos que vão nos bailes, mal tem o "PODER" de ter dinheiro pro ônibus, tem que passar por baixo da catraca (ou pular sobre elas, achando que é bonito) e vão fazendo arruaça dentro do transporte como se estivessem "mandando ver", (ou como se estivessem no puteiro da casa deles) demonstrando assim o seu "intelecto" avançado, que não chega a ser tão "bom" quanto ao dos chimpanzés, que tem comportamento melhor.

Descem no ponto daquele lugar MEGA chumbrega do fim de mato, onde a cerveja quente custa "1 reaus" e mais parece um galinheiro ou um aquário, cheio de galinhas e piranhas funkeiras.

É importante lembrar que o típico funkeiro pensa que é gente. E outra: a maioria gigantesca torce pro Curintia ou pro Framengu, mas isso não é regra.

Para fuder mais a sua vida, entram no metrô e no ônibus com a porra do celular ligado no último volume, mostrando que eles tem o procede no baguio! Imcopetentes...

Dia-a-dia de um funkeiro

Funkeiros só acordam às 14 horas,porque ficam até às 6 da manhã fazendo orgias com pessoas do mesmo sexo curtindo o batidão.

Eles não trabalham por isso moram em muquifos miseráveis.

Eles realizam assaltos ganham a vida com "bicos",prostituem-se procuram umas minazinha e uns mano, e passam o restante do dia aprendendo as dificílimas letras e balançando o rabo praticando suas elaboradas "coreografias" pra dar show no batidão,quando tomados por espíritos começam a cultuar ao capeta quando começam a dançar!

Relato de Gabriela Xylady, uma vadia que ama funk (principalmente os proibidões): Cess num tem nução ninhuma du q ê uma música di verdade... Ucesss inda num incuntraro um ri-te-mo qui foce bão di iscuta e ficam tentano caba com a filicidade dí quêm já incuntrou seu ritmo... Pur favor, né? Vamo ser realísticos... parim di avuar nas ideia Odeio quem fala mal di faaank.. temus livri arbitriu para fazer u quii agente quisé di isculhe u qui queremo iscuta... Eu num fico por aí falano qui quem iscreveu essa matéria devi ser um véio babão tudo da idadi du meu paapi! Mas num to nem aí.. Eu amu funk.. E quem num gosta qui si ferre!!!!! É bigui Mics Mané!!

Vocês viram acima um depoimento...Cionante de uma adoradora do Demo Funk Carioca, muito genial mesmo. Com certeza é da favela, usa um computador com teclado semi-funcional roubado e tem acesso à internet discada de 2kb/s .

Como se vestir

Começando pelo...

  • Tênis: Nike Shox, Puma Disc, Adidas Titan e outros tênis escrotos que sejam caros se forem originais, mais esses seres usam cópias falsificadas contrabandeadas do Paraguai vendidas nos camelôs dentro das Favelas.
  • Bermuda: o fundamental é que compre de uma marca Surf ou esportiva famosa, pois você vai surfando na porta do ônibus para não pagar passagem (se pagar a passagem não sobra o dinheiro pra comprar cerveja no baile).

TOP 10 marcas preferidas dos funkeiros (atualmente):

Oakley, 2ºAbercrombie, 3ºLacoste, 4ºEd hardy, 5ºAeropostale, 6ºHollister, 7ºTommy Hilfiger, 8ºArmani, 9ºChristian Audigier, 10ºEcko. Preço médio: R$ 400,00(tudo robado dos preiboi ou falseta).

  • Camisa: Antigamente esses porras adoravam "marcas de Surfista" como Quiksilver, Hurley, Billabong, Volcom, Rip Curl, (a coitada da Oakley não sai de moda entre esses desgraçados). Essas e outras estão aos poucos sumindo do cenário funkeiro mais mesmo assim ainda continuam nessa "modinha", mais agora a coisa mudou um pouco, pois esses seres acéfalos adotaram marcas mais "caras" tipicamente usadas pelos Playboys como Abercrombie, Aeropostale, Hollister, Ed Hardy, Christian Audigier, Armani, Tommy Hilfiger, Brooksfield, D&G e outras, são marcas boas que infelizmente estão sendo destruídas pelos funkeiros com suas poluições sonoras e DST's.

O cabelo: Os cabelos dos Funkeiros estão sempre cobertos por bonés de marca fodonas, tipo Quiksilver, Volcon, Hurley, Oakley, Nike ou Adidas; caso contrário, estão com um moicano idêntico ou similar ao do Neymar ou com um tipo de cabelo escroto, denominado de "corte do jacá" criado por pivetes cariocas. Se não conhece esse último ai, joga no Google e prepare-se para se assustar... E claro, os acessórios...

  • Bonés da Nike, Adidas ou Oakley: e se você tá tão na merda para comprar UM boné (coisa normal para um funkeiro) eles estão adotando uma nova onda de usar Moicano, ou seja, quem é punk agora vai ser confundido com um funkeiro, porque eles não tem inteligência para criar um próprio corte de cabelo na morau.
  • Cordão de ferro, cobre e níquel prata de 10 kg: É fundamental pois te dá mais "status" e você provavelmente irá "pegar" mais travecos mulheres.
  • Motorola V3: mesmo sem ter condições para inserir créditos, você pelo menos pode ficar tocando funk, pagode ou outras porcarias pra incomodar as pessoas a sua volta, mas lembre-se que só cabe uma "música".
  • chinelos da Kenner ridículos que são mais pesados que um tijolo,que custa em torno de R$ 50,00(maioria dos favelados tem por empréstimos de amigos, furtando os coleguinhas mais"bem de vida", e quem consegue comprar um Kenner fica uma semana sem comida).o nome é original é kenner, mas os funkeiro só conseguem pronunciar kennee é esse chinelo que demonstra quem é o mais poderoso e rico entre eles

Juntando tudo isso daria entre R$500,00 e R$600,00 porém como tudo é roubado ou falsificado você consegue tudo por menos de 1,99 ...

"Musicalidade" ?

Por mais incrível que pareça há um fundo musical ou algo parecido por trás do Funk, uma batida extremamente repetitiva que se arrasta por intermináveis 3 minutos, na verdade a batida é sempre a mesma e ninguém percebe porque está mais preocupado em rebolar ou evitar uma porrada em sua direção. Além da batida alguém fica grasnando uma letra ou qualquer coisa que o valha, o importante é que a letra não diga nada, NADA além de putaria e dos mano bandido do gueto (agora imitaram Rapper também!).

As batidas de funks são feitas por traficantes DJS (se podemos chamar de DJ). Aquilo é apenas uma batida de tambores do Araketu, uma flauta e uma vuvuzela. A maioria dos DJs nem tem uma simples picape e copiam batidas do youtube, colocam no baile repetindo e ficam enchendo o toba corpo de cachaça 51. No final do baile o DJ está bebado e acaba fudendo com todo o baile.

Incentivos

Bolsa Família + falta de estudo + falta de trabalho = Funk carioca.

O Funk, além de ser "música" (ou melhor definido como ruidos e gemidos) de puto e piriguete, incentiva pessoas burras, que não entendem de música, pobres, vagabundos, muitas coisas ruins. Quem ouve Funk é incentivado a:

  • Fazer abuso sexual, e sem camisinha ainda por cima;
  • Fazer abuso sexual da novinha, da velha, do cachorro, da mãe, etc ;
  • Fazer Pedofilia, zoofilia, funkeiro velho, principalmente;
  • Ser uma Puta que vende o próprio corpo por R$ 1,99 a hora e apanha de cafetão;
  • Ser Bandido, pois todo funkeiro é vagabundo e não escolhe o caminho do trabalho decente;
  • Ser viciado em drogas, principalmente o crack(já que pobre não tem dinheiro para comprar cocaína);
  • Engravidar com menos de 14 anos de idade, e já ter uns 10 filhos;
  • Sair zoando todo mundo, principalmente os rockeiros;
  • Ficar usando óculos coloridos
  • Bancar a Patty "favelada";
  • Dar para qualquer desgraçado que passar andando de moto pela frente
  • Virar um gay / corno
  • Ouvir Rap(¬¬')

Prevenções

Se morar na favela, previna-se estudando e mantenha entretenimentos saudáveis. Não deixe a sensualidade das "Ratazanas"(apelido dado as funkeiras quando elas não são úteis nem aos próprios funkeiros)usem seus corpos danificados pelos filhos que já teve, te seduzir. E outra, lembre-se que tudo começa com uma mulher tentando te seduzir, até no funk é assim.

Como evitar ser infectado funkeiro(LEIA ATENTAMENTE!)

  • Aprender a ler e praticar leitura;
  • Completar o Primeiro Grau;
  • Ouvir qualquer vertente do rock , jazz ou música clássica, ou até mesmo os três;
  • Não ler o Meia-Hora, O Dia, Extra;
  • Não ser "Curintianu"; nem "Framenguixta"
  • Não assistir programs dominicais, p.ex. domingo legal/programa da eliana/tudo é possível/domingão do faustão;
  • Não ouvir músicas que digam em suas letras algo além de "Rebolar", "Descer até o chão", "créu", "plantar bananeira", "dar", "pegar várias cocotas", "beijar as novinha", "ár tchuca é nór" e afins;
  • Não andar com funkeiros;
  • Não estudar em escola pública, pois é lá que os funkeiros menores de idade fazem guerrinha de papel, estudam (apesar de que em particular você irá ser incomodado pelos Mauro/Patty do Funk);
  • Não ir em baladas que só tocam ruidos Funk e nem em puteiros Bailes Funk;
  • Ir à Igreja frequentemente;ou ao menos fingir que vai!
  • Não trabalhar em bocas-de-fumo;
  • Seja inimigo de atividaes ilícitas, como mototáxis e kombis/vans clandestinas;
  • Não use maconha ou crack;
  • Não fique na rua 24 horas por dia cheirando cu das funckeiras;
  • NUNCA, jamais tenha contato (nem visual) com mais um infectado funkeiro.

Como amenizar (um pouco) o Funk

  • Se houver um funkeiro com um celular tocando Funk, faça o mesmo, mas toque Rock/Metal e em um volume superior;
  • Se o volume do celular funkeiro for superior ao do seu, pegue o celular dele e jogue no meio da rua.
  • Indicar uma escola (ou reformatório) a um funkeiro;
  • Se conhecer um baile funk onde se trafica drogas(pleonasmo), denuncie;
  • Denunciar sites de funk para a Safernet;
  • Explodir carros que toquem Funk, de preferência com o proprietário dentro dele;
  • Colocar cartazes difamando e denegrindo a imagem do Funk em um lugar onde todos possam ver;
  • Formar uma gangue que arrebente funkeiros;
  • Em época de eleição, convencer rockeiros e/ou metallers a se candidatarem a presidente, governador, prefeito ou qualquer outro cargo político que permita criar uma lei que proiba o Funk (é serio, temos que acabar com o Funk antes que ele acaba com a gente usando a bandidagem e drogas);
  • Cortar o sinal da Rede Globo (corte frequentemente, pois algum imbecil irá consertar)
  • Nunca,NUNCA,JAMAAAIS Assista o programa "Esquenta!!!" da Regina Casé;
  • Fique lonje dos "axézeiros"(é meio caminho andado para o rebolado do maldito funk)
  • Fique longe de qualquer pessoa que goste de funk.

Influência na "cultura brasileira"

A beleza da nação funkeira já dominou o país, tá tudo dominado, o movimento prega a paz porque "samo da paz". Ora, a violência em baile funk não é nada, é só para descontrair! O que é um nariz quebrado, uma facada no bucho, uma tripa vazando? Isso é coisa normal num ambiente sadio.

Além do mais, o barulho que causa necrose cerebral serve para os infelizes e miseráveis sem propósito na vida deixarem de ouvir sua realidade desgraçada berrando ao seu ouvido e exigindo desenvolvimento e, assim, são sempre felizes sem saber porque, na luta para não mudar nada e se conformarem com toda merda de vida que tem.

O funk também é o difusor de várias coisas positivas como o jeitinho brasileiro da prostituição infantil, gravidez aos 11 anos de idade, da orgia, das doenças sexualmente transmissíveis, do brega, do mau gosto, da falta de cultura, da burrice, do Alexandre Frota, dos pitboys, do tráfico, da corrupção, da sujeira nas praias do Rio, dos arrastões, dos sequestros, de querer mostrar (de forma muito barulhenta) ao mundo que você existe; enfim, o Funk faz o nome do Brasil brilhar no mundo todo.

Por fim, o Funk presta um imenso serviço à educação com suas poesias únicas e experimentais, à segurança com suas críticas bem fundamentadas e construtivas da polícia e à saúde pública promovendo o controle populacional através das DSTs.

O Funk também, hoje em dia influencia em suas letras barulhenta a pratica de sexo,roubo na vida dos jovens. Através de Letras vagabundas como a do seco Mc Créuna minha bunda

Nota : Os funkeiros são seres unicelulares ,putos e sem dúvida putos por que ficam escutando com um monte de ----machos---- Gays na volta.

Influências e Flatulências


Bonde do Tigrão

Principais "Artistas"

Uma famosa banda de funk.

Restart

  • Charlie Brown Jr
  • Bispo Macedo (Agora aparece viados funkeiros "evangelicos" affs)
  • Bonde da Stronda (A cada dia aparecem novos viados funkeiros)
  • Gaiola das Prostitutas
  • Mc bico de pato
  • Mc Camila Zika
  • Mc Vaquinha (da Buceta arrombadinha)
  • Mc Tiazona (da Vagina abertona)
  • Mc´s Pekeno menor anão e nanico
  • Mc Maior favelado do baile
  • Mc Zika da Vila Cruzeiro
  • Mc Maior pobreza da favela
  • Mc Traficantezinho (que da o cuzinho)
  • Corinthianos (Gambas sem cultura)
  • Flamengo (flavelados drogados)
  • Mc vadiazinha (Que é uma galinha)
  • Mc juanete (Que Paga uma Boquete)
  • Mc Tiaguinho (que da o Cuzinho)
  • Mc Iago (que deu o rabo)
  • Mc Tiago (que é viado)
  • Mc paulete (Que paga boquete)
  • Mc Juninho (Que é viadinho)
  • Mc Mario que te comeu atras do armario
  • Mc zé aquele que não TEM pé .
  • Mc Bruninho (Que da o Cuzinho
  • Mc Raafa (MLK DESTAK!)
  • ISLENO ZIKA DO COLÈGIOMÒDULO.
  • Jonathan da Nova Geração

Dialeto do Funkeiro

  • "Chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão chão..." (3587x): Funkeiro falando sobre sentar no chão por não ter cadeira.
  • "Quicando": Agora é sobre dança...
  • "Censurados|Xoxota/Buceta/Pinto/Bunda ou Cu": Palavrões aleatórios, se inserir todos numa música é hit na certa!
  • Tráfico: Coisa comum entre todos os envolvidos.
  • ...Novinha,novinha,novinha...: Dando seu grande apoio à pedofilia.
  • A gente samo: Erro de português escrachado. Se o Pasquale estivesse morto, ele estaria se revirando no caixão agora.
  • "Pra que cérebro, se tem bunda?": Mulheres não precisam ser independentes, né?.
  • Cachorra: É incrível como nenhuma feminista reclama disso...
  • Juliet, Nike Shox, Adidas, Oakley, Puma ou qualquer outra coisa de marca: Autoexplicativo.
  • Tricolooo paulixta, vulgo Sun Paulu

Exemplo de Letra

Letras de Funk costumam ser muito bem elaboradas e instrutivas, como no exemplo abaixo.


Exemplo 1: Entrei numa loja Estava em liquidação Queima de estoque Fogão na promoção Escolhi da marca Dako Porque

Dako é bom (4x)

Calma minha gente Essa é a marca do fogão


Essa amostra nos leva a pensar como o Funk pode ser um som de putas faveladas, mas não: o funk também faz propagandas de graça. Não é à toa que são chamados de burros.

Cquote1.png Funk algumas vezes têm letras que levam duplo sentido. Cquote2.png
Capitão Óbvio

Exemplo 2:

Lá vem o trenzinho das novinhas vem que vem, vem vem que vem Trenzinho das novinhas

vem que vem, vem devagarinho quicando de quatro vou de ladinho(4x)

Intao vai

lá vem, lá vem, lá vem o trenzinho das novinhas pulando e mexendo balançando a cinturinha vai(2x) pulando e mexendo balançando a cinturinha(2x)

Conclusão: Funkeiros adoram corromper menores de idade. Abuso da lei de Liberdade de Expressão é isso mesmo!e ainda Sérgio Cabral declara que Funk agora é cultura! é isso mesmo!

Exemplo 3:

Os mano da favela ta curtindo o batidão e as novinha ta mostrando o bucetão (vagina)

Essa é pra novinha, essa é pra novinha, essa é pra novinha vai descendo até o chão (180x)

Ei jow, jow jow jow (9895743x)

Se você reparar quase todas as "músicas" que os funkeiros curtem fala "chão" e "jow" e não cansam de falar.

Exemplo 4:

O jow, o jow, ojow, ojowojowojow, jjjjjjojojow (mais umas ∞ vezes)

(Sexo, palavrões, sexo, armas, sexo, armas, palavrões, sexo e... sexo)

éopenteéopenteéopenteéopente...

(propaganda de graça)


...ou seja, just junk

Criando uma música funk

  • Pegue seu celular roubado, vá pra parada de ônibus e grave o som do ambiente;
  • Suba no ônibus e continue gravando o som ambiente, junto com sua letra ridícula estúpida imbecil brilhante;
  • Depois de terminar de gravar a batida, vá pra qualquer matagal (ou pra alguma LAN que tenha internet na sua favela) e pegue sons de animais. Sapos croaxando, chimpanzés berrando durante o sexo e conversa entre funkeiros estão na moda!!
  • Agora, procure o seu amigo que sabe fazer as mixagens e chame teus macho pra ameaçar convença-o em transformar tudo que você gravou no caralho que seres humanos não suportam pancadão do seu hit;
  • Roube Furte Pegue emprestado o carro movido à som daquele teu outro amigo, ligue aquela merda o pancadão, um microfone e comece a grunhir qualquer merda, putaria cantar de como é bom a vida do funk.

Danças

Fidel curtindo um pancadão!


Para esse peculiar estilo musical, nada melhor que um peculiar estilo de dança. Em geral esses passos são praticados nos chamados Bailes funk.

Exemplos: Dança da Motinha, Croaca Quente (Movimentos circulares com os fundilhos/Levantamento e "abaixamento" contínuo do corpo), Dança do Vibrador Inside, daxoxota (Sem palavras...), Frango Assado, Galinha, Eguinha pocotó, Dança do Siri, entre outras espécies da fauna e da flora.

"Cultura" de funkeiro

No dicionário:

  • cultura sf Conjunto de manifestações artísticas, sociais, linguísticas e comportamentais de um povo ou civilização.

Portanto, fazem parte da cultura de um povo as seguintes atividades e manifestações: música, teatro, rituais religiosos, língua falada e escrita, mitos, hábitos alimentares, danças, arquitetura, invenções, pensamentos, formas de organização social, etc.

Geralmente civilizações normais o possuem de forma adequada, porém os neandertais a civilização que tomou conta do Brasil o fez de nenhuma forma, porque simplesmente eles não tem cultura...

  • Manifestações artísticas de funkeiro: Pichações no muro do preibói e tatuagem de maconha na testa, celular tocando funk no busão, metrô, trem, etc.
  • Manifestações sociais de funkeiro: Vai se fudê carái!!! Seu branquelo de merda!! Zé povinho!!!
  • Manifestações linguísticas de funkeiro: Véi, aê doido, Kolé?, rapá, carái, neguim, baurete, zé povim, bagulho, preibói.
  • Manifestações comportamentais de funkeiro: Se fuder num bailão do Mc Créu, atirar com um AK-47 no chefe da boca-de-fumo do outro lado do morro, matar o pai, comer o/a cachorro/a da vizinha, queimar a rosca enquanto dança, aparecer todo dia de manhã em casa cheirando a esperma com os olhos vermelhos, lábios secos, a cara suja de um liquido branco e larica.

Atividades e manifestações de funkeiro

  • Música: Créééééééu! Vô dá o meu cuzinho! Tô com um fogo no toba di rachá.
  • Teatro: Criança Esperança e época de eleição.

Cquote1.png Meu deus, Meu deus... Me leva junto, me leva junto, não tira ele de mim, não tira ele de mim!" Cquote2.png
Mãe de funkeiro após o assassinato do filho por não pagar os traficantes ou por não ter matado o traficante do morro de baixo mencionado acima

  • Língua falada: zica (kkkkkkk), jão (provável diminutivo de João), fexá (português correto é luxo),Véi, rapá, carái, neguim, baurete, zé povim, bagulho, piriguete, créu.
  • Língua escrita: Ainda não aprenderam a escrever.
  • Mitos: “Nussa, rapá, fiquei sabeno di uma istória que teim um quilo de baurete lá embaxo!!!”
  • Hábitos alimentares: Frango com pele, acarrão branco de instituição social, casca de banana, bala de ferro ou de fuzil, camisinha usada e azeitona quente.
  • Danças: Créééééééééééu!!! Tô ficando atoladinha!!! Aaaah!!! Ohhhh!! Aiaiaiaaiaiaiaiaiaiaiiai
  • Arquitetura: Barracão de madeira roubada na encosta do morro e teto de lona.
  • Invenções: Funk (se é que isso pode ser chamado de invenção), bala caseira, maconha com menta, crack sabor manga e ecstasy com viagra.
  • Habitat Natural :comunidade
  • O que mais odeiam : playboy
  • Onde eles moram: NaS qUeBrAdA(LIXÃO),Na Puta que pariu, no inferno

Advertência

Se por um acaso o seu rádio for invadido pela música funk, tire as crianças da sala! Porque as palavras serão muito fortes e a criança futuramente se transformará em uma bunduda metida a gostosona (que na verdade é uma nova Preta Gil) que gosta de dar a qualquer hora, principalmente no palco). Há uma grande tendência na criação de novos viados, pois as músicas influenciam a soltar a franga nos devidos momentos.

Conclusão

Grunhir Cantar Funk é cagar pela boca, cujo tal merda vem da cabeça.

Cquote1.png Cala a boca, meu aluno, você está defecando pela boca. Cquote2.png
Gil Brother sobre aluno funkeiro

Funk é para perdedores!!!!!! favelados, analfabetos,ignorantes etc! UMA TIPICA PUTARIA PARA putos VAGABUNDOS! (que com certeza são sem futuro)E suas futuras profissões serão:

  • Bandido
  • Lixeiro(nada contra os lixeiros, mas se bem que é meio ofensivo mencionar lixeiro...

Peço perdão à todos os lixeiros)

  • Catador de puta lixo

Os tipos que escutam funk são somente esses:

  • Putas safadas
  • Gostosas(putas) sem cérebro(q com certeza mais tarde posará para playboy ou qualquer revista do tipo)
  • Vagabundos
  • Burros
  • Maria vai com as outras e
  • Sem personalidade
  • Seres muito burros (QIs são próximos a 0,1)

O Verdadeiro fim do mundo

Um assunto que deixa muita gente assustada é o fim do mundo (11/11/2011, 2012...), mais o que eles não sabe é que o verdadeiro fim do mundo será quando o Funk invadir a mente do mundo inteiro, deixando assim todo mundo burro o suficiente pra pensar que existe um cubo redondo, fazendo o mundo inteiro virar favelados/terroristas (e assim consequentemente um vai matar o outro), fazendo as pessoas pensarem que o resultado de 1+1 são 72, fazendo as pessoas conseguir se afogar no vaso sanitário (por serem tão burras e tentarem fazer merda pela boca... que é coisa que eles fazem cantando Funk) e etc.

Esse artigo pode ser sobre uma piada, mas fala VERDADES, se continuar assim 90% do mundo vai ficar ouvindo essa merda que vão danificar suas mentes e deixar todos com um Q.I de Mais de 8000 Negativo e todos se tornarão terroristas.

CONSEQUÊNCIA

Acabe totalmente com sua vida, por ser mais um entre esses bandidos funkeiros.

outra consequência é tu se macho puta... ou se tu é muié vira um puta que gosta de esfregar a buceta no pau de funkero funk


Solução

Let's go fucking crazy

(Vamu Mata Funkero)


Morte de um Funkeiro, quem matou deve ser assistido o vídeo acima


Ver também

Justin da Nova Geração


Padre Marcelo Rossi - Capô de Fusca


Ligações externas

  1. Ver também: Coprofagia



Estilos Musicais
Arband.jpg
CHIMBINHATHEMASTER.gif

Arrocha | Axé Music | Axé Sueco | Black Metal | Blues | Bossa Nova | Brega | Celtic Punk | Country | Cumbia | Cu Metal | Dance Music | Dark Psytrance| Deathcore | Death Metal | Death Metal Melódico | Disco | Doom Metal | Emocore | Emogore | Ergative Metal | Flashback | Folk Metal | Forró | Forró Russo | Frevo | Funk Americano | Funk Carioca | Funk Rock | Glam Metal | Gospel | Grindcore | Grunge | Hardcore | Hard Rock | Heavy Metal | Heavy Metal Maranhense | Hip-Hop | House | Indie | Jazz | Kuduro | Lambada | Mambo | Mangue Beat | Maracatu | Metal | Metalcore | Metal Progressivo | Música Celta | Música Industrial | Música Erudita | Música pop | Música Psicadélica | MPB | Nerd Metal | New Age | Pagode | Pagode Norueguês | Power Metal | Punk | Punk Acreano | Pop Punk | Pop Rock | Psy | Rap | R&B | Reggae | Reggae Finlandês | Reggae Nazista | Rock | Rock Progressivo | Rock Pernambucano | Samba | Salsa | Satanejo | Sertanejo | Sertanejo Romântico | Sertanejo Universitário | Swingueira | Tango | Techno | Tecnobrega | Trance | Trash Metal | Viking Metal | White Metal


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas