Futbalový Klub Spartak Trnava

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Futbalový Klub Spartak Trnava
Escudo do Spartak Trnava.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Futbalový Klub Esporra na Trava
Origem Bandeira da Eslováquia Eslováquia - Trnava
Apelidos Bíli andeli (lombriga e bile)
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Štadión Antônia Fontenelle
Capacidade 19,200
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador Lico de Cair Pinto
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Eslovaco
Divisão Fortuna Liga
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Futbalový Klub Spartak Trnava é um time pequeno e insignificante do interior da Europa, cuja principal função é nos lembrar que não é apenas de Real Madrid, Juventus e Manchester United que vive a Europa, mas que por lá também há times mais no nível de um Bangu, caso do Spartak Trnava, que nem pra ser campeão eslovaco consegue ser direito, igual um Bangu que nem pra vencer uma Taça Guanabara consegue direito.

História[editar]

Fundação[editar]

Fundado em 1923, é considerado um dos times mais antigos mais inúteis do mundo. Surgiu através da fusão do Šk Čequiçõ e ČšŠk, que resultou na criação do nada poderoso ŠK Rapid Trnava, primeiro nome do clube. Como durante seus primeiros anos de história, percebeu-se que os jogadores desse tipo de time não eram nem rápidos em campo e muito menos rápidos em conquistar títulos, a equipe precisou ser renomeada em 1939 para Traveco SS Trnava. Outras mudanças ainda viriam, como na época em que, por questões de patrocínio, chamou-se Skol Trnava no ano de 1948, e depois KinderOvo Trnava em 1949.

Campeonatos tchecoslovacos[editar]

Foi no ano de 1953 que o Trnava percebeu que estava no meio de um país socialista, então deveria adotar um nome mais comunista para o seu time. As opções "Dynamo Trnava", "CSKA Trnava" e "Lokomotiv Trnava" foram logo descartadas porque o Trnava não tinha nenhum espião, militar ou ferroviário respectivamente, então acabou adotando-se o nome Spartak Trnava, já que botineiros, aí sim não faltavam na equipe. Na época da Tchecoslováquia unificada, aproveitou-se da fraqueza do futebol tchecoslovaco e conquistou 5 títulos sobre tiems de Praga.

Champions de 1968–69[editar]

A Champions de 1968-69 foi o máximo desse clube, na época chamada de Taça dos Clubes Campeões Europeus, a equipe da vinha de um grande sucesso na Série D da Europa de 1966–67, quando foi campeão ao derrotar na final, por 5x4, o Újpesti Dózsa da Transnístria.

Mas uma vez na principal competição europeia da época, parecia realmente que o Spartak Trnava era algum time bom, ainda mais após golear por 16x2 um time de renas finlandeses chamado Reipas Lahti, tornando-se o primeiro time da história a tomar dois gols do Reipas. Foi avançando por times semi-tradicionais, como o Steaua Bucaretse e AEK de Atenas, até chegar na semi-finais, quando esbarrou no AFC Ajax de Cruyff, tomando 3x0 no primeiro jogo, afinal pela primeira vez naquela competição pegou um time decente. Até fez 2x0 no jogo de volta, no Štadión Antônia Fontenelle, mas foi eliminado. No atual formato da Champions, jamais o Trnava retornará a uma semi-final dessa competição, se chegar na fase preliminar já é muito.

Campeonato eslovaco[editar]

Declinando junto com o comunismo, o Trnava despediu-se do campeonato tchecoslovaco de 1992–93 sendo o lanterna da competição, sendo portanto consequentemente rebaixado para o campeonato eslovaco, um torneio ainda pior que a liga tchecoslovaca, já que não tinha os melhores times, todos da Tchéquia.

Passou os próximos 20 anos de campeonato eslovaco dedicando-se a ser freguês do Slovan Bratislava, embora eventualmente tenha ganho a Fortuna Liga de 2017-18, mas nada que mudasse a ruindade do time.

Títulos[editar]