Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim.
Descitacoeslogo2.png
O Descitações possui citações de/sobre Futebol.

Cquote1.svg O quê? Mais um escândalo no meu governo? Providencia imediatamente um amistoso da seleção pra semana que vem! Agora! Cquote2.svg
Qualquer político sobre como resolver problemas de imagem com algo que o povo está mais atento e têm mais interesse.
Cquote1.svg Uma camisa oficial da Argentina: R$2,99; duas camisas oficiais da Argentina: 5,98; uma goleada em cima da Argentina, NÃO TEM PREÇO. Existem coisas que o dinheiro não compra, para todas as outras coisas existe o MasterCard. Aceito de lojas de conveniência à Sex Shops. Cquote2.svg
Propaganda dos cartões Mastercard
Cquote1.svg Ah... Coitadinho daquele de short preto e camisa amarela... Por que ninguém passa a bola pra ele??? Cquote2.svg
Loira assistindo a uma partida de futebol
Cquote1.svg Mas que jogo parado Cquote2.svg
Você sobre futebol

Quico, desde pequeno, o rei do futebol

O Futebolismo Apostólico Brasileiro, ou simplesmente Futebol, é um esporte de merda onde um marmanjo ganha milhões por chutar uma bola uma corrente teológica que divide com o Carnavalismo Alalaônico Neo-Pentecostal o título de religião oficial da Democrática Ditadura do Brasil. Não há grandes atritos entre as duas religiões, já que os fiéis de uma normalmente simpatizam com a outra também em grandes orgias onde ninguém é de ninguém; os conflitos sangrentos que surgem constantemente nos noticiários são causados pelas correntes antagônicas internas a cada uma delas. Ao contrário dos praticantes do Carnavalismo, que entram em conflito uma única vez a cada ano, futebolistas rivais agridem-se mutuamente o ano inteiro. Um fato interessante sobre os seguidores dessa religião é doação de dízimos periódicos em troca de terem direito a participar das grandes reuniões de adoração ao Deus Bola, mesmo tendo consciência da penitências que fazem parte desses ritos, tais como:

  • Aglomerar-se em filas enormes na entrada dos templos;
  • Ficar horas agarrando e sendo agarrado no meio da homarada vendo vários homens suados correndo atrás de duas bolas uma bola;
  • Correr risco de morte diante da possibilidade de confrontos com correntes contrárias de seguidores futebolistas;
  • Ficar horas debaixo do sol, expostos à altíssimas temperaturas e espremidos em turbas de irmãos religiosos suados e gritando;
  • Investir em vestimentas e acessórios sagrados (camisas, calçados, bandeiras, ingressos...), mesmo diante de dificuldades financeiras.

Para compreender melhor os costumes e ritos futebolistas, é preciso estudar o Futebol mais a fundo, tão fundo, em um lugar que nenhum proctologista conseguiu alcançar.

Origens do Futebol

Palmeiras e São Paulo realiza a final do Paulistão em alta definição na sua Tela de plasma fodona

Diz a lenda que, certa vez, os americanos falaram a Deus: Cquote1.svg Ó Deus! Humildemente pedimos que crie um simples esporte para nós Cquote2.svg Deus respondeu: Cquote1.svg Está criado, chama-se futebol americano! Cquote2.svg Eis que surge um inglês e disse: Cquote1.svg Ow Dheuws, chria um espowrte muito louco parha nohws? Cquote2.svg Deus então criou o futebol. O Futebol originou-se a partir do futebol (assim mesmo, com inicial minúscula), que era apenas um esporte popular onde pessoas tentavam ver quem colocava uma esfera mais vezes entre dois cilindros, até alguém perceber que movimentava dinheiro. Há alguns que dizem que o futebol foi inventado no Acre, outros dizem que as pessoas jogavam bola com a cabeças dos índios para celebrar a catolicismo, pois ninguém sabe onde essa porcaria surgiu, até pode ser direto do inferno. Cquote1.svg Não vai subir ninguém, não vai subir ninguém!!! Cquote2.svg
Cap. Nascimento sobre 2ª divisão

Cquote1.svg Aqui tem um bando de louco! Louco por ti, Curintia!! Cquote2.svg
Torcida corintiana

Cquote1.svg Aqui tem um bando de louco! Rindo de ti, Curintia!! Cquote2.svg
Demais torcidas do mundo

Cquote1.svg Futebol é esporte de boiola e ignorante. Tem inveja do basquete por não possuírem uma capacidade intelectual avançada. Cquote2.svg
Steve Kerr sobre Futebol

Cquote1.svg Quem joga futebol é você baitola! Cquote2.svg
Rycharlyson sobre Futebol

Cquote1.svg Da carrim não, Má!!! Cquote2.svg
Paraíba sobre Futebol

Características gerais do Futebol

O Euro é a entidade máxima do futebol.
A torcida insatisfeita fazendo uma Fogueira Santa

O Futebol é uma religião essencialmente politeísta, mas monolátrica, ou seja, acreditam em todos os panteões, mas cultuam somente um. Qualquer uma de suas muitas ramificações conta com exatamente onze divindades principais e mais algumas divindades reservas. Assim como na mitologia grega, a maioria destas divindades são homossexuais e respondem a uma única entidade superior, denominada Euro. O ciclo de vida médio de uma divindade futebolista é: Favela >>> Clube >>> Comerciais de TV >>> Europa >>> Seleção de seu país >>> Tabloides >>> Obesidade >>> Desaparecimento >>> Comerciais da Coca-Cola >>> Casamento com Travestis >>> Jogar num timeco de 2ª divisão A ascensão de um Santo Futebolista à condição de Divindade ocorre por volta do seu terceiro estágio de vida, que também é quando ele começa a referir-se a si mesmo na terceira pessoa. Além dessas divindades antropomórficas, cada ramificação futebolista é identificada por três elementos conhecidos como Santíssima Trindade:

  • Um distintivo,
  • Um hino e
  • Um conjunto de duas ou três cores. Quatro ou mais são permitidas somente com autorização especial do Vaticano.
As divindades futebolistas sempre se relacionam com educação e cordialidade.
Jogadores de futebol aplicando Losango aberto invertido.

Como as divindades são rotativas, atuando em favor de quem paga mais, conclui-se que a futebolista consiste basicamente na adoração à Trindade e no consumo de produtos fabricados pelos seus patrocinadores atuais. O culto futebolista é dividido em dois tempos de 45 minutos separados por um monte de comerciais, comentários cretinos e estatísticas inúteis. Ao final do culto, é comum que os fiéis desejem Paz de Cristo arrebentando-se uns aos outros, ou a si próprio proferindo tapas e socos contra as pernas, num ato de autoflagelo pelo incrível resultado da partida. As maiores vítimas do culto futebolista, além dos próprios fiéis, são o transporte público e o comércio. Na opinião de alguns teólogos, futebolistas insatisfeitos têm o costume de incendiar ônibus e lojas em referência às fogueiras purificadoras da Santa Inquisição, mas a maioria chama isso de vandalismo mesmo. O Dia Santo do Futebol é o Domingo. Ocasionalmente, noites de quarta-feira também. Nestes dias, Rede Globo, Band e Nike coletam milhões em dízimo.

Típicas perguntas e respostas de uma entrevista de jogador após o término de uma partida

O Futebol hoje em dia arranca o couro dos jogadores, exclamação!
As portas dos estádios estão entre os ambientes mais seguros de Brasil, Argentina, Inglaterra, etc.
Futebol gay sem violência.
Torcedor empolgado com melhor futebol do mundo
Olho no lancÊ...
Por trás do futebol há uma briga entre as multinacionais vejam as camisas na foto vemos a disputa entre nike e adidas além de toyota e honda.

Cquote1.svg O que fazer depois dessa derrota? Cquote2.svg

Cquote1.png Agora é assimilá o golpe e seguí trabalhano na humildade aí pra dá segmento no trabalho aê, sempre na correria aê pra buscá o resultado positivo e os 3 ponto aê na próxima partida que é de fundamental importância aê pra nóis seguí com moral na competição aê e 100% na humildade sempi trabalhano e se dedicano ao máximo, aê.
Carioca falando com língua presa e sotaque de favelado sobre o culto futebolista a partida que jogou

Cquote1.svg Vai buscar a artilharia? Cquote2.svg

Cquote1.png O importante pra mim é seguí aproveitano as oportunidade que o professor vai concedeno aí pra nóis e servi meus companheros, mas aí com a fé divina de Deus se eu tive a oportunidade de concluí em gol e dá alegria pra essa torcida maravilhosa aí que tá semp apoiano nóis na vitória ô na derrota vai sê na humildade aí semp buscano os resultado positivo aí pra da segmento no trabalho que o professor vem fazeno aí com nois.
Carioca falando com língua presa e sotaque de favelado sobre o culto futebolista a partida que jogou

Cquote1.svg Como você vê esta vitória? Cquote2.svg

Cquote1.png É foi uma vitória sofrida, suada, né, mas o grupo tava unido, sôbe fazê aê o trabalho bem feito dentro das quatro linhas, e com a ajuda aê dessa torcida maravilhosa sempre apoiando aê nóis fica feliz né, o professor também foi dano as instrução aê pra mim posicioná aê em campo e com o trabalho aê do pessoal nóis sobemu criá chance e graças a Deus não deixá o adversário surpreender né, mas vamo seguí aê em frente rumo o título ae né.
Carioca de Língua Presa e sotaque de favelado mais uma vez... sobre o culto futebolista a partida que jogou

Cquote1.svg A torcida está insatisfeita e tá querendo a sua cabeça, o que você tem a dizer? Cquote2.svg

Cquote1.png Não, a gente sabe que a torcida aê qué gol né, mas tem que respeitar os profissional dentro de campo né, num pode saí aê jogano objeto dentro de campo aê, pode machucá nóis né, torcida as vezes fica ingrata né, impaciente né, torcida tem que dá valô ao jogador, nóis tem que focá aê no campeonato né, tem que melhorá aê pra saí da zona de rebaixamento aê né, torcida tem que levá fé no time, e o grupo tem que continuá unido né, num pode deixá aê que crise externa abale o rendimento né, e é isso trabalhá agora e pensá no próximo adversário aê
O mesmo carioca de língua presa e sotaque de favelado mais uma vez! sobre o culto futebolista a partida que jogou

Cquote1.svg Como o time vai reagir no jogo de hoje? Cquote2.svg

Cquote1.png Não, com certeza o time tá focado no resultado e junto com o professô nóis vai em busca dos 3 pontos. Junto com a ajuda de Deus nóis vai conquista os 3 pts.
Carioca de língua presa e sotaque de favelado pela milésima vez sobre o culto futebolista a partida que jogou

Evolução no Futebolismo

O Futebolismo é uma crença cultuada por pessoas geralmente desprovidas de qualquer quantia financeira elevada, 90% homens. Mulheres praticantes e homens não-praticantes não são bem vistos nos círculos sociais mais conservadores, nos quais ainda predominam as correntes Lugardemulherenacozinhista e Futebolecoisademachista. A introdução dos homens no Futebol, além de involuntária, segue um padrão pré-estabelecido e consagrado, a saber na tabela seguinte:

Idade Situação no futebol
3 dias de vida O novo fiel deixa a maternidade embrulhado no Emblema Sagrado adorado pelo pai.
1 mês O pai do fiel sente-se orgulhoso em apresentá-lo aos amigos vestido com a Camisa 10.
6 meses O fiel ganha sua primeira bola oficial.
1 ano O fiel come papinha usando pratos e talheres enfeitados com Símbolos Sagrados.
1 ano e meio O fiel já conhece algumas de suas divindades pelo nome.
3 anos O fiel canta o Hino de sua corrente futebolística inteiro pela primeira vez.
4 anos O fiel aprende a desprezar seguidores de outras correntes. Envolve-se em sua primeira briga com um rival. A partir desse momento, torna-se oficialmente um futebolista e o batismo está completo.
18 anos A partir daqui, o fiel é apresentado a um duplo caminho. Então, as forças cósmicas escolhem aquele rumo que será seguido. Primeiro caminho: o fiel ganha uma barriga de chope e paga para jogar futebol numa quadra alugada com os amigos pernas-de-pau, nas sextas-feiras depois do trabalho. Segundo caminho: o fiel ascende e se torna uma divindade futebolística, recebendo as glórias celestes, conforme evolução descrita abaixo.
23 anos É chamado a juntar-se aos deuses superiores, no Monte Eurolimpo, onde defenderá a honra de uma seita que lhe oferece melhores sacrifícios.
25 anos Tem um filho com uma modelo gostosa, que lhe arranca milhões em pensão alimentícia, e começa a ficar obeso.
27 anos É constantemente vaiado em todo lugar que passa.
28 anos Some da mídia.
30 anos É preso por dirigir alcoolizado.
31 anos É flagrado no motel com 3 travecos e fila uma lagartinha (dá uma cheirada) e depois, nega tudo e diz estar envergonhado (coitadinho, né?).
32 anos É contratado para jogar na segunda divisão ou na Arábia.
35 anos Some definitivamente.
40 anos Vira comentarista de uma rede de TV obscura do interior do Rio Grande do Norte.

Elementos Sagrados e Entidades Malignas

Elemento/Entidade Descrição
Bola Objeto esférico que representa o mundo criado por Deus. É o símbolo máximo do Futebolismo. É também o único símbolo que qualquer futebolista pode reverenciar mais do que o distintivo de sua corrente ideológica.
Gramado O altar do Futebolismo. É coberto por linhas brancas que representam o caminho da retidão e da fidelidade incondicional à Santíssima Trindade, salvo se for algum culto de divisões inferiores, do qual não se garante a presença de grama, logo, ao invés de gramado, passa a ser chamado de terreiro.
Porrada Algo essencial para o jogo ter graça, sem isso o futebol não é nada.
Seleção Equipe de 11 divindades que todo futebolista é obrigado a amar mais do que o Criador de Todas as Bolas. A cada 4 anos a Seleção entra em mais uma Cruzada contra os infiéis, o que resulta em um novo recorde de ataques cardíacos. O Brasil retornou vitorioso de cinco Cruzadas até o momento: 2002, 1994, 1970, 1962 e 1958.
Regra do Impedimento Convenção secreta que permite a um futebolista reconhecer outro. Só os fiéis a compreendem.
Juiz É a encarnação do Mal no Futebolismo, como o Vingador da Caverna do Dragão, mas sem cavalo e sem carisma. É a única coisa que futebolistas de correntes antagônicas igualmente odeiam. Ocasionalmente, precisa deixar o templo escoltado por hordas de policiais.
Mãe do Juiz Também conhecida como mãe do filho da puta, é a senhora que deu a luz a um vagabundo.
Nossa Esposa Pior do que juiz e Mãe do Juiz. A única entidade que pode acabar com os cultos.
Bandeirinhas Demônios auxiliares. Não aparecem em comerciais nem em programas de entrevistas, então devem ter alguma utilidade durante o culto mesmo.
Galvão Bueno Criatura estranha, que grita estrondosamente no meio dos rituais cultuados em gigantes arenas circulares, conhecidas como Estádios.
Nike, Rede Globo e Band Coletores de dízimo.
Tira-teima A única tentativa dos infiéis de convencerem que a sua facção religiosa cometeu abusos dogmáticos. Totalmente discutível.
Zidane & Materazzi A dupla dinâmica mais maligna do futebol.
Skol, Brahma, Antártica, Nova Schin e Kaiser (vulgo cerva} Elixir sagrado usado por quem cultua essa religião, tem o mesmo material mas não o mesmo gosto. Além de tudo deve ser servida estupidamente gelada, se não pode tirar a santidade desta bebida, que serve para entrar em contato com um mundo melhor.
Time São os 11 vagabundos que você torce enquanto eles correm no gramado, contra outros 11 vagabundos.

Futebol de Rua

Cabeçada, um lance comum no futebol.
O goleiro dos sonhos de todo time.
Peter Crouch e toda a sua habilidade.
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Futebol de rua

Futebol de rua é uma maneira chata boa de relembrar o velho jogado pelas gurizadas de muito tempo atrás, o futebol que todos jogaram no meio da rua com os miguxos, inimigos, ou desconhecidos (chegava falando: Posso jogar aí?), que, repaginando para os dias atuais, tornando-o menos popular ainda. Uma nova tendência de entretenimento com a molecada da rua. Embaixo estão as regras do Futebol de rua kibadas de uma crônica de Luís Fernando Veríssimo:

A bola

A bola pode ser qualquer coisa remotamente esférica. Até uma bola de futebol serve. No desespero, usa-se qualquer coisa que role, como uma pedra, uma lata vazia ou a merendeira do irmão menor.

O gol

O gol pode ser feito com o que estiver à mão: tijolos, paralelepípedos, camisas emboladas, chinelos, os livros da escola e até o seu irmão menor.

O campo

O campo pode ser só até o fio da calçada, calçada e rua, rua e a calçada do outro lado e, nos clássicos, o quarteirão inteiro.

Duração do jogo

O jogo normalmente vira 5 e termina 10, pode durar até a mãe do dono da bola chamar ou escurecer. Nos jogos noturnos, até alguém da vizinhança ameaçar chamar a polícia.

Formação dos times

Varia de 3 a 70 jogadores de cada lado. Ruim vai para o gol. Perneta joga na ponta, esquerda ou a direita, dependendo da perna que faltar. De óculos é meia-armador, para evitar os choques. Gordo joga na zaga. Os fodas (ou que se acham fodas) jogam no ataque, gol e comandam o time e os outros otários obedecem.

O juiz

Não tem juiz.até porque, se tivesse, no final, estaria no hospital

As interrupções

No futebol de rua, a partida só pode ser paralisada em 3 eventualidades:

  • Se a bola entrar por uma janela. Neste caso os jogadores devem esperar 10 minutos pela devolução voluntária da bola. Se isso não ocorrer, os jogadores devem designar voluntários para bater na porta da casa e solicitar a devolução, primeiro com bons modos e depois com ameaças de depredação.
  • Quando passar na rua qualquer garota gostosa.
  • Quando passarem veículos pesados. De ônibus para cima. Bicicletas e Fusquinhas podem ser chutados junto com a bola e, se entrar, é Gol.

As substituições

São permitidas substituições no caso de um jogador ser carregado para casa pela orelha para fazer lição de casa ou em caso de atropelamento.

As penalidades

A única falta prevista nas regras do futebol de rua é atirar o adversário dentro do bueiro.

A justiça esportiva

Os casos de litígio serão resolvidos na porrada.

Grandes Pensadores do Futebol

Image tt ps (35).jpg

Indo na ordem de piores para melhores frases do futebol: Cquote1.svg Eu peguei a bola no meio de campo e fiz que fui, não fui e acabei fondo! Cquote2.svg
Jardel sobre suas grandes jogadas

Cquote1.svg Nossa, aqui tem muitos carros importados! Cquote2.svg
Depoimento de um típico Jogador Brasileiro que vai jogar na Europa

Cquote1.svg Tenho maior orgulho de jogar na terra onde Jesus Cristo nasceu. Cquote2.svg
Claudiomiro, ex-centroavante do Inter, ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu, pelo Brasileirão de 72.

Cquote1.svg Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola! Cquote2.svg
Roger, chinelinho do Cruzeiro

Cquote1.svg Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe! Cquote2.svg
Jardel mais uma vez e sua sabedoria

Cquote1.svg Jogador tem que ser completo como o Pato, que é um bicho aquático e gramático! Cquote2.svg
Vicente Matheus, ex-presidente do Corinthians

Cquote1.svg O difícil, como vocês sabem, não é fácil. Cquote2.svg
Jardel sobre Futebol

Cquote1.svg Não tem outra, temos que jogar com esta mesma. Cquote2.svg
Jaime Pacheco, do Boavista, ao responder a pergunta do repórter se eles iriam jogar com aquela chuva

Cquote1.svg Nosso time estava a beira do precipício. Então fizemos a coisa certa, demos um passo a frente! Cquote2.svg
João Pinto, atacante português

Cquote1.svg No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente, de quinze em quinze dias... Cquote2.svg
Ferreira, ex-ponta do Santos

Cquote1.svg Realmente minha cidade é muito facultativa! Cquote2.svg
Elivelton, hoje no Inter, ao repórter da Jovem Pan que falava das muitas escolas de ensino superior existentes na cidade natal do jogador

Cquote1.svg O árbitro é da Bahia, o primeiro assistente é do Rio Grande do Sul e o segundo assistente é do Distrito Federal. Cada um fala um idioma diferente! Cquote2.svg
Repórter das rádios Globo e CBN do Rio de Janeiro, explicando a demora para a arbitragem marcar um impedimento, em Náutico 0 × 2 Flamengo, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2009.

Cquote1.svg A Alemanha vai fazer uma substituição, pelo jeito eles querem ser campeões! Cquote2.svg
Comentarista da Record, na Final da Eurocopa de 2008, Espanha 1 × 0 Alemanha.

Cquote1.svg O Inter tem que cuidar com o Carlinhos Bala. Parece que ele tem um foguete no rabo! Cquote2.svg
Sérgio Boaz, repórter da Rádio Gaúcha de Porto Alegre, antes de Sport 1 × 5 Internacional, pelo primeiro turno do Brasileirão de 2007.

Cquote1.svg Eu sou, sempre fui e sempre serei um ídolo do Pelé Cquote2.svg
Zé Roberto sobre Pelé

Cquote1.svg Isso que aconteceu aqui é caso de Polícia Federal, caso de FMI, voltar um pênalti porque a torcida estava gritando. Cquote2.svg
Dimba, ex-Flamengo, reclamando da arbitragem e usando sua inteligência.

Grandes nomes do futebol

  • E... Ele O MAIOR de Todos os tempos... Allejo!!!

Teoria dos tricolores

Existe uma teoria que envolve todos os times tricolores, pondo em dúvida (ou certeza) a sexualidade de seus torcedores. Exemplifiquemos:

Rio de Janeiro

Qual é o famoso pó-de-arroz, time de frutinha? O Tricolor.

São Paulo

Qual é o famoso Bambi, time de viado? Tricolor, mais uma vez.

Rio Grande do Sul


Time de viado? O Grêmio, de novo o tricolor.

Bahia

Time de viado? Claro que o Bahia, que foi por sinal indicado como o segundo time mais gay do Brasil (Apenas atrás dos Bambis)

Ceará

Quem é o famoso time de bambis da capital cearense? O time que chama a si mesmo de Stella? O Fortaleza.

Existem, no entanto, algumas exceções, mesmo havendo um tricolor no estado. Quando não há tricolores, fica a dúvida de quem é o time gay. Aqui suas dúvidas serão respondidas:

Paraná

Time de viado? Por incrível que pareça é o alviverde Coritiba.

Santa Catarina

Advinha quem é o time de boiolinha, viadinhos? Não é piada, mas é o ALVINEGRO.

Pernambuco

Time de viado, mais conhecido como barbie, é o alvirrubro Náutico. (Apesar do Santa Cruz também ter o apelido de Santinha)

Alagoas

  • CRB (alvirrubro)
  • ASA (alvinegro)

É o alvirrubro se dando mal...

Minas Gerais

O time que é considerado como Marias é o AZULINO.

E assim os exemplos continuam!

Galeria

Para ver no YouToba

Ver também

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Futebol no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
v d e h