Futebol americano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


McdonaldsAmerica.jpg
EUA Falencia.jpg

"God Ble$$ De$ciclopédia!!"

Este artigo é gringo! Ele só usa eletrônicos da Apple, tem um Chrysler poluidor, não joga futebol e acha que é privilegiado. Não tente usar armas químicas de destruição em massa ou jogar aviões contra ele, a não ser que queira ir morar com o Bin Laden...

Tio Sam agradece! Alguém quer um Big Mac com Coca Cola?

Cquote1.pngVocê quis dizer: Futebicha EstadunidenseCquote2.png
Google sobre Futebol americano

Cquote1.pngVocê quis dizer: HandebolCquote2.png
Google sobre Futebol americano
Cquote1.pngVocê quis dizer: Suruba AmericanaCquote2.png
Google sobre Futebol americano
Cquote1.pngVocê quis dizer: Rugby para homossexuaisCquote2.png
Google sobre Futebol americano
Cquote1.png O sexto esporte mais praticado do Cazaquistão. Cquote2.png
Borat sobre futebol americano
Cquote1.png Vai Brady!!! Cquote2.png
Gisele B...en sobre Tom Brady no meio do jogo
Cquote1.png Vai Brady!!! Cquote2.png
Gisele B...en sobre Tom Brady no meio da noite
Cquote1.png Na União Soviética, o futebol americano joga VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre futebol americano
Cquote1.png Meu esporte favorito. Cquote2.png
Chuck Norris sobre futebol americano
Cquote1.png New York Giants contra Carolina Panthers hojé logo após Paraíso Tropical Cquote2.png
Rede Globo sobre futebol americano
Cquote1.png Olho no lance! ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ. É dos Vikings!!!!!!!!! Foi, foi, foi, foi, foi ele, Adrian Peterson, o craque da camisa número 28! Ele passou pela linha defensiva e mergulhou na cozinha adversária! Que touchdownzaço!!. Cquote2.png
Silvio Luiz sobre futebol americano
Cquote1.png Direitos humanos é o meu pau de óculos. Cquote2.png
Presidente da NFL sobre futebol americano
Cquote1.png Pelas barbas do Profeta! Cquote2.png
Silvio Luiz narrando uma tackle do Polamalu

Futebol americano como o próprio nome ja diz é o "futebol" praticado pelos americanos que não conseguiam jogar Rugby contra All Blacks e por isso mudaram tudo para fazer panelinha e deixa-los de fora. Foi criado com a intenção de combater a obesidade causada pela McDonald's. É um evento comercial esporte apreciado por machos e algumas gostosas.

Como não se joga com os pés, nem com uma bola, muitos estudiosos tentaram sugerir nomes diferentes para o esporte, mas devido a impossibilidade de descobrir uma palavra apropriada para aquela estranha forma de espancamento, a melhor opção até hoje foi "Hand-fat-banana", o que não conseguiu adesão popular.

Jogadores perfeitamente aptos para a prática desse esporte

Tabela de conteúdo

O time

Entrada dura por trás não é exclusividade do futebol inglês

Primeiramente para entender como funciona um time de futebol americano é necessário primeiro observar o seguinte fato:

Na antiguidade, Henry Ford (o dono da Ford) decidiu dividir sua fábrica em vários setores específicos para acelerar sua produção de carros, após isso algum milionário texano resolveu também dividir o seu time de futebol americano em vários setores para acelerar a produção de touchdowns, foi um verdadeiro sucesso!

Atualmente um time de futebol americano é dividido em vários setores específicos, um para o ataque, outro para a defesa, outro para o chute, outro para a torcida, outro para xingar o juiz e assim por diante.

Especula-se que atualmente existam aproximadamente 970 jogadores em um time profissional de futebol americano, sempre dividido em grupos de 11 jogadores compradores potenciais de armas de fogo e anabolizantes.

Foi o esporte que deu origem ao Handebol. Nos anos 30, jogadores da Universidade do Brooklyn não deram conta de jogar Futebol Americano e foram jogar Futsal, só que levaram a bola errada, daí como a quadra tinha 2 postes e nenhuma tabela, resolveram quicar a bola até o garrafão e lançar pro gol. Com o passar dos anos o esporte se aperfeiçoou e se tornou o que é hoje.

Amplamente praticado por ex-jogadores de Futebol Americano, os quais não decoraram o playbook na universidade e foram obrigados a jogar Handebol pra não perderem a bolsa.

Nomenclaura dos times

O nome de um time de futebol americano é formado da seguinte maneira nome da cidade + qualquer outra palavra no plural, em um exemplo prático para nomes de times de futebol americano no Brasil seria: Salvador Preguiçosos, Belo Horizonte Caipiras, Pelotas Viados(a palavra no plural não precisa ser obvia), São Paulo Enrustidos , Rio de Janeiro Assumidos, Recife Tubarões, Brasília Corruptos, e assim por diante.

Os jogadores

Um lance totalmente dentro das regras.
Meio de transporte utilizado pelos jogadores após uma partida.

O jogador de futebol americano é programado treinado especificamente para a sua função e para decorar compreender as jogadas 100% ensaiadas do seu time. Ele não sabe mais nada além disso, não sabe ler, não sabe dirigir, não sabe nem o nome da própria mãe. Seus músculos são enormes, mas seu cérebro é minúsculo.

De acordo com filmes americanos da Sessão da Tarde existem várias vantagens em ser jogador de futebol americano nas 3 fases da vida, vejamos elas:

Os juízes de futebol americano são pessoas maníacas e depressivas, e os índices de suicídio nesta profissão são extremamente altos

Na escola

  • Andar com a jaqueta do time da escola.
  • Comer a líder de torcida gostosa, a única garota americana não gorda do colégio.
  • Bater no nerd que faz parte do clube de leitura e do clube de Tibia.

Na universidade

  • Andar com a jaqueta do time da universidade.
  • Comer não só uma, mas todas as líderes de torcidas da faculdade.
  • Estudar de graça, mesmo tirando F em todas as matérias.
  • Ganhar um salário de milhares de dólares, coisa que nenhum nerd estágiário irá ganhar.
  • Bater no nerd que faz parte do clube de leitura e do clube de Tibia.

Na liga profissional

  • Andar com a jaqueta do time profissional.
  • Comer todas as celebridades de Hollywood.
  • Ser mega, multi, ultra milionário.
  • Usar anabolizantes.
  • Poder colecionar armas de fogo sem que a polícia te incomode.
  • Achar que é uma celebridade mundial, mesmo sabendo que fora dos EUA ninguém sabe quem é.
  • Gastar todo o seu salário de uma vez, assim criando dívidas até com o padeiro.
  • Usar anabolizantes.
  • Fazer cassinos de brigas de cães.
  • Se você é quarterback, pode comer uma cantora famosa.
  • Ou uma super modelo(ver Tom Brady).
  • Se você é o Bob Sanders, você pode levar bailes na coverage.
  • Usar anabolizantes.
  • Chorar como Terrell Owens.
  • Ir pro México, como Romo, para fazer uma suruba a 3 com Jessica Simpson e Jason Witten.
  • Fazer igual o Brett Favre, aposentar, desaposentar, reaposentar e voltar tudo de novo.
  • Igual o Romo, peidar na farofa 2 anos seguidos, Fumbleando uma simples Snap de FG, e lançando em Quadruplecoverage contra o Giants.
  • Você pode não jogar nada, como David Archuleta, e comer uma gostosa.
  • Você pode jogar bem, como Jeff Garcia, e comer uma gostosa.
  • Você pode jogar muito, como Kurt Warner, e comer uma mulher feia que dói pra variar o cardápio.
  • Você pode ficar no banco a temporada toda, mas mesmo assim ganhar milhões apenas por ter sido o primeiro a ser escolhido no draft, como Justin Harrel.

O equipamento

Jogador extremamente alegre corre pra fot... "ei! Tá muito perto, porra!"

Se você não vive isolado deve saber que no futebol americano os caras usam uma tora de equipamentos, mas você nunca soube ao certo quantos seriam e quais seriam esses equipamentos, portanto veja apenas os equipamentos básicos necessários para se jogar futebol americano:


Atualmente a NFL estuda a inclusão de novas proteções para tornar o jogo menos perigoso.

Regras

Um campo de futebol americano com suas intermináveis listras.
Esquema da jogada PA Double HB Bucetation Draw Post Corner Flat Pass Screen Bracket Blitz, usada na formação Z-Form Double TE backfield

O futebol americano possui regras extremamente complexas e impossíveis de serem compreendidas por qualquer um que não coma bacon com fritas no café da manhã e conheça algo sobre geografia mundial, uma vez que o cérebro humano é comprovadamente incapaz de entender o funcionamento do Colégio Eleitoral (que elege o Presidente Estadunidense), as regras do futebol americano e a geografia do resto do mundo ao mesmo tempo, tendo que fazer a opção cognitiva mais relevante para o seu habitat natural.

O objetivo do jogo é basicamente quebrar os ossos do adversário. No entanto, existem várias outras complexas regras e mais uma coleção de 7 juízes para que o espetáculo de aniquilação ocorra sem maiores riscos.

O jogo é dividido em 4 períodos de 15 minutos cada que geralmente não são obedecidos já que o jogo termina após 5 minutos devido ao excessivo número de contusões, principalmente se algum dos jogadores do time estiver estampado na capa do game Madden NFL, mas pode recomeçar se todos os jogadores puderem ser ressuscitados no Sexto Dia.

O primeiro fator complicador do jogo é o sistema de medidas utilizado nos Estados Unidos, único país do mundo que não sabe que 1m é 100 cm. As medidas baseadas em pés, braços, polegadas e dedos, variam de jogador para jogador, de modo que cada um tem uma noção diferente de quanto, e até quando, deve correr, resultando em inúmeras, desastrosas e colossais trombadas.

Nas regras atuais da NFL, O técnico do time pode mandar parar o jogo e voltar a jogada no tira-teima da ESPN. Essa regra não pegou no futebol do resto do mundo porque a Globo não aceitou ter que colocar o Arnaldo Cesar Coelho na geladeira. Sem contar que os juízes usam microfones para se comunicar com os narradores caso seja necessária alguma pausa.

Cquote1.png Pausa. Galvão Bueno quer mandar um abraço para a galera de Jalalabad do Centro-Sudeste, lá nos confins do sertão da Paraíba do Oés-Nordeste Cquote2.png
Juíz sobre tempo para replay

Muitos jogadores já morreram durante o jogo, muitas vezes quando ficam embaixo de uma montanha de jogadores praticando rala-rala ao mesmo tempo, em intensos orgasmos múltiplos. No entanto como o Céu Pode Esperar por eles, costumam voltar sempre causando mais estragos.

Algumas vezes jogadores de futebol americano são abençoados no meio do jogo

É obrigatório usar vários números de dois dígitos sem ordem nenhuma em várias partes da camisa, afinal quem se importa com ordem numérica em um jogo em que o objetivo é matar? Porém, há três números que ninguém pode usar: 51, retirado em homenagem a Jeremias José, 24, retirado em homenagem a Clodovil, e 69, retirado em homenagem ao Velho que comeu e não pagou. Vale citar que Chuck Norris era o único jogador que usava 25654876484864894914539 dígitos na camisa.

Também é obrigatório gritar coisas do tipo Azul macaco vinte laranja tres gordo amarelo gay dó papel teto roxo avermelhado com tonalização levemente magenta com traços de verde coral 332 ou então Tua mãe sessenta e nove ou até Teu pai corno manso verde antes de cada jogada, pois é com esses códigos que os americanos se comunicam, novamente sem utilizar um idioma compreendido pelos humanos no resto do mundo.

Terminologia

Dois grandes atletas de Futebol Americano.

Existem alguns termos do futebol americano que precisam ser conhecidos, ou melhor, não precisam ser conhecidos, quem diabos vai querer saber desse esporte?

  • Touchdown - É como se fosse o gol, o momento em que você deve pular e comemorar que nem um idiota torcedor fanático. Acontece quando o jogador portando o ovo a bola, consegue chegar naquele lugar que tem uma palavra escrita. Touchdown também pode ser quando algum jogador toca nas regiões íntimas de outro jogador, nisso também valem os 6 pontos.
  • Ponto extra - Depois de esmurrar o ovo na tocada embaixo, ainda existe a chance do ponto extra, só criaram isso pra dar emprego a algum kicker desempregado.
  • Field goal - Depois de tentar 23872369322189484861321865187616466 vezes fazer o touchdown e ver que jamais vai conseguir, o time pode tentar chutar entre os pauzinhos, é mais uma jogada que serve exclusivamente pra dar emprego a um kicker desempregado.
  • Tackle - Conhecido no Brasil como cacete ou porrada, o nome já diz tudo.

Já na liga paulista de futebol americano, LIGA FLAG, parece mais aquele jogo infantil de pega bandeira, não são permitidos tackles, ou seja, uma desculpa para machos se agarrarem.

Transmissões na televisão

Atualmente o futebol americano é exibido no Brasil pela E$PN e pela BundaSports em um programa publicitário da Polishop, na verdade o esporte é apenas um atrativo aos telespectadores para assistir o espetáculo da publicidade profissional, onde o amor ao dinheiro leva os torcedores a pagar 1 bilhão de dólares por um ingresso no estádio.

Assim como o beisebol, os narradores também não tem muito o que falar quando os jogadores se reúnem para combinar orgias as jogadas, tendo que ficar soltando piadinhas ou dizendo estatísticas que ninguém se interessa em saber como: quantas jardas já andou, ou quantos ossos já quebrou, quantos dólares já ganhou, etc. Quando a jogada começa eles também não falam nada, já que o negócio acontece tão rápido que você só consegue ver o momento em que já se formou uma montanha de jogadores, o negócio consegue ser mais rápido do que você fazendo sexo.

Superb Owl

O Superb Owl.
Uma prova da grande roubalheira farsa que é o futebol americano: os juízes também comemoram o touchdown.

O hipermegaultragigaterassuperevento publicitário esportivo do futebol americano é a sua final anual chamada de Superb Owl, vulgarmente chamado de Super Bowl. É nesse dia que os americanos param tudo (inclusive de fazer guerras) para assistir esse maldito jogo para finalmente ver qual o time que toma mais anabolizante. Exatamente nesse momento é quando o país está mais vulnerável, a maioria dos atentados ocorre nessa hora e aproximadamente 5 milhões de mexicanos ilegais entram nos Estados Unidos durante a partida. Inclusive os americanos acham que o resto do mundo dá mais valor ao Super Bowl do que à Copa do Mundo.

Uma das grandes expectativas é a do Show do Intervalo que ao contrário daquele da Globo é um show de verdade com a presença de cantores famosos como Michael Jackson, Prince, Madonna, Linkin Park e qualquer outra porcaria que tenha vendido milhões de discos, isso sem contar que cada inserção de um comercial de 30 segundos custa mais de 5 milhões de dólares, uma verdadeira demonstração de amor a camisa.

Ao final de todo aquele carnaval finalmente é sabido o time sobrevivente (chamado de campeão) que geralmente é o mais rico. E como também é de tradição (diga-se contrato assinado) ao final o coach do time vencedor sempre leva um banho de Gatorade (seria legal imaginar Wanderley Luxemburgo como treinador de futebol americano nessa hora). E ao final quem levanta a taça é o bilionário dono do time e não os jogadores, estes vão para o motel mais próximo comer as cheerleaders. Título da ligação

Líderes de torcida

Cheerleaders, a melhor coisa no futebol americano que não usa anabolizantes.

Outro ponto interessante (aliás, beeeeeeeeeem interessante) deste esporte é a presença das líderes de torcida, que são constituidas por americanas não obesas que vivem dando pros jogadores do time e sonham em se tornar alguma celebridade fresca de Hollywood, em outras palavras, é a versão americana daquelas mulheres que desfilam em escolas de samba, so que com muito menos peito e bunda.

Futebol americano de arena

Do mesmo jeito que o futebol com os pés tem o futsal os americanos invejosos também inventaram uma variação sem graça do seu esporte, ao invés de ser FA de salão é FA de arena, já que os jogos são disputados em arenas de rodeios e ginásios da NBA. Ao contrário do hóquei que usa aquele vidro de proteção a AFL é pão dura e não usa nada fazendo com que a torcida participe ativamente dos jogos sempre sendo atropelada por aqueles ogros cheios de equipamentos, sem contar que cada arremesso é um touchdown, parece mais um jogo de tênis.

Futebol americano no Brasil

Futebol americano no Brasil , se é que pode-se dizer que essa coisa existe: Um time em cada estado praticamente, não tem jogo, não tem porqueira nenhuma, não tem apoio, ou seja, os times que dizem existir, são uns caras emos, revoltados com a vida, presidiários fugidos da cadeira e coisas do tipo, que veem o jogo uma vez, gostou do RITMO de jogo, e quis bater também.

Imagens de jogo

Ver também

Videos

Um bom jogo de futebol americano


Um esporte bem light


Estados comerciales de america.gif
Estados comerciales de america.gif
Ligas esportivas bilionárias dos Estados Unidos
Basquete
Nba anao.jpg
NBA
Beisebol
Beisebol gay yankees.jpg
MLB
Hóquei
Nhl fight 01.jpg
NHL
Futebol com os pés
Cabecada2.jpg
MLS
Futebol com as mãos
Fa bunda.jpg
NFL

Seu Madruga jogando Rugby
Esportes que NÃO são futebol
v d e h


Amarelinha | Arco e Flecha | Arremesso de aviões em edifícios | Arremesso de Bebês | Atletismo | Badminton | Balonismo | Basquete | Beisebol | Bobsled | Bocha | Boliche | Boxe | Briga de Galo | Campeonato Mundial de Macheza | Campeonato Mundial de Par-ou-Ímpar | Campeonato Mundial de Poker | Canoagem | Carnaval | Ciclismo | Combinado nórdico | Corrida em Cadeira de Rodas | Cricket | Curling | Cuspe à Distância | Cyber atletismo | Dança no gelo | Decatlo Moderno Sobre-Humano | Death Rally | Dominó | Esgrima | Espancamento de mesas | Esqui | Explosão de caixa eletrônico | Frescobol | Fofoca | Fórmula 1 | Fórmula Indy | Futebol | Futebol americano | Futebol australiano | Futebol de botão | Futebol de salão | Futebol de botão de areia | Futebol de várzea | Futebol gaélico | Futebol marcial | Ginástica | Golfe | Halterocopismo | Halterofilismo | Handebol | Hipismo | Hot Wheels | Hóquei | Hóquei no gelo | Jogo do Pau | Jo-Ken-Po | Judô | Labareda | Lançamento de calcinha | Ludopédio | Luta Greco-Romana | Luta Livre | Maratona | Maratona Aquática | Natação | NASCAR | Novo Basquete Brasil | Pain Olympics | Patinação de velocidade | Pega-varetas | Pentatlo | Ping Pong | Pogobol | Pólo Aquático | Punheta | Rally | Remo | Roleta russa | Rugby | Salto com vara | Salto na vara | Shaolin Soccer | Siririca | Snowboard | Softbol | Stock Car | Sumô | Sumô artístico | Surfe | Surf de pobre | Tênis | Torneio Internacional dos Péla-saco | Tae Kwon Do | Tiro ao alvo | Triatlo | Truco | Truco valido o toba | Vela | Vôlei | Xadrez |

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas