Gävleborg

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Gävleborg é um condado sueco daqueles onde há alces e veados para alimentar a população.

História[editar]

Clássico do futebol Gävlemborgiano. Djurgarden contra Malmö.

Foi fundado no século XVII quando os reinos de Gästrikland e Hälsingland se uniram na guerra contra o Império Nokia que estava se expandindo. Gävleborg e seu exército de loiras e ursos conseguiram expulsar os invasores vestidos de pinguins.

Gävleborg é conhecido como os Portões de Norrland, de acordo com a lenda nórdica, a norte de Gävleborg está a morada de Odin e um jardim de 500 loiras nuas, a sul ficam os humanos, servos e o Thor furioso.

No século X, o condado começou a ser ocupado por anglo-saxões bárbaros que achavam que eram vikings e frequentemente desafiavam os escandinávos, Adam de Bremen, um alemão de elmo pontiagudo também estabeleceu rotas de comércio com Gävleborg, pois achava aquela região alternativa e inóspita um bom local para fazer algum monopólio.

Gävleborg foi anexada durante eras pelo Reinado Bárbaro da Uppland com mão de ferro até o século XV, quando surgiram sentimentos nacionalistas e foi inventado a nau viking, Gävleborg conquistou a independência do Reino Tirano. 1 semana depois foi anexada pelo Reino da Suécia na unificação das loiras da Escandinávia.

Em 1772 surgiram ducados para estabelecer uma divisão oficial das loiras locais. Surge assim o hälsingegårdar, mais um nome escroto para confundir a cabeça das pessoas.

Atualmente Madalena, a Loira governa em Gävleborg o Reino Pagão da Suécia.

Economia[editar]

Possui as melhores ferrarias do mundo, o Condado de Gävlemborg é especializado na produção em massa de ferro e metal e melhores forjadores de espadas do mundo viking e por consequência, melhores forjadores do mundo.

Símbolos[editar]

Alces, bodes, viados e gays representam o território de Gävleborg.