Gabriel o Pensador

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Gabriel Pensador)
Ir para: navegação, pesquisa
Pensador trabalhando.jpg Gabriel o Pensador é um filósofo
Portanto também é um deficiente mental...

Este é mais um desocupado que não tinha porra nenhuma pra fazer além de contemplar a empolgante vida sexual dos caramujos-de-jardim. Se você é uma pessoa provida de um pouco de sanidade mental, vá procurar algo melhor para ler, como uma bula de remédio!

Emblem-sound.svg.png Gabriel o Pensador
Gorilapensa.jpg
Gabriel, fazendo esforço para pensar
Nome GABRIEL GABRIELA CRAVO E CANELA
Origem Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro Classe Média-Alta-Rebelde-Sem-Causa patrocinada pelos Pais
Sexo Ainda virgem
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
caixa de fósforo, bateria de automóvel, chocalho de bebê, tampa de mesa (com o nariz), guitarra e chinela havaiana, flauta doce-de-leite e punheta com a mão esquerda com dois dedos, além de tocar pernilongos, baratas, etc, com a sua verborragia insuportável
Gênero {{{genero}}}
Influências Balão Mágico, Trem da Alegria, Dominó, Menudos, Xuxa, Sandy e Junior, e, principalmente o cd de historias da Carochinha
Nível de Habilidade Alto Falsamente Inteligente para Fãs Verdadeiramente Idiotas
Aparência {{{aparencia}}}
Plásticas {{{plasticas}}}
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Passear em shoppings, jogar play station, tomar sunday, viajar a miami e escrever letras intermináveis e sem aplicação prática
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Rede Globo e Xuxa

Cquote1.png Você quis dizer: Gaybriel Cquote2.png
Google sobre Gabriel o Pensador
Cquote1.png É um rapper de butique, um filhinho de mamãe,tudo que ta escrito aqui e mentira sdfgs sfdg ds sgd fsd es fsd fsef criado dentro de shoopings, cuja única revolta é que não podia comprar todos os brinquedos da loja Cquote2.png
Mano Brown sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png Se ele é rapper mesmo por que essa florzinha não vem dar um show aqui no morro. Ia ser currado pela galera toda! Cquote2.png
Favelado sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png Quando criança brincava aqui nos jardins da Casa da Dinda, me chamava de padinho, me pedia a bênção. Depois que despedi a mãe dele, ficou assim, nervosinho, Cquote2.png
Fernando Collor de Melo sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png Se ele é rapper, eu sou escritora Cquote2.png
Bruna Surfistinha sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png Se ele é pensador, eu sou uma intelectual Cquote2.png
Carla Perez sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png Mais uma dose, é claro que eu tô afim, a noite nunca tem fim, porque que a gente é a gente é assim? Cquote2.png
Jeremias sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png A noite é uma criança mas eu é que tô sempre mamado. Cquote2.png
Gabriel O Pensador sobre noite inesquecível...
Cquote1.png Maresia, sente a maresiiiiiiiiiiia, maresiIa, uhuuuuuuuhuhhhuuu!! Cquote2.png
Bob Marley sobre seu companheiro de maresia
Cquote1.png Estou a dois passos, do paraíso... Cquote2.png
Evandro Mesquita sobre Gabriel o Pensador
Cquote1.png Já fumei com ele. Cquote2.png
Bob Marley sobre Gabriel O Pensador
Cquote1.png Pensadoris For Évis Cquote2.png
Mussum sobre o futuro.
Cquote1.png Cogito, ergo sum Cquote2.png
Gabriel o Pensador sobre Gabriel o Pensador
Cquote1.png Apaga a fumaça do revólver da pistola! Prende a fumaça do cachimbo na cachola! Cquote2.png
Gabriel, o Pensador, explicando a solução para o mundo.
Cquote1.png Acende, puxa, prende, passa! Índio quer cachimbo, índio quer fazer fumaça! Cquote2.png
Gabriel, o Pensador, ensinando a fumar Maconha e a promover a Paz Mundial.
Cquote1.png Gueibril what?! Cquote2.png
Exterminador do Futuro sobre Gabriel, o Pensador
Cquote1.png Minha gente?! Cquote2.png
Fernando Collor de Mello sobre Gabriel, o Pensador
Cquote1.png Maconheiro filho da puta, é você que financia essa merda Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Gabriel O Pensador

Foto do Gabriel após a coclusão de seu curso de doutorado.
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Gabriel o Pensador.

Gabriel, O Pensador, por vezes chamado de pai da Filosofia moderna, é considerado um dos pensadores mais importantes e influentes da história da humanidade, tendo inspirado gerações, ou aspirado, sei lá. Com seu Q.I. de 171 e fluência em mais de 12 idiomas (inclusive o idioma das loiras) notabilizou-se pela invenção das instalações sanitárias, que revolucionaram o mundo e renderam a ele o Nobel da Paz, além da composição do Hino Nacional Brasileiro.

Vida[editar]

Gabriel foi o único Gabriel que restou de uma família de Gabriéis. Tinha também Gabriel, o Fumador, o Cheirador, o Peidorreiro, o Andador, o Skywalker, o Jiraiya, o Jiban, o Sub-Zero Brasileiro e o Changeman (este tinha múltipla personalidade), entre outros. Ao todo eram doze irmãos, filhos de Fernando Gabeira, neto de Abraão.

Ao contrário do que muita gente pensa, desde a tenra infância foi o filho predileto de seu pai e grande colaborador: fundou a ecologia, descobriu o uso medicinal da maconha e inventou o cachimbo, entre outras contribuições para as campanhas políticas de Gabeira.

Na adolescência tentou mudar o nome para Gabriel, o Cantor, mas suas cantorias na "casinha" causavam grande irritação entre os irmãos, que já não gostavam dele por causa da preferência declarada do pai. De tanto incomodar, foi jogado num poço e posteriormente vendido como escravo para as Organizações Globo.

O Faraó Tutankhamon, na época presidente da Globo, logo afeiçoou-se ao meigo rapaz e tratou de promovê-lo a conselheiro. Foi assim que Gabriel finalmente adquiriu fama mundial.

Pós-vida[editar]

Segundo a profecia de Nostradamus, quadra X72, o Apocalipse virá da seguinte forma:

À meia-noite o pensador pensará
De enxofre e de pneu queimado os fedores
sufocarão os que vivem acima e nada restará
a não ser a substância pensante

Ou seja: um dia, Gabriel pensará tanto que acabará matando todos os seus semelhantes com o fedor que sairá de sua cabeça e, por estar abaixo da linha da pobreza, não será atingido pelos gases mortais (que são considerados nobres e ficam por cima). Ele será, pois, a nova besta semente da humanidade.

Obras[editar]

O vaso sanitário, principal contribuição do Pensador para a humanidade, é uma otimização do buraco no chão em que ele passou a adolescência.

Tendo notado que do buraco não podia escapar (ao contrário do que acontecia na casinha, compartimento externo à casa em que os habitantes costumavam fazer seus esforços intelectuais), Gabriel teve de pensar em meios para não sucumbir ao fedor. Inicialmente esculpidas em pedra e com mecanismos complicados para dar a descarga, as latrinas passaram a ser de porcelana, quando este foi retirado do buraco e contratado pela Rede Globo.

Hoje em dia todas as casas têm ao menos uma, dependendo claro, da sua classe social.

Música[editar]

Gabriel, O pensador

Veja um exemplo de uma música desse tão influente pensador:

Atirei o pau no rato, tê ó tó
Mas o rato não morreu no jogo de fliper Tom & Jerrí
Mamãe se admirou-se sê, com o monte de ficha que perdi
Depois perdi a metade de minha mesada no street-fight
Todo mundo bateu palma quando o Blanca caiu
Eu acabava de matar o cara mais famoso do Brasil
Fácil um finality só
Bem no olho do safado
Que morreu ali mesmo
Todo ensanguentado
Quê? Saí voando pra contar pros meus amiguinhos com mamãe atrás de mim
E enquanto eu corria eu pensava bem assim:
"Tinha que ter tirado uma foto na hora em que o sanguinho espirrou
Pra mostrar pros meus filhos
Que lindo ficou"
Eu tava emocionado mas corri pra valer
E no condomínio de luxo consegui chegar
Ah tá pensando o quê?
E quando eu chego em casa
O que eu vejo na TV?
O meu adversário se perguntando como e por quê?
Ah! Seo Perdedor dá um tempo, o cara aqui é foda
Não é de hoje que seu jogo não convence
Mas se você quer saber como eu venci o seu joguinho
Presta atenção amiguinho escuta direitinho
Você deu aquele golpão e se esqueceu do meu pezão
E aí eu te peguei à traição
Você bateu, bateu, mas o papai aqui não caiu
Então eu fuzilei, com house-know-kick e o flipper sacudiu
Mamãe e papai tão orgulhosos do que fiz
Ganhei uma partida que me fez muito feliz

Hoje eu tô feliz! (Minha anta!)
Hoje eu tô feliz matei o Blanca

Eu tô feliz demais então fui comemorar
A galerinha me viu e começou a festejar
(É Jogador, é Jogador, é Gabriel O Jogador)
Me carregaram nas costas
A gritaria não parou
Eu disse "Eu sou tímido gente não grita o meu nome por favor!"
Ninguém me escutou e a mamãe me encontrou
Tentou me repreender
Mas a tiurminha não deixou
(Mauricinho unido jamais será vencido)
Uma festa desse tipo nunca tinha acontecido
Tava bonito demais
Alegria e tudo em paz
E ninguém vai bloquear nossa mesada nunca mais
Corintiano e Palmeirense
Flamenguista e Vascaíno
Todos juntos com a bandeira na mão cantando o hino
("Ilari ilari ilari ê ôôô")
E começou um carnaval e todo mundo na moral
Invadiu minha mansão numa festa emocionante
Entramos na piscina cantando e dançando
E os garçons estavam lá já em pé nos esperando
Todos viram na bandeja o meu trofeuzão
E em coro elogiaram eu com o prêmio na mão:
Bonita camisa Gabrielzinho,
Bonita Lacoste Gabrielzinho
Você nessa roupa tá bonitinho!)
E como sempre lá também tinha um grupo mais exaltado
Então depois de pouco tempo meu corpo foi violado
Meu calção foi degolado, meu o corpo foi estuprado
Mas depois não vi mais nada porque eu já tava cercado de mulheres e aquilo me ocupou
(Ai deixa eu ver seu pintinho Pensador!)
Então eu vi um uma pelada diferente
Ela tinha tudo de mulher e mais um clitoris gigante
E a festa continuou nesse clima sensacional
Foi no Brasil inteiro um verdadeiro carnaval
Teve um turista que estranhou tanta alegria e emoção
Chegando no Brasil me pediu informação:
(O Brasil foi campeão? Tá todo mundo contente!)
Não amigão
É que eu ganhei o street-faite!

Ver também[editar]